segunda-feira, 23 de maio de 2016

Caos na Segurança - Boca fala, boca paga

Por RICARDO MURAD - O falastrão recorreu ao ministro da Justiça de Temer, esse mesmo que ele chamou de golpista, pedindo a Força Nacional para conter a escalada sem precedentes da violência que se alastra por São Luís. Foi atendido no mesmo dia. Na sua campanha para o governo ironizava o anterior ao afirmar que "Pedrinhas era uma questão de autoridade do governador". Ao montar o Governo à imagem e semelhança dele e do seu primeiro damo, o desastre estava anunciado. Dito e feito. Temos a pior e a mais desqualificada equipe de governo da historia maranhense com raras e honrosas exceções. Para a Secretaria de Segurança escolheu um ex-colega de turma que não avançou na idade nem no caráter. Infantil, bruto e primário está implantando o terror e o medo na população pela sua atuação temerária própria daqueles que não podem comandar sistemas complexos, como é o caso da Segurança, por absoluta falta de preparo técnico e intelectual. Mas como o casal é quem avalia, esse secretário é "nota 10". Eu sempre disse que teríamos uma longa "via crucis” com a dupla "Dino e Jerry" no governo.

Revejam a entrevista dele para a uol em novembro de 2014 com aquela arrogância que conhecemos e o jeitão de juiz acostumado a sentenciar e punir as pessoas. Confrontado com a realidade de que sua autoridade nada vale para os criminosos, meteu o rabo entre as pernas, e tal qual Roseana, apelou para a Força Nacional, que a meu ver, se tivéssemos um governador bom de trabalho e gestão a presença da Força não seria necessária. Daríamos conta do problema.
Conheça o Centro de Estética, Fisioterapia e Nutrição AQUI