terça-feira, 6 de setembro de 2016

COROATÁ, ÁREA DE RISCO - Força federal ocupará o município nas eleições

Foto/Divulgção
Com o objetivo de reforçar e agradecer o fundamental apoio prestado pelas forças federais para garantia de eleições tranquilas em municípios considerados de risco, o desembargador Lourival Serejo, presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, esteve na manhã desta segunda-feira, 5 de setembro, reunido com oficiais do 24º Batalhão de Infantaria Leve (formato MP4). O primeiro turno das eleições 2016 ocorre no dia 2 de outubro, das 8h às 17h.

O comandante do 24º BIL, tenente coronel Carlos Frederico de Azevedo Pires, informou que nesta semana inicia uma atividade muito importante que é capacitar aqueles que chefiarão as tropas autorizadas a funcionar nas eleições.

A reunião fez parte do cronograma do estágio preparatório para a operação de garantia da votação e apuração eleitoral em 2016. O presidente do TRE-MA expôs o planejamento das eleições aos militares, focando a apresentação na quantidade de eleitores, juízes, servidores e colaboradores envolvidos no processo, além de ter relatado situações enfrentadas quando funcionou como juiz em comarcas do interior do Estado.

Para 2016, o Regional deferiu pedido de força federal para 44 cidades e cabe ao Tribunal Superior Eleitoral autorizar este envio. As cidades que pediram foram: Amarante do Maranhão, Araióses, Água Doce do Maranhão, Arame, Bacuri, Barra do Corda, Fernando Falcão, Benedito Leite, Bequimão, Bom Lugar, Buriti, Buriticupu, Bom Jesus das Selvas, Cajari, Carolina, Codó, Coelho Neto, Coroatá, Cururupu, Guimarães, Lago da Pedra, Matinha, Olinda Nova do Maranhão, Mirador, Sucupira do Norte, Passagem Franca, Buriti Bravo, Penalva, Pinheiro, Pedro do Rosário, Presidente Sarney, Santa Helena, Turilândia, Santa Luzia, Santa Luzia do Paruá, Santa Rita, São José de Ribamar, São Luís, São Raimundo das Mangabeiras, Sambaíba, São Vicente Férrer, Tuntum, Tutóia e São Mateus. Fonte: TRE/MA