quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Gastos com aeronaves aumentaram 300% no governo Flávio Dino, afirma Andrea Murad

Foto: Da Assecom/ Dep. Andrea Murad
O dado foi apresentado pela deputada Andrea Murad (PMDB), líder da oposição ao governo Flávio Dino, durante a Sessão Plenária desta quarta-feira (22), na Assembleia Legislativa. A parlamentar informou os gastos de 2015 e 2016. Garantiu que a previsão para 2017 é um aumento de 300% com estas despesas. O assunto repercutiu na Assembleia Legislativa depois que o governador utilizou jatinho e helicóptero em um mesmo dia para cumprir agenda no interior do Estado, como fez em Coroatá, na última terça-feira, 21. Andrea relembrou ainda o discurso de Flávio Dino, em agosto de 2013, de não utilizar aeronaves para investir no transporte de pacientes graves.

- Alguém precisa relembrar o governador Flávio Dino o que várias vezes ele condenou, chamou de imoral e ilegal e agora está fazendo muito pior - frisou a peemedebista.

Foi denunciado que, em 2016, o governador gastou com aeronaves, para transportar pacientes graves com ‘eficiência e dignidade’, apenas R$ 27.151,00 e, com ele próprio, R$ 6.843.910,19.

- ... Ele disse que [pacientes] sofriam em ambulância, agora nem ambulância têm. Até ontem a UPA do Araçagy estava sem ambulância e os pacientes sem ter meios de serem transferidos. Imagina do interior do Maranhão - assinalou a deputada.

Andrea revelou ainda que em 2015 o governador gastou com transporte aéreo R$ 2.570.465,09. Acrescentou que, em 2016, foram gastos R$ 6.843.910,19. Houve, assim, um aumento de gasto de 265% com aeronaves. Na comparação 2015 com 2017, segundo Andrea, a previsão de gastos com o novo edital será de 300%.

E para 2017 estão previstos gastos de R$ 7.732.800,00 segundo edital publicado este mês. Em seu discurso, Andrea detalhou que a hora/voo no contrato feito com o governo do Maranhão é 87% superior ao praticado pelo governo anterior, o que contradiz o discurso de economia no governo comunista. Está na denúncia que em 2015 a hora/voo foi de R$ 11.750,00 enquanto em 2014 era de R$ 6.300,00.

Como afirmou a peemedebista, a empresa contratada pelo governo, a Heringer Táxi Aéreo, também presta serviço ao Governo do Estado do Tocantins, com um valor 59% inferior ao do Maranhão. Com informações da Assecom/ Dep. Andrea Murad