terça-feira, 26 de abril de 2016

Dino demite Secretário da SES. Andrea Murad denuncia ato arrogante

Imagem: Reprpdução/Facebook-Dep. A. Murad
Por ANDREA MURAD - Ao longo desses primeiros anos de gestão na Saúde presenciamos o caos que foi se instalando no sistema e sempre cobrei providências e eficiência do ex-secretário Marcos Pacheco. A saída do médico não me surpreende, nem tampouco a postura fria de Flávio Dino que, como sempre tardio, demorou enxergar que Pacheco nunca teve trato para ser gestor.

Mas Flávio Dino demonstrou, de fato, seu caráter arrogante e autoritário ao exonerar um secretário sem o mesmo saber das mudanças, o que nos leva a crer que os verdadeiros motivos estão ocultos. Ainda mais numa circunstância sem o mínimo respeito pelo auxiliar, quem muito critiquei na tribuna, mas que tinha pelo governador obediência, subserviência e respeito pelo que se observava no seu dia dia à frente da SES.

Por fim, quero deixar registrado que a questão da Saúde não vai se resolver na troca de secretário porque o poder de decisão nunca esteve na Secretaria mas sim com Márcio Jerry.
Conheça o Centro de Estética, Fisioterapia e Nutrição AQUI