quarta-feira, 26 de abril de 2017

HAJA ARROCHO!!!

Do blog: gilbertoleda.com.br
A coisa está feia mesmo para o lado dos homens da "direita" no Maranhão. A Justiça, conforme decisão do juiz de base, decidiu cassar os diplomas do prefeito e do vice-prefeito de Magalhães de Almeida, respectivamente, Tadeu de Sousa (PMDB) e Francisco das Chagas Vieira (PP). Como divulgou o jornalista Gilberto Leda em seu Blog, eles foram acusado por abuso de poder político e econômico durante a campanha eleitoral de 2016.

E olha só: - A chapa venceu o adversário Costa Júnior, do PCdoB. O caso de Coroatá não teria sido igual? A presença da máquina do Estado não teria favorecido o então candidato de Flávio Dino, o prefeito Luís Amovelar Filho (PT)?

OUTRA INVESTIDA

Para piorar, agora há poucos dias, o prefeito Tadeu recebeu torpedo da Promotoria de Justiça da Comarca que ingressou, no último dia 18, com uma Ação Civil Pública por improbidade administrativa. A denúncia, divulgada pela assessoria do MPMA, é por falta de prestação de contas de um convênio firmado entre o Município e o Estado do Maranhão, com valor total superior a R$ 400 mil para reforma geral e reconstrução de cobertura do ginásio poliesportivo da cidade.

A obra foi uma iniciativa da gestão anterior e nunca aconteceu a sua entrega. Há notícia de que foram repassados R$ 270.900,00 ao Município antes da anulação do convênio.