sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Os prejuízos do 13

Foto: Blog do Carlos Filho
Por CARLOS FILHO/COROATÁ - A reprodução isenta dos fatos sobre o último comício da coligação COROATÁ QUER MUDANÇA elenca a notícia de que houve um grande público, como ocorrera também no comício da coligação COROATÁ COM A FORÇA DE TODOS. Mas, no final, o testemunho de certa frustração pairou no ar, principalmente, durante o discurso do candidato a vice-prefeito Domingos Alberto (PSB). Uma parcela considerável de "Bacuraus" [os simpatizantes da Coligação do 13] deixou o espaço como se fosse um ato de protesto a algo desconhecido ou ignorado.

São quatro situações graves que levaram a festa para um resultado aquém da expectativa. Em um segundo tempo, o marketing político em torno da presença do governador. Flávio Dino não veio. A sua ausência causou muita frustração nos "Bacuraus". Também o "comunista" enfrenta sérios problemas de ordem eleitoral e, em especial, no sistema de segurança na Capital. Terceiro, o anúncio de uma "Bomba" furou. No imaginário do eleitor seria algo entre Dino X Ricardo Murad.

PESQUISA 

Um quarto prejuízo foi a ausência de divulgação de pesquisa registrada junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A data para a divulgação, segundo o TSE, seria para esta quinta-feira, dia 29. O resultado só foi divulgado hoje, 30. Conforme o Instituto Data M, Luís da Amovelar Filho (PT) lidera com 55% contra 43,8% da candidata Teresa Murad (PMDB). Mas, o referido Instituto sofre críticas severas, deixando em questionamento o seu trabalho. Os "Jacarés" duvidam do Data M e têm pesquisa registrada no TSE para publicação amanhã, dia 01.

Por fora há um outro problema de percurso que era corrente entre os espectadores. À boca miúda, corria a tese de que, no meio da massa, havia muitas pessoas de outros municípios. Essa assertiva tem sido uma notícia recorrente nos bastidores políticos. De fato, ônibus e pau-de-arara estavam a perder de vista.

Além do mais, o transtorno causado pela fixação do palco no meio da rodovia MA-020 deixou muitos motoristas indignados. Caminhoneiros tiveram que passar em desvios complicados. Os "Jacarés" [Os simpatizantes da Coligação COROATÁ COM A FORÇA DE TODOS] diziam assim: - Se fosse do 15, a Polícia e a Justiça teriam agido prontamente em "defesa" da população...