domingo, 1 de janeiro de 2017

DERROCADA - Amovelar sente o golpe. Câmara de Coroatá fica com Oposição

Vereadores oposicionistas após vitória (Foto/Carlis Filho)
Grupo de Ricardo Murad ganha com Josean Veras (PSC) eleição histórica na Câmara de Coroatá. Flávio Dino e seguidores amargam derrota em Peritoró e São Mateus

Por CARLOS FILHO/COROATÁ - Nesta manhã, dia primeiro de janeiro de 2017, mesmo sob certa tensão, o jovem vereador Josean Veras (PSC), em seu segundo mandato, vence de forma histórica a eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Coroatá. Em meio à concorrência de um grande público, que lotou as dependências da Casa Legislativa, o Bloco de Oposição cravou 08 votos contra 07 dos edis situacionistas, que apoiam o prefeito eleito Luís Amovelar Filho (PT). Os vereadores Zé Branco (PSDC)  Wlisses Muniz (PMDB), César Trovão (PV). Marcos Conceição (PSDC), Camilo Garret (PSDC), Reginaldo Jansen (PSC), Jr. Buhatem (PMDB) e Josean Veras foram ovacionados.

O trabalho legislativo ocorreu em três atos. No primeiro, o ex-presidente César Trovão deu posse a todos os parlamentares. Em seguida, foi deflagrada a eleição da Mesa Diretora para o biênio 2017/2018. A união forte prevaleceu. Foram desprezadas às tentações diabólicas dos Amovelar. A pressão foi imposta sem cerimônias – Mas, isso é outra história a ser tratada posteriormente aqui no Blog!!!

Às 11 horas, os oposicionistas ergueram os braços e a voz, bradando o grito de um Legislativo livre, verdadeiramente independente das garras do poder do vil metal. A Mesa Diretora ficou assim: Josean Veras (presidente), Wlisses Muniz (1º vice-presidente), Marcos da Conceição (2º vice-presidente), Cesar Trovão (1º secretário) e Camilo Garret (2º secretário).

No final, Amovelar Filho e o vice-prefeito Domingos Alberto (PSB) foram empossados.

Para brindar com o povo, a bancada oposicionista fez uma pequena carreata pelas principais vias e avenidas da Cidade. Deram o recado à nova Administração de que o Município só poderá ser governado por um gestor comprometido incondicionalmente com sociedade, que promova apenas ações benéficas ao povo.

Na Região, o governador Flávio Dino (PCdoB) amarga derrotas em Peritoró com o prefeito reeleito Padre Josias (PTN) e em São Mateus com o prefeito reeleito Miltinho Aragão (PSB).