terça-feira, 11 de outubro de 2016

OLHA A MALDADE DOS AMOVELAR - Viva a "LIBERDADE" e a "democracia" dos "comunistas" tupiniquins

Arte: sulinhacidad3.blogspot.com
Por CARLOS FILHO/COROATÁ - Em Coroatá, está reposta a prática daquele velho modelo policialesco do grupo Amovelar, a força da linha marginal sobre a Lei, de perseguição desmedida, bem ao estilo doentio do “comunista” e Guru Mor, o governador Flávio Dino. Além dos ataques à funcionária pública municipal Gracilana Lopes [Veja AQUI] e ao locutor Rafael Silva, o Damata Filho [Veja AQUI], a onda criminosa aponta agora a sua mira para atingir o radialista e blogueiro Idalgo Lacerda. Ameaças veladas têm endereço, nome e sobrenome.

O blogueiro avisa que já recebeu ligações telefônicas comprometedoras. Tomou ciência de prováveis tramas macabras, cercadas de fatos simulados, com o fim único de pegá-lo. Segundo Idalgo, a ira também teria origem junto às forças leoninas, do Palácio do Governo Estadual. O blogueiro aposta que as investidas “comunistas” ocorrem, principalmente, por causa do efeito de publicações censuradas pela Justiça a mando do grupo Dinista [Veja AQUI e AQUI].

Coroatá, agora é assim mesmo. Virou terra de bandoleiro. A política acabou, mas o palanque continuou. Agora estamos vivendo à época do Vitorinismo – frisou Idalgo.

Como medida de defesa, o blogueiro está produzindo a denúncia CARTA ABERTA À IMPRENSA E AO POVO DO ESTADO DO MARANHÃO. Ele inclusive já anunciara em seu Blog o referido documento. Idalgo, desde o dia seguinte ao da eleição, afastou-se de Coroatá e mantém em segurança os demais de sua família. Ele toma ainda precauções jurídicas. O programa radiofônico COROATÁ EM DEBATE, da Geração Jovem FM, que o Idalgo apresenta, também está fora do ar.

COBERTURA CORRELATA:
Deputada Andrea Murad exibe argumento que prova a força da máquina de Flávio Dino
Grupo Amovelar desrespeita lei municipal e fica por isso mesmo
COROATÁ - Primeiro ato de selvageria pós-eleição
Damata conta como foi atacado por tio de prefeito eleito de Coroatá
A repercussão na Internet do caso Damata Filho
Andrea Murad acusa abuso de poder econômico e político por parte de Flávio Dino
Só falta um pequeno bigode e se chamar Adolf para ser o ‘Hitler do maranhão'