segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

TV alinhada à Flávio Dino tenta prejudicar Administração de Teresa Murad em Coroatá

Imagem da área do Mercado totalmente sem uso... [Foto: Produção/Blog Carlos Filho]
Por CARLOS FILHO - Está provado que o tido Des(Governo) de Flávio Dino entrou em rota de desespero. Apela com a força do erário público, extraído do contribuinte, para a avalanche de propaganda falsa. A denúncia maliciosa da Record News sobre os leilões de logradouros públicos no município de Coroatá é uma clara demonstração da fragilidade. Do time que vence pela força, nunca pelo argumento e proficiência. Os "comunistas" temem a Oposição liderada pelo PMDB e, principalmente, com a atuação destemida dos deputados Andrea Murad (PMDB), Sousa Neto (PTN) e Adriano Sarney (PV).

A Record News, obviamente alinhada aos ditames daquilo a que o povo já o chama como Des(Governo), tem como afiliada no Maranhão a TV Guará, de São Luís. Pelos registros em arquivo, essa emissora publicamente apresentou uma tendência, similar a um apoio parcial à candidatura de Flávio Dino e recentemente foi bem aquinhoada em convênio com o Estado para transmissão esportiva. A TV Mitrante e a TV Difusora ficaram de fora!!!. Saiba AQUI e AQUI

REPORTAGEM MALICIOSA

Na reportagem pouco imparcial verifica-se a edição construída, aparentemente encomendada, para simplesmente denegrir a imagem de adversários políticos de Flávio Dino. Tentam associar a Administração da prefeita Teresa Murad à uma gestão atabalhoada e irresponsável, versão diametralmente oposta à realidade. Veja a realidade AQUI, AQUIAQUI, AQUI, e AQUI. Coincidentemente o partido da prefeita é PMDB e aqui reside também a suspeição pairando sobre os "comunistas".

A reportagem maldosamente não exibe as imagens das áreas em questão. No primeiro momento mostra a Igreja Matriz Católica. Em seguida, mostra outro espaço como se fosse a tal praça do Mercado Público. Faz questão de misturar as coisas, metendo o viés político, dizendo que a prefeita é concunhada da ex-governadora Roseana Sarney. Para ludibriar o telespectador, exibe imagens de feirantes próximos à Praça das Merendeiras, localizada bem distante das áreas em discussão.

Tudo muito pelo contrário, a exemplo da área do Mercado Público que está há muitos e muitos anos sem a menor utilização, todo tempo abandonada, sem qualquer utilização. Abaixo os registros, A PROVA, de que ninguém usa aquele espaço. A Administração tenta angariar recursos para o enfrentamento da crise financeira e para investimentos públicos necessários. A Procuradoria Geral do Município prepara defesa da Prefeitura. Vai recorrer.

LEIA POST CORRELATO:
COROATÁ - Lei que autorizava venda de praças é suspensa a pedido do MPMA. Prefeitura vai recorrer
   Imagem da Praça da Matriz - Sem conexão com a suposta denúncia
   Imagem de espaço desconhecido
   Imagens de feirantes em setor distante das áreas questionadas