quarta-feira, 12 de abril de 2017

Polícia Civil ratifica estupro de adolescente e revela onda acentuada que afeta a mulher coroataense

Para acabar com inúmeras conjecturaras a respeito do caso, que corre em Inquérito sigiloso, fonte oficial da Polícia Civil, em Coroatá, ratificou a notícia publicada, hoje pela manhã, em primeira mão aqui no Blog, de estupro de uma adolescente coroataense, de apenas 16 anos, cujo autor do crime seria o cobrador de loja Aldemar Mendes da Silva Júnior - o Seu Louco.

Como garantiu a fonte, houve mesmo a prisão em flagrante de Seu Louco, na noite de ontem, 11, também segundo o primeiro informe do caso publicado. A Policia Judiciária não pode noticiar detalhes do crime. Obviamente, como foi ratificada a ocorrência do estupro, muito provavelmente, a vítima deve ter efetuado o exame de corpo de delito.

Segundo dados da Polícia, em Coroatá, há um número volumoso desse tipo de crime. As autoridades manifestam preocupação. A estatística não oficial, apostam, é outro dado estratosférico, pois as mulheres ainda têm muito medo de denunciar. O delegado Cláudio Mendes apura o caso.