quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Vereador Riba Maia, aliado de Teresa Murad, sofre princípio de infarte

   Foto/Divulgação
O vereador José de Ribamar Maia, 29, o RibaMaia (PSC), que é líder de Governo na Câmara de Coroatá, encontra-se hospitalizado na Unidade de Pronto Atendimento de Coroatá (UPA) devido a um mal-estar que o acometeu na madrugada desta quarta-feira, 30. Indicações médicas apontam para sintomas de infarte. Riba Maia encontra-se em observação médica e com quadro clínico estável.

A equipe médica local já providencia a transferência do vereador para o Hospital Carlos Macieira, em São Luís, para a realização de exames clínicos detalhados. Leia mais AQUI

Prefeitura de Coroatá altera rotina de limpeza pública

   Foto: Ronny Sales/Asscom PMC
A Prefeitura de Coroatá, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura, informa que a limpeza pública na Cidade, sob coordenação da Superintendência de Urbanismo, só será realizada até amanhã, dia 31. Os serviços retornarão a funcionar normalmente no dia 02 de janeiro, no próximo sábado.

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

TV Cidade produz nova chamada sobre Réveillon 2016 de Coroatá


Dino, aliados, vereadores e grupo G10 de Coroatá merecem título de caloteiro

   Foto: Idalgo Lacerda
Enquanto a prefeita Teresa Murad, em Coroatá, paga todos os funcionários públicos em dia e até com antecipação de folha mesmo diante da crise econômica, mantendo a remuneração do funcionalismo dentro dos limites constitucionais, o Governo de Flávio Dino e Cia mantêm firme a pecha de caloteiro em prejuízo aos trabalhadores maranhenses e a sociedade em geral. O calote vai desde a falta de pagamento de uma simples conta de energia elétrica de prédios públicos à falta de cumprimento de repasses de verbas às empresas conveniadas e terceirizadas com o Estado.

A prática dos "comunistas" massacra inclusive a classe dos vigilantes e os auxiliares operacionais de serviços gerais (AOSG) que nunca viram a cor de seus salários. Que vergonha!!! Isso é a “mudança” implantada pelos “comunistas” tupiniquins mais graduados, sob a cegueira impiedosa de seus seguidores, do PCdoB, vereadores oposicionistas coroataenses e do tido grupo G10.

Sem a menor responsabilidade e piedade, Flávio Dino deixa, em Coroatá, 20 vigilantes da Maranhense Segurança e Vigilância Ltda (Masv) com salários em atraso há 5 meses. Eles estão sem pagamento dos meses trabalhados e, pelo visto, férias e 13º é coisa de outro “planeta”. Outros 25 trabalhadores AOSG, dos serviços gerais da Maranhense Serviços Profissionais Ltda (Masp), também estão há 4 meses sem receber salários.

Todos, através do Sindicato dos Vigilantes do Maranhão (Sindvig), já recorreram à Justiça do Trabalho e Emprego com Ação Coletiva contra as empresas terceirizadas e contra o Estado. O Governo empurra com a barriga.

COROATÁ 

Em Coroatá, os trabalhadores que servem às escolas da Rede Estadual de Ensino [que estão abandonadas] há mais de mês deixaram de comparecer ao trabalho. Apenas três vigilantes nas unidades do 2º Grau e João Lisboa não aderiram à paralisação e continuam trabalhando na tentativa de agradar ao superintendente regional de Articulação Política Sebastião de Araújo, o Ciba do PCdoB.

17 AOSG já receberam a carta de demissão no início deste mês. Mas, até o momento não há registros de pagamento das referidas indenizações. É o caos “comunista”!!!  É a “mudança” de Flávio Dino!!! Post atualizado em 29/12/2015, às 14:14, para acréscimo de informações.

Teresa Murad paga folha integral de dezembro e mais 1/3 de férias a profissionais da Educação

    Foto: Divulgação
Por IDALGO LACERDA – Está confirmado o pagamento dos salários para os servidores municipais acrescido de 1/3 de férias para os profissionais do magistério da Rede Municipal de Ensino. Conforme, as informações obtidas por este blog junto a secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, Manoel da Cruz Ponte, o pagamento de 1/3 de férias pago aos profissionais do magistério deve-se ao fato de que os mesmos estão em férias coletivas durante o próximo mês de janeiro de 2016.

O que é determinado pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), que lhes facultam o direito de receber o referido benefício incorporado junto ao salário do mês de dezembro de 2015. Sendo assim, a classe dos docentes municipais poderá se dirigir à agência bancária do Bradesco S/A na próxima quinta-feira, dia 31, e sacar os seus salários, respectivamente, acrescidos de 1/3 de férias.

