quinta-feira, 28 de julho de 2016

Um exemplo de governo maldito

  Imagem reproduzida do Facebook/Dep. A. Murad
Outra vez o povo do Maranhão a virar vítima de um verdadeiro (des)governo, agora tido por muitos maranhenses como ente maldito, que irresponsavelmente deixa pacientes da rede estadual de saúde sob o descaso no fornecimento de insulina. O Jornal O Estado do Maranhão destacou na edição de hoje denúncia a respeito e a deputada Andrea Murad (PMDB) tratou de enfatizar, em sua conta no Facebook, o seu posicionamento mantido desde o início do mês (releia: AQUI).

A falta de medicamentos prejudica sobremodo os portadores de doenças crônicas. São pacientes que não conseguem obter os remédios no CEMESP. Os diabéticos dependem do Governo para receber, por exemplo, a insulina Lantus cujo frasco custa R$ 350,00. Andrea recebeu denúncia de que o atendimento é precário, com vários serviços suspensos, especialidades médicas aos hipertensos e diabéticos.