quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Andrea pede que comissões atuem para diálogo entre governo e professores da região tocantina

A deputada também denuncia o caos no sistema de segurança pública [Foto: Nestor Bezerra]
A deputada estadual Andrea Murad (PMDB) voltou a falar dos problemas na Regional de Educação de Açailândia. Semana passada ela havia denunciado os salários atrasados dos vigilantes, das merendeiras e a falta de professores, problemas que estão prejudicando o ano letivo. Desta vez, educadores voltaram a cobrar reajuste salarial.

- A reivindicação da categoria para o Governador lá na região Tocantina é extremamente justa e os professores mostraram isso. Quando fiz a denúncia, a categoria ameaçou fechar uma estrada e agora anunciam que vão entrar em greve. E o Governador sempre com aquele ar autoritário, prepotente, dá aquela resposta atravessada e ameaçadora dizendo que se entrarem em greve vai tomar suas providências. Ele acha que está fazendo tudo muito bem. E ele diz que as pessoas têm que agradecer a ele - discursou.

A deputada sugeriu que a Assembleia Legislativa busque promover o diálogo entre pais, professores e o governo do Estado e discutirem soluções para os problemas na região.

- Eu proponho que as comissões de orçamento, da educação, de administração pública trabalhem juntas para mediar esse problema entre a categoria e a Educação... [...]Os alunos não têm culpa de nada do que está acontecendo no MA... [...]Então, os deputados da Região Tocantina, principalmente, deveriam também enfrentar essa problemática - disse.