quarta-feira, 12 de abril de 2017

PEIXE ELEITOREIRO - O "Bicho" pegou para deputado "comunista" aliado de Flávio Dino

Foto: Deputado Levi Pontes [Foto/Marco Aurélio D'Eça]
Depois de denúncia feita nesta segunda-feira, 10, a deputada Andrea Murad (PMDB) adicionou hoje (11) novas provas em representação para a Comissão de Ética da Assembleia Legislativa, referentes a conduta do deputado Levi Pontes (PCdoB) acusado de ato ilícito, de tentativa de desviar peixes distribuídos pela Prefeitura de Chapadinha. Conforme a denúncia, o "comunista" iria supostamente beneficiar lideranças políticas e eleitores de outros municípios. Após sessão de ontem e repercussão na imprensa, o aliado de Flávio Dino foi desmentido pelo próprio prefeito de Chapadinha, Magno Bacelar.

Andrea Murad denunciou que Levi Pontes também mentiu na Tribuna da Assembleia sobre a origem dos recursos para a compra do pescado. Levi disse que o peixe de Chapadinha teria sido comprado com seu dinheiro e com recurso do próprio bolso do prefeito.

Foi anexada à representação a declaração do prefeito Magno Bacelar, veiculada no jornal da TV Mirante, afirmando que o peixe distribuído em Chapadinha foi adquirido pela própria prefeitura via licitação. E também a declaração do deputado Levi Pontes à TV afirmando ter pedido cota para que o prefeito distribuísse peixes para vereadores e seus eleitores.

- Levi Pontes deve ser punido não apenas por esta casa, mas pelo Poder Judiciário e até pelo seu próprio partido, que deveria no mínimo repudiar postura tão inescrupulosa - disse a peemedebista. Com informações da Assecom/Dep. Andrea Murad