terça-feira, 8 de novembro de 2016

Precarização da Saúde vaza pelo ralo. Casos gravíssimos chegam com força à Assembleia Legislativa

Foto: Nestor Bezerra, Asscom/Dep. A. Murad
Apesar de alguns poucos manterem críticas que, no fundo, no fundo, dizem respeito a interesses meramente pessoal e político-partidário oportunista, o trabalho da peemedebista Andrea Murad tem exposto consistentemente desastrosas inabilidades do Governo de Flávio Dino (PCdoB). A denúncia no sistema de oxigênio no hospital Getúlio Vargas é um exemplo de causar indignação. No embate permanente contra o tido (Des)governo "comunista", a deputada tem adquirido o respeito de muitos setores.

E hoje, 08, Andrea recebeu visita da presidente do SINDSAÚDE/MA. Na Assembleia Legislativa ouviu demandas da entidade e dos funcionários que vêm atuando no sistema público de saúde. Titular nas comissões permanentes de Saúde e de Administração Pública, Seguridade Social e Relações de Trabalho, Andrea reafirmou o apoio ao sindicato na luta contra a precarização promovida pelo Governo.

Sobre o caso bárbaro do Getúlio Vargas, a peemedebista também divulgou a vistoria do Ministério Público que confirmou o problema no sistema de oxigênio no hospital. A deputada no dia 17 de outubro fez a denúncia. Na época, denunciou a ocorrência de 8 mortes na UTI.

A promotora Glória Mafra esteve na unidade, constatou os problemas e confirmou ao Jornal O Estado que houve falha no sistema de oxigênio, exatamente conforme denunciado pela deputada Andrea Murad. O assunto está no caderno de cidades do Jornal O Estado onde também noticia que o MP quer transferência de pacientes da unidade. Veja a matéria completa AQUI e o discurso da deputada sobre a denúncia AQUI. Com informações da Asscom/Dep. A. Murad