segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Ricardo Murad posiciona-se sobre novas patacoadas de Flávio Dino

    Imagem: Reprodução do Facebook/Ricardo Murad
O ex-secretário de estado da Saúde Ricardo Murad (PMDB) manifesta-se frente às últimas patacoadas do Governo de Flávio Dino com a devida observância política. Referindo-se à última crítica do ex-governador José Reinaldo que atribuiu o conceito de algo desastroso à condução política dos "comunistas", Murad ressaltou a tida desmoralização da gestão do secretário de Articulação Política, Márcio Jerry. - A política é assim, por isso a parte importante que repercutiu foi Zé Reinaldo desmoralizar o companheiro do governador, coisa que ninguém até agora ousou fazer porque Jerry é o próprio Flávio Dino, as almas são gêmeas - frisou Murad.

DELEGADO

Sobre o suicídio do delegado Alex Aragão, Murad ratificou, como sempre tem dito, que tudo se deve ao resultado da Polícia Política de Flávio Dino. Disse que a transferência do delegado de Coroatá para o município de São Raimundo das Mangabeiras, no extremo Sul do Estado, foi arbitrária por motivação política. - O delegado Alex Aragão reclamava de perseguição e dizia estar com depressão. Alex foi o segundo delegado removido de Coroatá por motivos políticos. O primeiro foi o delegado Samuel Morita - lembrou Murad.
A prova do crime