sábado, 10 de dezembro de 2016

O DESASTRE ANUNCIADO - Luís Filho troca choque de gestão por um golpe político



O prefeito eleito neófito, jovem e baladeiro, Luís Amovelar Filho (PT), sem nenhuma experiência em administração pública, com baixa escolaridade e qualificação profissional, começa a desabrochar naquilo que se avizinha - um mar de decepção e crise de gestão sem precedentes. Infelizmente, as condições atuais, alinhadas à assessoria irrecomendável do pai e às aparições inconsequentes ou arquitetadas, já apontam para um desastre total em prejuízos incalculáveis ao povo de Coroatá.

Em incipientes discursos (o povo já percebeu que o pai, Luís da Amovelar, ex-prefeito Ficha Suja, é quem aparece mais na mídia e tem dado às cartas), LF mete os pés pelas mãos. Tenta anunciar hipotético caos sobre a administração de Teresa Murad (PMDB) com óbvia intenção de iniciar um governo blindado. Quer muito provavelmente esconder aquilo que certamente virá - os resultados negativos de sua equipe também inexperiente.

A anunciada troca de um choque de gestão por um golpe político veio, mais recentemente, com a publicação de suposto sucateamento do patrimônio público. Mas o procurador geral do Município Elias Moura deu um nó no GOLPE. Leia abaixo a versão original de sua manifestação:

MENTIRA! O Prefeito eleito Luís da Amovelar Filho anda dando reportagens mentirosas que a estrutura do município está sucateada, e, que por isso os primeiros dias de governo serão difíceis. Estaremos levando o Ministério Público em todos os prédios da Prefeitura de Coroatá, mostrando as filmagens das visitas feitas, acompanhadas da tv onde mostram o perfeito estado dos postos e das escolas, e tomando as medidas judiciais e criminais cabíveis contra essa falácia. ABRAM O OLHO POPULAÇÃO E MP, ISSO É UMA DESCULPA PARA OS SERVIÇOS NÃO FUNCIONAREM POR QUAL MOTIVO EU NÃO SEI, NÃO ACUSO NG SEM PROVAS