sábado, 6 de agosto de 2016

COROATÁ - Chapa majoritária Teresa/Neuza festeja Convenção como ponto determinante da vitória

Foto: Ronny Sales
A exemplo do que ocorreu em várias cidades, ontem, 05, foi dia de festa para os partidos políticos, dia de convenções. Em Coroatá, o brilho da Convenção e o propósito da chapa peemedebista da prefeita Teresa Murad e do próprio PMDB arrancaram ânimo dos filiados. Viu-se, da Academia Pública de Saúde, ser consolidada a crença de que o Município, hoje, emblematicamente virou ponto moral, de honra, na corrida eleitoral em todo o Maranhão. Coroatá, conforme bandeira corrente entre os discursos, se tornou o berço da Oposição no Estado, a capital política do Maranhão, pela presença marcante de figuras políticas experientes e audaciosas, como o são a liderança maior da Região dos Cocais, o ex-deputado Ricardo Murad (PMDB), a deputada estadual Andrea Murad (PMDB), de mandato notoriamente positivo e surpreendente que desestabiliza o Governo de Flávio Dino, e, principalmente, segundo a opinião pública, por uma gestão administrativa resolutiva e de alta reputação de Teresa. No posicionamento dos convencionais, ficou colocado também como trunfo a determinante atuação do deputado federal Hildo Rocha, do senador Edison Lobão Filho (PMDB) e do atual ministro do Meio Ambiente Sarney Filho (PV). Todos priorizaram Coroatá em meio a inúmeras convenções realizadas nos 217 municípios maranhenses.

Hildo Rocha bateu forte no governador Flávio Dino, acusando o seu Governo de ser lameado por focos de corrupção irreparáveis. Frisou a falta de sensibilidade administrativa e humana, citando como exemplo a desassistência sobre as vítimas de Pirapemas, que estão morrendo por ter sido queimadas durante investida de bandidos. Rocha lembrou que na gestão de Rosena/Ricardo Murad houve fato semelhante, mas as vítimas foram conduzidas de aeronaves para tratamento especializado em São Paulo.

A vice-prefeita Neuza Muniz (PMDB), também vice da chapa DE NOVO COM A FORÇA DO POVO, advertiu que em apenas 4 anos a Administração conseguiu resgatar o Município do caos. Conclamou o povo a manter o comando de Teresa, dizendo que assim será feito muito mais por Coroatá.

Andrea Murad valorizou as obras do Executivo Municipal. Enfatizou o apoio político de Hildo, Sarney Filho e Lobão Filho. Este último, por sua vez, lamentou a falta de um governo trabalhador e taxou Dino de ser homem perseguidor. Sarney Filho também criticou a postura do Governo Estadual. Provou que o Estado é incipiente na qualificação administrativa e na gestão econômica-financeira. Fez referência a serviços mal feitos em uma escola de Timon, cujo teto desabou sobre estudantes.

Ricardo, no seu tempo, ratificou os discursos dos correligionários, edificou o trabalho da prefeita. Um filme enumerando várias obras de Teresa Murad foi exibido. Ricardo pediu oração pela saúde do advogado João Guilherme, funcionário da Prefeitura e filho do vereador Jocimar Pereira (PMDB) e apresentou os 67 pré-candidatos ao cargo de vereador. Finalizando, o ex-secretário de Estado da Saúde marcou terreno. Lançou um desafio à Oposição - primeiramente, que ela seja exemplo para sociedade. - Quem quer ficar no lugar da prefeita tem que apresentar um plano de governo melhor - disparou.

Em meio a um público de quase sete mil pessoas, a prefeita Teresa Murad agradeceu o apoio de todos presentes. Seguida por 13 partidos aliados (PMDB, PV, PT DO B, PSDC, PR, PRP, PRTB, PSC, PTN, PTB e PROS), mostrou otimismo para as eleições do dia 02 de outubro. Teresa destacou alguns feitos como primorosos, como o pagamento da folha em dia, mesmo diante da crise, a reconstrução da sede da Prefeitura e da Praça José Sarney, além do melhoramento de 41 Km de estradas vicinais e asfaltamento de 26 Km de vias e avenidas. Entre outras realizações, a construção do SAMU, implantação do CER, CEM, Academia Pública de Saúde, Central de Videomonitoramento, nova Guarda Municipal, DMT, a Escola de Tempo Integral, merenda de alta qualidade, fardamento grátis. Abaixo cobertura fotográfica de Ronny Sales