segunda-feira, 21 de março de 2016

Pescados têm variação de preço de quase 220% segundo pesquisa do PROCON-MA

Conheça o Centro de Estética, Fisioterapia e Nutrição AQUI
Com a proximidade da Páscoa, o Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor do Maranhão (Procon/MA) realizou, entre os dias 7 e 15 de março, uma pesquisa que apontou uma variação de quase 220% no preço dos pescados em São Luís. Para conferir a pesquisa completa, basta acessar o site www.procon.ma.gov.br.

Dentre os 51 itens da lista, o campeão foi o quilo do peixe piau, que alcançou variação de 217,97%, chegando a custar de R$ 6,29, no Matheus do Shopping da Ilha e no Mix do Vinhais, até R$ 20,00 na Feira da Cidade Operária. Em segundo lugar ficou a cururuca, com variação de 160%, custando de R$ 5,00 na Feira do João Paulo, até R$ 13,00 no Mercado Central, seguida pela traíra e pela tainha pitiua, que variam, respectivamente, 150,42% e 150%.

Outros peixes típicos, como curimatá e palombeta, ocupam o 5º e o 6º lugar da lista. O quilo da curimatá pode custar de R$ 8,49 até R$ 20 (135,57% de variação), enquanto a palombeta foi encontrada por valores entre R$ 5,99 e R$ 12 (100,33% de variação. Já a famosa pescada amarela pode ser encontrada com preços entre R$ 22 e R$ 29,79 (35,41% de variação).

Mariscos - O sururu descascado e o camarão seco pequeno são, respectivamente, o 7º e o 8º itens com maior oscilação de preços. O sururu chega a R$ 40,00, no Mercado Central, e R$ 20,00 no Mercado do Peixe e na Feira do João Paulo (100%). O camarão seco pequeno vale entre R$ 18,00 na Feira do João Paulo, e R$ 35,00 no Mercado Central (94%). Fonte: Procon