terça-feira, 18 de abril de 2017

RICARDO TRINDADE - Prisão de aliado de Amovelar causa repercussão e movimentação na DEPOL

Foi mesmo grande a repercussão em torno da prisão do funcionário da Prefeitura de Coroatá, o empresário Huez Ricardo Santos Trindade. Além dos efeitos do noticiário, na manhã desta terça-feira, 18, a movimentação na Delegacia de Polícia (DEPOL-Coroatá) foi muito intensa com a presença de muitos idosos.

Apurou-se que muitas vítimas se apresentaram para reclamar do estelionato. São pesadas as acusações contra Ricardo Trindade. Sabe-se que ele negou tudo em seu interrogatório preliminar. Contudo, segundo o trabalho da Polícia e pelo volume das denúncias, não há a menor chance de Trindades ser visto como inocente.

Hoje à tarde, a cargo da Polícia Judiciária está programada a transferência do servidor do prefeito Luís Amovelar Filho (PT) para o Presídio do Município. Ricardo pode vir a ser liberado da prisão a qualquer momento. A sua prisão foi preventiva. Não tem prazo. É uma prisão provisória; mas, agora está a critério do Poder Judiciário.

Trindades foi preso ontem, 17, em cumprimento a Mandado de Prisão Preventiva, expedido pela 1ª Vara desta Comarca. por crimes de estelionato em empréstimos fraudulentos feitos contra idosos em Coroatá.

SAIBA MAIS AQUI:
Polícia Civil prende aliado do prefeito de Coroatá por estelionato contra idosos