terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Delegada Maria Dominic e policias civis e militares mostram eficiência. Tripa está preso

Tripa/foto: Blog do Bezerra
Há dois meses como titular da Delegacia de Polícia de Coroatá, a delegada Maria Augusta Pereira Santos Dominic demonstra atuação célere, com produção duplicada em processos encaminhados à Justiça. Ontem, 26, a delegada, ao mencionar ao BLOG os resultados do seu trabalho, deu uma prova cabal de sua forte atuação no Município. Dirigiu imediata abertura de inquérito contra Bonifácio Sousa Rolim Júnior, o temível Tripa, delinquente com várias passagens pela Depol que há pouco vinha aterrorizando a comunidade da Tresidela.

Tripa, autor de incontáveis assaltos, furtos e arrombamentos a residências, aprontou novamente na rua Iomar Trovão. Invadiu três residências na manhã desta segunda-feira. Na primeira, furtou um notebook e outros objetos. Em uma segunda invasão a domicílio, fora interceptado por vizinhos seus, mas conseguiu escapar. Na sequência, durante sua fuga, fez uma terceira vítima, a família do jornalista Carlos Filho, editor deste Blog. Tripa foi surpreendido pelo jornalista e empreendeu nova fuga. Pulando muros escondeu-se em sua casa.

Nesta madrugada, com raiva do vizinho que tentou o deter, Tripa atirou objetos contra a moradia do próprio vizinho, chamando-o para briga corporal. Mas, com operação integrada das forças policiais, Tripa foi finalmente preso. Uma equipe da Polícia Militar logo às primeiras horas desta manhã fez a casa do Tripa cair.

DELEGADA DE PESO

Del. M. Dominic
Foto/Blog Carlos Filho
A delegada Maria Dominic, de larga experiência na Polícia Judiciária, deu a devida celeridade ao inquérito do Tripa. Várias vítimas do Tripa foram ouvidas, na instrução do processo que definitivamente deve deixar o Tripa sob as grades.

A del. Maria Dominic, que acumula 15 anos de carreira, e sua equipe, mostraram competência. Dominic substitui o delegado Daniel Higor Nina Moura. É mulher de muita coragem e determinação. Ela sabe que Coroatá é uma cidade complicada onde tudo se mistura com política. Promete honrar todos os seus compromissos.

Há dois meses atuando em Coroatá, Dominic diz que, no primeiro momento, está dando prioridade máxima ao trabalho da instância Judiciária. Dá qualificação maior aos processos justamente para garantir maior paz à comunidade, com a permanência dos delinquentes em cumprimento de suas penas nas unidades prisionais.