Pelo visto, a prefeita Teresa Murad mais uma vez dá a demonstração cabal de responsabilidade com o serviço público e valorização do funcionalismo municipal. Ao contrário do que vem ocorrendo nos municípios da região; como por exemplo, no município de Bacabal, onde há três meses os servidores municipais não veem a cor do dinheiro depositado em suas contas correntes, o que levou o sindicato da categoria a deflagrar greve por tempo indeterminado.

Ora prejudicando o andamento dos serviços essenciais e emergenciais e também causando sérios prejuízos a economia local, que depende do pagamento salarial dos servidores municipais realizados em dia pelo prefeito José Alberto Veloso, que vive escondendo-se dos credores e dos servidores mediante a esta triste e macabra realidade por falta de planejamento e de equilíbrio financeiro compatível com o porte do município de Bacabal.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

A verdade sobre a Praça Sarney

   Foto: Do Blog/Carlos Filho
De fato, o povo deve ficar sabendo da verdade! A oposição ao Governo de Teresa Murad (PMDB), em Coroatá, faz uma tempestade de um copo d´água com relação aos recursos destinados à adequação da Praça José Sarney com o Largo da Juventude para a construção de um espaço cultural. A bem da verdade não se trata de reforma da Praça. Pelo Convênio nº 11590005/2013, ocorrerá sim a adequação dos dois logradouros, envolvendo uma verba total de R$ 435.842,58, e, como já se manifestou a própria prefeita Teresa Murad, a certa demora na execução dos serviços é de responsabilidade do Governo Federal.

Contudo, na verdade, não existe atraso para a entrega da obra, pois o prazo oficial é de 30 de junho de 2016. Outra verdade: Para a obra, projeto de infraestrutura turística - do Ministério do Turismo, segundo dados oficiais, os recursos são repassados da Caixa Econômica Federal diretamente à empresa encarregada da obra. Os recursos sequer ficam sob qualquer domínio da Prefeitura. Já foram liberados dois repasses. O primeiro de R$ 8.478,25 - em 13 de outubro último. E o segundo, no valor de R$ 204.805,46 - no último dia 18 deste mês, conforme planilha oficial (ilustração abaixo). Portanto, a verdade que a mídia "comunista" escamoteia é que com a primeira parcela jamais se teria condições de adiantar a obra de forma considerável.
Consta no Convênio Federal que o Município tem obrigação de efetuar uma contrapartida de 4% do valor total da obra, ficando fixado o valor de R$ 17.863,02. Para a garantia da execução da obra, a terceira parcela só será repassada à empresa executora após medição dos serviços realizados.

SEM FUNDAMENTO

Assim, está bem distante da verdade a afirmativa de que a obra seja "eleitoreira". Ao contrário, como defendem auxiliares da prefeita, a nova estrutura será mais uma obra com a marca da atual Administração que deu exemplo com a edificação da Academia Pública de Saúde.

- A exemplo da Academia, esta obra ficará belíssima e a falácia de muitos que sempre criticaram a obra paralisadas cairá por terra. Está aí a explicação sobre o atraso na obra. Tudo por falta de repasse do Governo Federal que só veio agora no dia 15 - disparou Feliciano Marques, secretário de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura.

Professores têm até o dia 11 de janeiro para se inscrever no seletivo do Iema

Por Nubia Lima e Sáride Maíta - Foram prorrogadas até o próximo dia 11 de janeiro de 2016 as inscrições para o processo seletivo interno simplificado para professores do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA). Serão ofertadas 35 vagas, além de cadastro de reserva, para São Luís, Bacabeira e Pindaré-Mirim, onde funcionarão, a partir de fevereiro, as primeiras unidades plenas do Iema.

Com a extensão do prazo, o candidato poderá realizar a inscrição até às 18h (horário de Brasília), por meio do site www.fsadu.org.br/concursos e www.sousandrade.org.br/concursos. O pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 10, deverá ser feito até o dia 12 de janeiro. A prova objetiva está marcada para o dia 24 de janeiro.

O IEMA visa proporcionar aos jovens maranhenses capacitação profissional por meio de cursos técnicos integrados ao Ensino Médio de tempo integral. As vagas são destinadas às funções de gestor-geral, gestor-auxiliar com função pedagógica; gestor-auxiliar com função administrativa/financeira; e professor para as unidades plenas em tempo integral. Podem concorrer às vagas servidores integrantes da carreira de magistério estadual, que tenham curso de Licenciatura Plena ou graduação em Pedagogia.

A jornada de trabalho será de 40 horas semanais (diurnas) obrigatoriamente, caracterizando Regime de Dedicação Exclusiva. Além dos vencimentos, os aprovados para as unidades plenas em tempo integral também receberão Gratificação por Atividade no Magistério (GAM) e acréscimo de 25% aos vencimentos.

