terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Jovem coroataense é assassinado em São Paulo quando saia do trabalho

   Imagens: Facebook/Guilherme Afonso
TEXTO ATUALIZADO EM 03/02/2016, ÀS 09H53O coroataense Guilherme Afonso, 24 anos, foi brutalmente assassinado, nesta segunda-feira, 01, por um colega de trabalho, em São Paulo, quando saia do próprio ambiente do serviço, e tudo por uma discussão que travaram poucas horas antes. Infelizmente, Guilherme sofreu uma facada nas costas e outra na boca, indo a óbito. Ele tem família, no bairro dos Americanos.

Dependendo do traslado, o sepultamento deve ocorrer amanhã, 04, no Cemitério do Jordão. A saída do corpo, de São Paulo, está programada para às 18h00 de hoje. Segundo Jhones Prass Vaqueiro, amigo de Guilherme, o coroataense tinha perfil jovem feliz e esteve em Coroatá em dezembro último. Se divertiu muito com vários amigos. Nas redes sociais, na Internet, muitos amigos fazem declarações solidárias, afirmando a boa índole do rapaz. Guilherme é parente da coordenadora escolar do Clodomir Millet.

Jhones Prass disse: - Quem com ferro fere com ferro será ferido! O homem não faz justiça; quem faz justiça é Deus então vou deixa nas mãos Dele... [Ele era] um amigo que fazia a gente chorar até de rir... Como você dizia pra nós vai nessa luz que tu encontras Jesus. Então irmão vai na luz agora, vai com Deus... Adeus amigo.