segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

PRIMEIRO ROUND - Prefeitura de Coroatá sob a mira do Ministério Público Estadual

Se o Ministério Público não fizer vista grossa e atuar com o devido rigor, o prefeito de Coroatá Luís Amovelar Filho (PT) terá mesmo muito trabalho pela frente. Em entrevista a Antonielson Sousa, editor-chefe do Coroatá Online, o promotor de Justiça Samarone Batalha informou que o MPE está de olhos bem abertos sobre o Poder Executivo local, quanto à moralidade administrativa no setor Público. Na mira da Promotoria estão as seguintes pautas: Concurso Público, Seletivo Simplificado, nepotismo, portal da transparência, resíduos sólidos e retiradas de nomes de pessoas vivas das vias, bairros e prédios públicos.

Outro setor fisgado é o Poder Legislativo. Foi sugerido a realização de um concurso público para a Câmara Municipal. Com a palavra o presidente do Legislativo, vereador Josean Veras (PSC). Por enquanto, o Município faz um silêncio ensurdecedor. Nem Edital de um Seletivo já anunciado foi divulgado. Mais sobre o assunto, leia AQUI