Provas - As provas serão realizadas no dia 24 de janeiro, em São Luís, Bacabeira e Pindaré-Mirim e devem ser feitas na cidade onde o candidato foi escrito. A realização do processo seletivo estará sob a responsabilidade da Fundação Sousândrade de Apoio ao Desenvolvimento da UFMA (FSADU).

O processo seletivo contará com prova objetiva que terá caráter eliminatório e classificatório para todas as funções. Também haverá prova de títulos que, de caráter apenas classificatório, para todos os candidatos não eliminados na objetiva. O resultado final está previsto para dia 28 de janeiro.

Vagas - No total estão sendo ofertadas 35 vagas distribuídas nos municípios de São Luís, Bacabeira e Pindaré-Mirim. Em cada unidade está sendo ofertada uma vaga para gestor-geral, uma para gestor-função pedagógica e uma para gestor-função administrativa/financeira, além de cadastro de reserva.

As vagas para professor são para as disciplinas de Arte, Biologia, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Matemática, Química, Sociologia, Língua Portuguesa e para as Línguas estrangeiras Inglês e Espanhol.

Dentre as vagas para professor que estão sendo oferecidas para as unidades de Bacabeira e Pindaré- Mirim, será uma para cada disciplina, além do cadastro de reserva. Para a unidade plena de São Luís, estão sendo ofertadas vagas para cadastro de reserva para função de professor, sendo duas vagas para cada disciplina. Das vagas reservadas a cada função, pelo menos 5% serão para portadores de deficiência. Fonte: Secti com edição do Blog

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Em Coroatá, o Rèveillon 2016 é no Espaço Cidade

   Espaço Cidade, uma casa de show para grande público [Foto: Ronny Sales/Asscm PMC]
A festa é uma promoção do Sistema Cidade de Comunicação [TV Cidade Produções] que escolheu a melhor casa de show da Região, o Espaço Cidade. O espaço conta com excelente localização, estrutura completa, com segurança e estacionamento. Confira as atrações no vídeo:

Mensagem de Natal e Ano Novo da Prefeita Teresa Murad aos coroataenses

   Prefeita Teresa Murad [Foto: Ronny Sales/Asscom PMC]
A prefeita Teresa Murad gravou um vídeo especial com uma mensagem de Natal e Ano Novo a todos os coroataenses, assista o vídeo:

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Zona Rural de Coroatá comemora mais uma formatura no Povoado Macaúba

   Foto: Ronny Sales/Asscom PMC
Foi nesta terça-feira, 22, mais uma noite de formatura realizada pela Prefeitura com apoio da equipe da Secretaria de Educação em favor dos alunos do 9º ano das escolas municipais da Zona Rural, Fazendinha, Poço Comprido e Macaúba. Além da prefeita Teresa Murad (PMDB) e do secretário de Educação Josias Silva, também prestigiaram o evento o vereador Josean Veras (PSC) e lideranças locais como Ribinha Pinto, filho de um dos  fundadores do Povoado Macaúba.

- Cada momento desta formatura vai ficar para sempre na memoria de cada um desses alunos, trabalhamos muito para que a educação oferecida pelo município seja sempre a melhor, hoje, não existe mais diferença entre a educação da zona rural e a da zona urbana, temos excelentes professores, pessoas capacitadas e o que é mais importante, alunos dedicados, todos que estão aqui e a nossa cidade, merecem meus sinceros parabéns - disse Teresa Murad.

"Governo" de Flávio Dino é uma vergonha!

O flagrante do corte da energia. Foto: Blog Idalgo Lacerda
Denúncia do blogueiro Idalgo Lacerda apontou aquilo que definitivamente desqualifica o desgoverno de Flávio Dino, o homem que prometeu a "mudança" para o Maranhão. A Cemar cortou o fornecimento de energia elétrica da sede do Viva Cidadão, em Coroatá. A operação ocorreu durante a tarde de segunda-feira, 21, devido a atrasos de pagamentos que perdura há quatro meses.

A direção do órgão publicou aviso em claro desrespeito aos maranhenses, mentindo sobre a falta de expediente. A desculpa é de que a rede de Internet está com problemas de conexão. No ato de corte da energia, como registrou o Blog do Idalgo Lacerda, foi grande a revolta dos usuários postados em fila de atendimento.

Veja no vídeo a ação da Cemar


Comitê de Bacia do Rio Itapecuru vira debate na Assembleia Legislativa

Cristovam Filho defende a criação do Comitê do Itapecuru
Foto/Divulgação
Waldemar Ter/Agência Assembleia - O deputado estadual Cristovam Filho (PSL) defendeu a criação de vários Comitês de Bacias de Rios, principalmente o do Rio Itapecuru, para ajudar a preservar os rios maranhenses. A criação dos Comitês de Bacias, de acordo com o parlamentar, permitirá a utilização da água desses rios de forma sustentável. O Rio Itapecuru é responsável pelo abastecimento de grande parte de São Luís.

