sexta-feira, 10 de junho de 2016

Operação Selo Verde fiscaliza postos de combustíveis para garantir serviço de qualidade

Fotos/Divulgação
Esta semana, equipes do Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor do Maranhão (Procon/MA) começaram a participar da 4ª Fase da Operação Selo Verde, iniciada em janeiro deste ano. Em apenas dois dias, na terça (7) e quarta-feira (8), já foram vistoriados 18 postos de combustíveis pela operação. Durante a operação, é avaliada a qualidade do combustível, cumprimento de normas de segurança, proteção ambiental e questões de saúde do trabalhador.

A operação Selo Verde tem caráter permanente até que todos os postos de combustíveis do Maranhão estejam regularizados. O Maranhão possui cerca de 2 mil postos e até o momento cerca de 80 estabelecimentos já foram fiscalizados.

Além do Procon, a Operação Selo Verde é realizada com a participação da Secretaria de Estado de Minas e Energia (Seme), Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), Delegacia Especializada em Meio Ambiente (Dema), Delegacia de Defesa do Consumidor, Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST-Regional São Luís).
CONHEÇA O CENTRO DE ESTÉTICA, FISIOTERAPIA E NUTRIÇÃO AQUI
Durante as inspeções realizadas nos últimos dias, foi interditado um posto na Cohama, o Gasóleos Praiamar, foi totalmente interditado por apresentar irregularidades nas normas de segurança, como fiação exposta e outros riscos. No Cohafuma, o LS Comércio teve dois tanques interditados e suas respectivas bombas por apresentar percentual de álcool anidro acima do permitido na gasolina. Mais dois postos tiveram bombas interditadas, o Posto Papa-Léguas, no Tibiri, pela qualidade do combustível; e o posto Nordestão, no Maracanã, pela quantidade do combustível colocado no veículo, que foi inferior ao solicitado pelo consumidor. No posto Maracanã, no bairro de mesmo nome, a fiscalização identificou dois bicos com defeito e determinou a substituição.

SELO VERDE - A partir da portaria lançada em julho de 2015 pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente, os postos revendedores de combustíveis terão o Selo Verde para comprovar que o estabelecimento está de acordo com a legislação de preservação ambiental. Fonte: Procon/MA