quarta-feira, 28 de setembro de 2016

ESQUEMA DE DINO - Ministério Público, no município de Coroatá, entra no jogo

Imagem: Reprodução do Facebook/R. Murad
O peemedebista Ricardo Murad acaba de divulgar em sua conta no Facebook denúncia grave contra o Ministério Público, que fez atuação ostensiva em Coroatá, na tarde e noite de ontem, 27, e contra a força de polícia do Estado usada a gosto do governador "comunista" Flávio Dino e ao agrado dos opositores tupiniquins da prefeita Teresa Murad (PMDB).

Para Ricardo, ocorre o cúmulo do cúmulo. De fato, aposta, que o MPMA [Promotoria local] entrou mesmo no esquema de Flávio Dino. Já é corrente na opinião pública a notícia de que, para o "comunista", é uma questão de honra vencer em Coroatá.

Ricardo reproduziu o Boletim de Ocorrência registrado pela vice-prefeita de Coroatá, Neuza Muniz (PMDB). - A denúncia envolve, além da polícia política de Flávio Dino, a promotora Patrícia Espíndola. O idiota do governador já anunciou que Coroatá é o município escolhido para o encerramento de sua campanha. E agora a promotora se transforma em instrumento do governador. Estamos na expectativa até onde irá a Justiça Eleitoral local. - declarou Murad.

A DENÚNCIA

Conforme o BO, Neuza Muniz fora abordada por duas vez no povoado Vila Sete. Na primeira, por volta das 15:30h, uma guarnição da PMMA, comandada pelo CPTº/PM Ricardo, fez uma ação truculenta. Sob denúncia vazia, revistaram o veículo da peemedebista. Suspeitaram de certa quantia em dinheiro para suposto uso em compra de voto. Nada foi encontrado. Uma eleitora idosa passou mal devido a atuação da polícia.

Mas, como a ordem do governador é perseguir o Ricardo Murad, a mesma guarnição retornou, por volta das 18h, àquele povoado. Desta vez acompanhada da promotora de Justiça Patrícia Espíndola. A promotora usava a mesma viatura da PMMA. Neuza, assim, ficou coagida, intimidada, abalada psicologicamente, nem seguiu para o comício de sua Coligação no povoado Pau de Estopa. 

As abordagens têm cunho político, pois não houve constatação de nenhum ato ilícito. QUE VERGONHA PROMOTORA, QUE VERGONHA FLÁVIO DINO, QUE APELAÇÃO..... O POVO ESTÁ ASSISTINDO A TUDO ISSO DE CAMAROTE E VAI DAR A RESPOSTA A ESSA VERDADEIRA TRUCULÊNCIA E PERSEGUIÇÃO...

E os "comunistas", aliados e simpatizantes, ainda acusam Ricardo Murad de ser autoritário e perseguidor...