- Está todo mundo tirando água do rio para tratamento doméstico, área industrial, agricultura e lançando, trazendo essa água de volta para o rio sem o controle devido. É necessário que se criem os Comitês de Bacias para que eles possam receber um fundo a fim de explorar a água desse rio com sustentabilidade - explica.

Cristovam Filho contou que apresentou indicação nesse sentido beneficiando os municípios que integram a bacia do Rio Itapecuru. - A realização de audiências públicas tem o papel de discutir a revitalização, recuperação, preservação e conservação da bacia hidrográfica em situação de vulnerabilidade da degradação ambiental, por meio de ações integradas e permanentes que promovam o uso sustentável dos recursos naturais, a melhoria das condições socioambientais, o aumento da quantidade e melhoria da qualidade de água para usos múltiplos, possibilitando a participação das instituições governamentais, da sociedade civil e usuários da água - diz o documento.

Cristovam relacionou as características do Rio Itapecuru, tido como o mais importante do Maranhão por ser genuinamente maranhense. O documento informa que o rio nasce na Serra do Mirador e desemboca no Golfão Maranhense, percorrendo quase 1.450 quilômetros.

De acordo com o deputado, o movimento em defesa da criação do Comitê da Bacia do Itapecuru se arrasta por mais de 20 anos. - Nesse contexto, a bacia pode ser definida pelo governo como eixo fundamental de desenvolvimento do estado, merecendo uma maior atenção de políticas públicas. Ele passa pelas cidades de Mirador, Colinas, Caxias, Codó, Coroatá, Timbiras, Cantanhede, Itapecuru Mirim e Rosário e se encontra antropizado nesses municípios. É necessário revitalizá-lo e recuperar boa parte do Maranhão, trazendo nova vida às populações ribeirinhas que estão perecendo juntamente com o rio - frisou.

Um ano de Governo Flávio Dino

   Reprodução/Facebook-Ricardo Murad
Por RICARDO MURAD - Vejam no que se transformou o Hospital Macrorregional de Coroatá que serve a 52 municípios e o único que realiza procedimentos de alta complexidade no interior do Maranhão. O hospital tem 20 leitos de UTIs neonatal, pediátrica e adulto e está assim: sucateado. Uma vergonha!

Um sucateamento, não só externo, como denunciou Idalgo Lacerda sobre a roubalheira de remédios hospitalares para vender em farmácias de municípios vizinhos (http://goo.gl/O8ZwS7). E se não bastasse o dilaceramento da estrutura, até assédio sexual paciente vem sofrendo, como narra o mesmo blogueiro sobre o quebra quebra no Macrorregional de Coroatá (http://goo.gl/YOaZgM). Que vergonha!

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Prefeita Teresa Murad paga mais uma vez abono dos professores

Os funcionários começaram a sacar o seu abono desde às primeiras horas desta manhã. A prefeita Teresa Murad, através da Secretaria de Educação, ordenou o pagamento do abono salarial aos professores da Rede Municipal de Ensino no valor de R$ 2.050,00. O município de Coroatá é um dos pouquíssimos entes maranhenses a efetuar o benefício, um direito dos servidores gerado pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB).

Segundo avaliação do Executivo Municipal, esta ação é uma demonstração de compromisso com a Educação e com todos os munícipes. Atualmente, além do equilíbrio financeiro, Coroatá ocupa o posto de 18º no ranking da transparência entre os 217 municípios do Estado.

CONCURSO: Prefeitura apoiada por Dino propõe salários mais baixos do que Coroatá

Assim como fez Coroatá, no início do mês, mesmo desprovido da força da máquina estadual, o município de Codó, que recebe total apoio do Governo de Flávio Dino (PCdoB), também irá realizar concurso público. A grande diferença entre os entes municipais na execução dos certames é que a Administração de Teresa Murad (PMDB) firma, cada vez mais, a tese da austeridade e controle financeiro, pois consegue oferecer vencimentos básicos bem maiores do que os seguidores dos "comunistas".

Ontem, 21, a Câmara de Vereadores de Codó aprovou por unanimidade o Projeto de Lei Nº 18, de 18 de dezembro de 2015, criando novos cargos de provimento efetivo no Município por meio de concurso público previsto para 2016. São vários cargos com média salarial abaixo do que propõe Coroatá. Para professor da Educação Infantil e de 1º ao 5º Ano Codó pagará R$ 1.198,61 e Coroatá pagará R$ 1.592,68. Uma diferença de quase R$ 400,00.

