quinta-feira, 2 de junho de 2016

Trabalhadores do transporte intermunicipal e interestadual ameaçam cruzar os braços no MA

Foto/Divulgação
Nesta quinta-feira (2) o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, realizou Assembléia Geral que contou com a presença de trabalhadores do setor de fretamento, que atuam no transporte intermunicipal e interestadual. Os trabalhadores rejeitaram as propostas dos empresários e se a questão não for definida até o final dessa semana, a partir da zero hora de terça-feira (7), motoristas, cobradores e fiscais do setor de fretamento irão cruzar os braços. Nesta sexta-feira (3), está prevista nova rodada de negociações.
Conheça o Centro de Estética, Fisioterapia e Nutrição AQUI
O Presidente Isaias Castelo Branco levou ao conhecimento da categoria a contraproposta feita no inicio da semana pelos empresários. O Sindicato dos Rodoviários pede reajuste salarial de 15%, mas os patrões ofereceram aumento de apenas 6,5%, bem abaixo do que está sendo exigido.

Outro ponto debatido é o ticket alimentação. A proposta dos rodoviários é um reajuste em torno de 20%, que também está sendo rejeitada pelos empresários. No encontro, Isaias Castelo Branco, foi firme nas colocações. Ressaltou que não vai abrir dos direitos da categoria e afirmou que se as exigências não forem atendidas, será decretada greve do setor.

A paralisação deste serviço poderá acarretar em uma série de transtornos a população. São esses trabalhadores que realizam viagens de um município ao outro, dentro do Maranhão e de um estado para o outro também, ou seja, os ônibus que saem da rodoviária de São Luís, aos mais variados destinos, terão seus trajetos interrompidos, devido à greve. Com informações da Asscom/Sindicato dos Rodoviários.