sábado, 29 de abril de 2017

Em Coroatá não tem miséria

Foto/Reprodução-WhatsApp
Moradores do Residencial Dom Reinaldo Pünder pescam na própria rua de casa. A prova de que o habitacional foi construído às pressas e sem o padrão de urbanização digno. Conjunto que, servindo a exploração política, foi feito por construtora que não se importa com a sua reputação; tudo em nome do dinheiro e sob fiscalização suspeita dos órgãos financiadores. E tem mais dois habitacionais prestes a serem empurrados aos mutuários na periferia de Coroatá, no Marajá. Nem asfalto de acesso terá...
Flagrante do internauta Firmino da Luz