Após reajuste em janeiro deste ano de 13,01%, o Piso Salarial do Magistério ficou em R$ 1.917,78 para uma jornada de 40 horas. Em Coroatá, a prefeita Teresa Murad mantém o compromisso de honra em relação ao piso. Dentro da proporcionalidade legal, mesmo com expediente reduzido de 30 horas, o Município pagará numerários acima do Piso Nacional.

O professor de nível superior efetivo com jornada de 25hs. ganha R$ 1.564,33. Ou seja, recebe a seu favor uma diferença a maior de R$ 365,72. O profissional de nível médio efetivo (para jornada de 25hs.) recebe R$ 1.327,23. Ou seja, ganha R$ 128,62 a mais do que o Piso Nacional. O contratado tem salário fixado em R$1.448,97 (25hs.) e em R$ 2.318,37 (40hs.); ou seja, também ficam com ganhos acima do Piso Nacional.

[Post foi atualizado em 22/12/2015, às 12:30hs e às 14:31, para acréscimo de informações]

Veja a diferença entre Codó e Coroatá no quadro abaixo:
   Arte/Blog do Carlos Filho
No quadro a seguir, confira os cargos oferecidos pela Prefeitura de Codó:
COROATÁ

A Câmara de Vereadores de Coroatá aprovou no último dia 03 o Projeto de Lei nº 027/2015, de autoria da prefeita Teresa Murad, criando concurso para 302 vagas. Ao todo, são 22 cargos contra apenas 16 da Prefeitura de Codó. Em Coroatá, os salários para as demais categorias variam de R$ 1.500,00 a R$ 6.000,00. A maioria está fixado em R$ 3.000,00.

Teresa Murad ressaltou a necessidade de eficiência no serviço público, quando busca a adequação e valorização do funcionalismo. Veja o quadro de vagas apresentado pela prefeita.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Andréa Murad contesta rito dominador do Governo sobre Assembleia Legislativa

   Foto/Divulgação
Por ANDRÉA MURAD - Não participarei mais de votações de matérias que não são submetidas ao rito previsto no Regimento Interno da Assembleia. Votações atropelando o RI, sem discussão, com pareceres verbais em plenário, passando por cima das comissões técnicas, local dos debates e discussões antes do voto em plenário, eu não participarei como forma de protesto.

Não aceitarei ser pega de surpresa por vontade do governo e por isso adotarei essa nova postura de não participar de votações fora do previsto no RI e os outros deputados deveriam fazer o mesmo, pois de outra forma estão jogando no lixo o Regimento no qual deveriam seguir. A votação do próprio orçamento do Estado, sequer, foi publicado no diário oficial e ainda aprovaram antes que as nossas emendas recebessem o parecer da Comissão de Orçamento. Atitude vergonhosa da Assembleia Legislativa do Maranhão e mais vergonhoso ainda são os deputados se submeterem a esse tipo de prática.

O domínio absoluto de Flávio Dino sobre o presidente da Assembleia, a quem respeito e sei que tem tentado ajudar os deputados contra a intransigência do governador - em vão diga-se de passagem - e o seu poder monárquico sobre a vontade dos deputados que o apoiam e que formam uma maioria de mais de dois terços dos deputados, transformaram o Poder Legislativo em mero apêndice do Executivo, tal qual uma secretaria de estado.

Exemplos dessa dependência são claros e de fácil percepção:
- o governador não permite que seus projetos tramitem normalmente conforme previsto no Regimento Interno para evitar o debate e a exposição de suas propostas, que muitas vezes são prejudicais ao nosso povo (como exemplo aumento de impostos etc.);
- os projetos de sua autoria são votados a toque de caixa, com pareceres em plenário e sempre sem respeito aos prazos e às condições necessárias para votação da matéria constante da ordem do dia;

O fato é que quando o interesse é do governador, a maioria e o presidente da Assembleia viram instrumento do desejo dele. Por fim, o mais clássico exemplo da dominação: a emenda impositiva. Deputados contra suas próprias prerrogativas. Lamentável!
_________
*Dep. Estadual Andréa Murad (PMDB)

Decreto firma o expediente da Prefeitura de Coroatá

Prefeita Teresa Murad segue valorizando classe estudantil coroataense

   Foto: Ronny Sales/Asscom PMC
Por CARLOS FILHO - A prefeita Teresa Murad continua prestigiando os formandos da Rede Pública de Ensino Municipal. Desta vez participou da colação de grau dos alunos do 9º ano das escolas Complexo Educacional do Ensino Fundamental, Novo Areal I, Tresidela I, Maçaranduba I, Polo Tatajuba e Polo Paraíso. A festa aconteceu na noite da última sexta-feira, 18, na Academia Pública de Saúde de Coroatá. Mais de 300 alunos receberam a certificação.

