sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

ALFINETANDO - Nesse mato tem coelho... Ou não?

COLUNA ALFINETANDOPolítica partidária à parte, mas em tempo tão moderno, onde a sociedade atual vive em sua essência uma efervescente onda de inquietação, aqui há de se questionar inclusive os atos tido como de iniciativa popular. Observando a Cidade, neste período momesco, eis que de repente, fora do eixo oficial, emerge algo parecido a um movimento liderado pelos Blocos Independentes de Coroatá. E isso é bom? - Claro que é! Afinal, DEVE SER uma manifestação do povo. O povo quer e pronto - Está feito!

Contudo, a minha inquietação é outra... Quem está financiando tudo isso? Gente, são duas bandas, um trio potente, o Trio BBzão, e o custo de toda uma logística por trás de tudo. E tem um fato curioso: o nome de uma das bandas. Banda Bandido. Pode isso? Que nome, eu hein!!! Mas, cabe aqui uma outra questão. Será que isso tem haver com um certo "acordo" do Governo de Flávio Dino com as facções criminosas?

   Imagem/Blog aliado
   à Oposição em Coroatá
Bom, mas é preciso que os organizadores desta festa (PROMETIDA APOTEÓTICA) apontem para a transparência. Para dar exemplo, devem informar pelo menos as entidades. Quais são os blocos mesmo? Existe um ente por trás conveniado com alguma instituição patrocinadora? Ou será que é o Governo Estadual que está financiando esse Carnaval não oficial? - Respondem, homens sérios... Ôh WS?

Para finalizar, temos uma pista. Em posts, na Internet, aparece até políticos oposicionistas promovendo o evento em página pessoal de Facebook, como o ex-prefeito Domingos Alberto (foto acima). Sabe-se que, no mínimo, a mídia alinhada (blogs, rádios, tvs) reproduz a linha "ideológica" dos "comunistas". Que pista, hein?