quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Deputado Sousa Neto fala sobre espionagem e cobra providências da Assembleia

Foto/Divulgação
Ontem, 19, na Assembleia Legislativa (AL), o deputado estadual Sousa Neto (PROS) denunciou e cobrou providências sobre suposta tentativa de espionagem do Governo do Estado a parlamentares e militares maranhenses. Foi divulgado pela assessoria do deputado que, por medo de represálias do Alto Comando da PM e da Segurança, profissionais do setor desistiram de participar de reunião da Comissão de Segurança da AL.

Segundo a denúncia, alguns militares foram surpreendidos por um membro do serviço de inteligência do Corpo de Bombeiros infiltrado entre os presentes. Houve filmagem e fotografia dos militares que participavam das discussões. Houve tumulto e a Segurança da AL foi chamada. Sousa Neto orientou os policiais a não recuar, que ninguém se acovarde, se intimide. Esclareceu que a Polícia de Flávio Dino não passa de uma Polícia política. O deputado destacou os desmandos ocorrido em Imperatriz, Mirinzal e Coroatá, no último pleito eleitoral.