- Nós do Poder Público temos o dever de incentivá-los e essa festa vem como reconhecimento pelo esforço de cada um deles. Estão todos de parabéns, desde a organização da festa... Vamos fazer torcida para que daqui saiam futuros doutores e doutoras - disse a Prefeita.

Com a prefeita também estavam os vereadores Ribamaia (PSC) e Josean Veras (PSC), os secretários de Educação e Comunicação, Josias Silva e Fábbio Frazão, além de técnicos da Educação e do professor Reginaldo Jansen, presidente do SIPROEM – Sindicato dos Professores do Ensino Municipal. Com informações da Asscom PMC

Flávio Dino abra o olho: Assédio sexual campeia no Macrorregional de Coroatá

   Imagens: Autor desconhecido
Uma barbárie! Um absurdo! E tudo nas barbas do Governo Estadual, do governador "comunista" Flávio Dino, do grupo G10, dos vereadores oposicionistas de Coroatá e de todos os apoiadores do grupo majoritário do PCdoB que domina o Maranhão em situação sem precedentes, principalmente, no campo do setor Saúde.

Pasmem, uma grave denúncia de assédio sexual partir de uma professora que leciona no povoado Macaúba, paciente internada em uma das enfermarias do Hospital Macrorregional Alexandre Mamede Trovão. Trata-se de Francisca Santos da Conceição, esposa do empresário Devaldo Costa, conhecido pela alcunha de "Mata Rato". Depois de tanto rechaçar as investidas criminosas, ela informou ao seu marido que há dias vinha sendo molestada, sofrendo assédio sexual por parte de um técnico de enfermagem, habitante do município de São Mateus.

Foi denunciado que o tarado perguntava sempre se ela tinha Whatsapp, se o marido era ciumento. Sempre tocava os braços e as pernas da professora. O técnico tarado continuou o seu intento até que na manhã desta segunda-feira, 21, a prática inaceitável teve cabo com agressões e danos ao patrimônio público.

O empresário se dirigiu ao hospital para reclamar à Direção; mas, ao chegar naquela casa de saúde, encontrou o próprio algoz na portaria. Tomou as dores e agiu contra o funcionário aplicando-o um forte soco no rosto. O técnico socorreu-se nas dependências de uma enfermaria infantil, causando transtornos e pânico sobre os demais pacientes internados. O empresário, também transtornado, quebrou uma porta de vidro temperado do Hospital. O empresário encontra-se preso.

A professora sofreu acidente automobilístico no último dia 24 de novembro e teve que ser internada para tratamento em uma das pernas. Veja abaixo, imagens de autor desconhecido, do início da confusão que durou até a chegada de uma viatura da Polícia Militar.


   Imagens: Autor desconhecido

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Grupo G10 emporcalha Governo de Flávio Dino em Coroatá

Internautas disseminam a "sujeira" do Macro
COLUNA ALFINETANDO - É a “Mudança” chegou mesmo no Maranhão. O Governo Flávio Dino trouxe com ele a experiência de muitos parceiros expert na função corrupção e vai ser difícil, quando o “comunista” acordar, para resolver os imbróglios e se livrar da pecha e marca construídas em torno de seu desgoverno. Um exemplo está escrito na testa e quase todos os seus seguidores no município de Coroatá sabem do sumiço de uma documentação que confronta o pagamento ilícito de funcionário por serviços fictícios [...]

Depois de inúmeras denúncias advindas do processo de desmantelo do Programa Saúde É Vida, onde a única vítima, em Coroatá, simplesmente fora a população, inclusive da Região, os “comunistas” e seus representantes nativos (o grupo G10) seguem caladinhos frente às barbaridades registradas no Hospital Macrorregional Alexandre Mamede Trovão, como os casos de várias mortes por falta de oxigênio, das transferências de funcionários, das demissões de diretores.

DOCUMENTAÇÃO

Agora, como se não bastassem as mais recentes denúncias disseminadas na Internet, fazendo referência à tida “Máfia dos Plantões” e suas extensões, eis que emerge dos corredores “sujos” daquele hospital a mais nova vagabundice – o sumiço de uma documentação que confronta o pagamento ilícito de funcionário por serviços fictícios. O caso requer medidas severas do Governo, como a demissão dos envolvidos e a justa devolução dos recursos desviados.

