quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Prefeitura de Coroatá, em ação producente, leva asfalto para vias importante do Município

Foto: Ronny Sales/Secom PMC
A Prefeitura de Coroatá, através de Convênio viabilizado por Emenda Constitucional, acaba de concretizar todo o processo de liberação de verba do orçamento federal para dar continuidade ao Programa de Urbanização de Vias Públicas no Município. A Administração, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura, divulgou Ordem de Serviço para pavimentação asfáltica de áreas importantes no Centro

Com recursos que somam a exatos um milhão de reais serão urbanizadas a Avenida Magalhães de Almeida e a Rua Santa Luzia. A comunidade foi beneficiada com a pavimentação destas vias urbanas que receberão asfalto, sarjeta, sarjetão de escoamento superficial, meio-fio e calçadas. O Município, com esforço de gestão político-administrativo, também ofereceu contrapartida necessária, desembolso de recursos próprios da Prefeitura de acordo com o rito orçamentário.

O programa de asfaltamento em Coroatá havia sido paralisado por força de atuação contrária da administração atual do Governo Estadual. Cortes de Convênios foram impostos. A população perdeu parte da aplicação de mais 25 km de asfalto, ação viabilizada pelo Governo de Roseana Sarney.


OBRAS

Foto: Ronny Sales
Secom PMC
Ao todo, conforme informações do Setor de Engenharia da Prefeitura, serão pavimentados mais de dois quilômetros de vias. Na Avenida Magalhães de Almeida, 1.580 metros de asfalto serão aplicados. Com pavimentação completa no trecho das imediações do Mercado Público até a entrada do bairro do Igarapé Grande, nas proximidades da antiga Guarita da Guarda Municipal.

Segundo o engenheiro arquiteto Henrique Bogéa, os recursos garantiram ainda o recapeamento de outro trecho, o perímetro da Guarita até à Ponte do Igarapé Grande.

No Centro, na Rua Santa Luzia serão 550 metros de urbanização com asfalto, além de sarjeta, sarjetão de escoamento superficial, meio-fio e calçadas, como será feito na Magalhães de Almeida.


RICARDO

Sobre a liberação das obras o peemedebista Ricardo Murad manifestou- se. Como líder político da Região, que também se empenhou para a concretização da parceria com o Governo Federal, disse que a ação foi mais um desafio realizado, desejo de todos, sonho dos moradores da Avenida Magalhães de Almeida e rua Santa Luzia.

Em relação às barreiras de Flavio Dino e movimentação política de opositores da Administração Municipal, Murad fez um alerta: - Eles pensam que paralisando as obras que deixei me atingem; quando, na verdade, estão prejudicando é o povo [...]. O trabalho não para e Coroatá vai seguir em frente [...] Fonte: Secom PMC