sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Prefeita de Coroatá repudia Flávio Dino e Dilma Rousseff devido veto que impediu investimento de R$ 65 Mi

Arquivo/SECOM PMC
A prefeita de Coroatá, Teresa Murad, declarou hoje para a imprensa o seu total repúdio ao governador Flávio Dino e à presidente Dilma Rousseff pelo veto ao projeto de implantação da EMBRAPA COCAIS em Coroatá. O investimento seria de R$ 65 Milhões, orçamento que foi aprovado pela Câmara de Deputados e contemplado no Plano Plurianual do Governo Federal.

- Tivemos um grande trabalho, nos articulando junto ao deputado Hildo Rocha que, de forma tão eficiente, conseguiu incluir esse projeto no PPA que foi aprovado sem resistências pelo Congresso Nacional. Mas, lamentavelmente, por decisões políticas não será mais instalada em Coroatá - disse em nota.

A prefeita ressaltou a importância da EMBRAPA COCAIS e disse que a empresa tem a missão de viabilizar, por meio da pesquisa, desenvolvimento e inovação, soluções para a sustentabilidade da agricultura dos ambientes Cocais e Planícies Inundáveis, com destaque para o segmento da agricultura familiar.

- Flávio Dino deveria sentir vergonha de ser governador do Maranhão e a presidente Dilma Rousseff deveria por a mão na consciência, ser grata ao povo maranhense que deu a ela a maior votação dentre todos os estados do País, e retirar esse absurdo para que Coroatá receba aquilo que tem direto por decisão do Congresso Nacional - declarou a prefeita.