Obviamente, o tempo da autofagia já chegou no Macro. É tempo do homem nutrir-se da própria carne, trata-se da autodestruição da célula Dinista. É “comunista” comendo “comunista”. Será que tudo isso tem haver com a “Mulher do Jaleco” ¿

Teresa Murad dá exemplo de gestão. Na crise, divulga pacote econômico e ainda paga 13º e abono

   Foto: Ronny Sales/Asscom PMC
Diante da crise econômica que atinge o País, com sérios danos a vários municípios que já chegaram à medida extrema de atraso e fracionamento de salários, a prefeita de Coroatá Teresa Murad (PMDB) acaba de divulgar nota oficial [Leia aqui] por demais positiva para o conjunto do funcionalismo público. Mesmo com a queda acentuada na arrecadação, como ocorre com a baixa dos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), e ao contrário de uma forte especulação de cortes na folha, Teresa Murad decidiu manter os vencimentos dos servidores sem qualquer redução. Bem longe do que esperava a oposição, o Município continua com a marca da valorização do trabalhador com pagamento da folha em dia. Paga nesta sexta-feira, 18, de forma antecipada, o 13º salário e o abono dos educadores na próxima terça-feira, dia 22. A prefeita, contudo, lançou um pacote de medidas de contenção de gastos.

A prefeita, reunida com o secretariado e imprensa, anunciou um pacote de medidas de contenção de despesas, do custeio da máquina pública, para evitar colapso. A Administração irá economizar, a partir do dia 01 de janeiro, com a redução do tempo de expediente para turno único das 7:00 às 13:00. A prefeita ainda publicará decretos sobre as medidas. O atendimento dos serviços essenciais não será prejudicado. Na área da Saúde, o Centro de Especialidades Médicas (CEM) irá funcionar em regime integral. Os postos de saúde seguirão o turno único proposto.

Teresa Murad ressaltou a crise por que passa inclusive municípios mais ricos como dos estados do Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, onde tomaram medidas drásticas. Segundo a Secretaria do Tesouro Nacional, as perdas em novembro último chegaram a R$ 100 milhões. No primeiro decênio de dezembro, o déficit ficou em 25,17%, considerando o ano base de 2014. Há uma previsão de que no próximo mês de janeiro de 2016 a queda da arrecadação fique em 17,2%.

OS CORTES

O réveillon está garantido. Mas haverá um corte geral envolvendo gastos com contratos de prestação de serviços e de fornecimento de materiais e bens de consumo num percentual máximo de 20% durante o ano de 2016. Também ficou proibido novas contratações de pessoal a não ser em casos excepcionais para preenchimento de funções essenciais por vaga aberta mesmo para os cargos de provimento comissionados. Além da suspensão de todos os gastos não essenciais ficando proibido apoios, patrocínios e participação em eventos culturais e esportivos enquanto durarem os efeitos da crise.

Portanto, entrou  no corte o consumo de telefonia celular, combustível, energia, diárias, aluguéis de imóveis, locação de veículos, cotas de patrocínios, etc. A frota ficará reduzida a 14 veículos. A prefeita avisou que irá fazer um esforço para manter os serviços de urbanização que terá, em um primeiro momento, ações pontuais em situações relevantes.

Teresa Murad adiantou que ainda haverá um estudo detalhado junto às secretarias para o apontamento quantitativo dos cortes em serviços administrativos, com exceção da frota de veículos cuja redução fora anunciada. Também está prevista uma análise do rendimento do quadro de pessoal.

O RESGATE DA CREDIBILIDADE

A prefeita, diante de grande expectativa, pronunciou-se lembrando, de início, da sua árdua tarefa de ter colocado as finanças do Município em dia. Na gestão anterior havia atrasos de salários que rondavam a casa de quatro, cinco meses. Havia pagamento da folha de forma fracionada, sem crédito em conta bancária.

- Nós fizemos um grande esforço para colocar o Município em ordem. Fizemos reformas de qualidade em todas as escolas, postos de saúde e em todos os órgãos da Administração. Adquirimos equipamentos novos, carteiras, fardamento escolar. Hoje seguimos o que está na Lei – frisou Teresa.

Medidas que entrarão em vigor a partir de 1º de janeiro de 2016:

- Horário corrido das 7 horas às 13 horas para o funcionamento da Prefeitura, excluídos os serviços essenciais e de natureza especial;
- Redução nos gastos com energia elétrica e telefone nos contratos de prestação de serviços e de fornecimento de materiais e bens de consumo num percentual máximo de 20% durante o ano de 2016;
- Proibição de novas contratações de pessoal a não ser em casos excepcionais para preenchimento de funções essenciais por vaga aberta mesmo para os cargos de provimento comissionados;
- Suspensão de todos os gastos não essenciais ficando proibido apoios, patrocínios e participação em eventos culturais e esportivos enquanto durarem os efeitos da crise...

