terça-feira, 25 de outubro de 2016

Eduardo ou Edivaldo? Andrea fala sobre eleições em São Luís

Imagem: Assecom/ Dep. Andrea Murad
Na sessão plenária desta segunda-feira, a deputada Andrea Murad (PMDB) falou pela primeira vez sobre a disputa eleitoral em São Luís e traçou uma importante análise sobre o cenário que se formou no segundo turno, entre Eduardo Braide (PMN) e Edivaldo Holanda Jr (PDT). A parlamentar analisou a passagem dos candidatos pelo primeiro turno, o inesperado resultado de Eduardo Braide e criticou o despreparo dos candidatos nestes últimos dias antes das eleições.

- A eleição [na Capital] é reflexo de como São Luís ficou órfã de candidato. Eu quero que os candidatos deem ao povo a possibilidade de refletir nesta última semana, e quando digo isso falo em apresentar propostas reais para a população [...] O povo está querendo realmente saber quem vai fazer São Luís crescer - advertiu.

Andrea salientou que a população clama por gestão. Lembrando de Eliziane, Wellington e de outros que não vingaram, apostou que o povo quer ousadia mas não delírios. Argumentou que houve carência de candidatos consistentes. O fenômeno, segundo a peemedebista, levou Wellington a crescer velozmente e fez Braide seguir para o segundo turno.

Na troca do foco por simples discussões sobre apoios, Andrea assinalou que o Eduardo quer ser independente. Mas a peemedebista alertou que político precisa sempre um dos outros. Frisou que o político nunca é político sozinho, todos precisam se lembrar disso. - Não quer o apoio do Sarney, Eduardo, mas pegue o apoio agora do Wellington e vá para a rua com ele que teve 103 mil votos. Não quer o apoio dos Sarney, mas peça o apoio da Eliziane e tenha humildade se quiser sair vitorioso contra duas máquinas, a da prefeitura e a do governo que estão a todo vapor - disse Andrea Murad.

A deputada, de forte oposição ao governo Flávio Dino, fez ainda duras críticas ao controle do partido comunista na Prefeitura de São Luís. Argumentou que Edivaldo se submeteu ao PCdoB, deixou-se manipular por Flávio Dino e Márcio Jerry. Segundo ela, a Prefeitura foi loteada. [...] Quem manda é o PCdoB. Com informações da Assecom/ Dep. Andrea Murad