sábado, 27 de fevereiro de 2016

Ricardo Murad sofre lesão em artérias coronarianas e opera na terça no Hospital Sírio Libanês

Foto/Divulgação
Por RICARDO MURAD - Minha amigas e amigos, Para alertar vocês de como é importante fazer exames preventivos, o famoso e conhecido check-up, vou dar o meu exemplo. Sempre muito confiante que não tenho nenhum problema de saúde, resolvi atender os alertas dos meus estimados amigos médicos e próximo de completar 60 anos - no próximo 12 de abril - resolvi fazer os exames.

Então veio a surpresa. Estou inteiro, preservado, com muita saúde no geral, coração perfeito sem comprometimento, mas com lesões em duas artérias que exigem intervenção. Lesões que nunca provocaram um sintoma sequer. A equipe médica coordenada pro Dr. Roberto Kalil decidiu que a melhor solução é a cirúrgica, mesmo havendo a possibilidade da colocação de stents.

O exame que detectou a calcificação das duas artérias foi a angiotomografia confirmada depois pelo cateterismo. Imaginem vocês a minha surpresa. Nunca senti nada. Um mal estar, nada que pudesse me alertar para isso. Segundo os médicos, as lesões são antigas e vem de anos e pra mim começou quando engordei demais entre os meus 30 e 45 anos quando cheguei a pesar 142 kg. Depois desse peso emagreci e mudei completamente a alimentação e pode ter sido isso que diminuiu a progressão da doença, me preservando de um infarto que comprometeria o coração.

A doença coronariana é silenciosa e mata sem aviso, assim como muitas outras, que só prevenindo se evita consequências graves que levam à incapacitação e deixam você com sequelas às vezes irrecuperáveis. As causas das doenças são diversas mas as mais frequentes são diabetes, pressão alta, obesidade, genética, álcool, alimentação, sedentarismo, colesterol e por incrível que pareça podem surgir do nada. São tantos os fatores de risco que só a prevenção pode efetivamente nos ajudar.

Após esses anos na SES onde tivemos a felicidade de construir do nada um sistema de saúde de muita qualidade e abrangência estou convicto que uma das novas metas para o Programa Saúde é Vida, que certamente voltará, será a de universalizar centros de medicina para check-up nas áreas essenciais para prevenir doenças nos homens e mulheres. Por isso me alegro todas as vezes que penso como o programa de saúde que implantamos no Maranhão foi extraordinário. A angiotomografia já se faz de rotina na rede estadual, o cateterismo com a colocação de stents deixamos o equipamento comprado e pago dentro do Hospital Carlos Macieira e iniciamos a cirurgia cardíaca.

Portanto deixo esse alerta mais uma vez, o importante é a prevenção para todas as situações. Opero na terça às 8 da manhã, com o cirurgião Fábio Jatene no Hospital Sírio Libanês.