sexta-feira, 5 de maio de 2017

PARTE DOIS - A prova dos nove

A prova dos nove (segundo caso) da INCOMPETÊNCIA do Governo de Luís Amovelar Filho (PT) está gravada pelo próprio rapaz do vídeo que denuncia falta de atendimento adequado para sua esposa grávida [veja a primeira matéria e o vídeo aqui]. Está ali, quando uma outra paciente procura a Secretaria, também deixando de ser atendida. No mínimo, o serviço de comunicação do Município não está funcionando bem. A população parece estar sem informação.

Outra falha do Governo: - Cadê uma posição oficial sobre essas situações gravíssimas? Nada divulgado oficialmente no site do Governo; nenhuma palavra do prefeito [deve estar em aula, no curso de Direito, em São Luís], nem do secretário de Saúde. Aliás esse nem dá expediente integral em Coroatá - Isso já virou denúncia corrente...

A verdade é que nos postos de saúde não tem atendimento a contento, faltam médicos, exames, dentistas, material de expediente, insumos, etc. Muitos pacientes, em considerável ocorrência, voltam para casa sem a consulta. A verdade é que muitas enfermeiras estão carregando toda responsabilidade nas "costas".

Outra coisa estranha... A campanha dos Amovelar não pregava que a Administração anterior reduzia irresponsavelmente o horário de expediente?; que no Governo do Luís Filho seria diferente? Qual a razão para o expediente atual ficar limitado até às 14 horas?