terça-feira, 19 de janeiro de 2016

É LEGAL - A exemplo de Coroatá, Governo Federal também faz leilões de imóveis

   Foto: Arquivo/Blog Carlos Filho 10
Com a crise econômica no País inteiro, até o Governo Federal resolveu se virar para amenizar o impacto no Orçamento. Está no Diário Oficial a lista de 239 imóveis da União colocados à venda, uma medida idêntica à tomada no município de Coroatá, quando a Prefeitura realizou recentemente alguns leilões de áreas livres.

São recursos que contabilmente entram no cofres públicos e, via de regra, ficam registrados. Em Coroatá, a prefeita Teresa Murad sempre realiza audiências públicas quadrimestrais para a prestação de contas com a população. Assim, a assessoria do Município explica que os atos dos leilões são absolutamente legais, reconhecidos por Lei.

O secretário municipal de Meio Ambiente Marcio Alcântara Alves assinalou: - Quem administra é quem sabe o que deve ser feito. Alves salientou ainda: - Será que alguém vai contestar a presidenta Dilma por ela está vendendo imóveis e terrenos pertencentes ao País.

LOTES NACIONAIS

Conforme a Agência Brasil/Brasília, o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão divulgou um lote com 239 imóveis da União disponíveis para venda, em 21 estados e no Distrito Federal. O maior número está no DF (61) e em Minas Gerais (58). A lista consta da Portaria n° 24/2016 do MP, publicada hoje (19), no Diário Oficial da União.

A venda será feita pela Caixa Econômica Federal que fará os procedimentos de vistoria e avaliação de todo o lote e, posteriormente, lançará editais de licitação, na modalidade concorrência, contendo as regras da alienação.