Post atualizado em 18/12/2015, às 11:145, para acréscimo de informações

Prefeita de Coroatá divulga nota sobre crise financeira

   Foto/Divulgação - Asscom PMC
NOTA OFICIAL

Me dirijo hoje a todos vocês para falar da difícil situação que estamos passando por causa da crise econômica e política que o nosso país enfrenta.

As prefeituras de todo o Brasil e os governos estaduais, inclusive os mais ricos, estão à beira da insolvência com a queda da atividade econômica cada dia mais forte que provoca redução enorme na arrecadação. Aqui em Coroatá, vocês são testemunhas do meu esforço, resistimos o quanto podemos. A nossa responsabilidade com a aplicação dos recursos do município possibilitou atravessarmos todo o ano de 2015 sem sentir os efeitos da crise. Mas com o agravamento da situação e a projeção de que no ano de 2016 teremos talvez uma crise ainda mais forte, não resta outra alternativa que adotar medidas para proteger e garantir o funcionamento da administração municipal.

Realizamos um estudo minucioso do quadro econômico para definir o quanto a Prefeitura pode gastar e os cortes que precisarão ser feitos para proteger os mais pobres e resguardar os serviços essenciais. O importante nesse grave momento pelo qual passa o nosso país é que todos tenhamos um mesmo e único objetivo para que não se instale, meio a essa crise, "um salve-se quem puder". Precisamos da contribuição de todos para que Coroatá não fique igual a milhares de municípios que simplesmente perderam a capacidade de pagar seus funcionários e de prestar os serviços essenciais à população.

Desde que assumi a prefeitura, naquela situação de catástrofe e destruição, venho mantendo todos os compromissos que fiz a vocês durante as eleições. Como prefeita e líder da administração, focamos em medidas que se resumem a um ponto central: não podemos gastar mais do que temos e será preciso cortar gastos para preservar o que é essencial. Não serão cortes improvisados como também não serão definitivos, apenas enquanto durar a crise que esperamos findar no próximo ano, quando o país deverá voltar a crescer.

O desajuste no orçamento municipal, provocado pela queda de arrecadação é tão grande e crescente , que é imperativo um acordo com os credores e prestadores de serviços do município. A única saída para diminuir as perdas é a negociação em torno de uma proposta que se fundamenta na necessidade de se atravessar o ano de 2016 com o menor custo possível, sabendo-se que todos terão que dar a sua parcela de contribuição, preservando assim o essencial. O mais grave dessa crise que o Brasil atravessa é que ela chega aos municípios sem que nada possamos fazer. O desajuste vem de cima e de forma implacável atinge principalmente os mais fracos.

Escolhi cortar tudo o que menos atinge os mais pobres, preservando o emprego e o salário pago em dia dos nossos funcionários. Para isso, determinamos as seguintes medidas que entrarão em vigor a partir de 1º de janeiro de 2016:

- horário corrido das 7 horas às 13 horas para o funcionamento da Prefeitura, excluídos os serviços essenciais e de natureza especial;
- redução nos gastos com energia elétrica e telefone nos contratos de prestação de serviços e de fornecimento de materiais e bens de consumo num percentual máximo de 20% durante o ano de 2016;
- Proibição de novas contratações de pessoal a não ser em casos excepcionais para preenchimento de funções essenciais por vaga aberta mesmo para os cargos de provimento comissionados;
- Suspensão de todos os gastos não essenciais ficando proibido apoios, patrocínios e participação em eventos culturais e esportivos enquanto durarem os efeitos da crise;

Todas essas medidas e outras que serão anunciadas oportunamente visam garantir uma travessia segura por todo o ano de 2016, mantendo o nosso município numa situação de equilíbrio, preservando o emprego, o salário e a capacidade de pagar em dia suas obrigações, fruto do nosso compromisso em manter a administração com responsabilidade.

Anuncio para amanhã o pagamento do décimo terceiro salário e o pagamento do abono a todos os nossos professores assim como o salário de dezembro antes das festas de final do ano, portanto ,dentro do mês trabalhado como fiz durante todo o meu mandato. Fica o procurador Geral do Município encarregado de coordenar e executar juntamente com os demais secretários municipais as medidas anunciadas.

Que Deus abençoe a todos e nos dê força e sabedoria para enfrentar esse tempo de crise.

Maria Teresa Trovão Murad
Prefeita de Coroatá

Decreto firma o expediente da Prefeitura de Coroatá

DECRETO Nº 165/2015

Coroatá (MA), 03 de dezembro de 2015

A PREFEITA MUNICIPAL DE COROATÁ, Estado do Maranhão, no uso das atribuições conferidas pela Constituição Federal e Lei Orgânica Municipal,

DECRETA:

Art. 1º. Ficam determinados os PONTOS FACULTATIVOS em função das festividades do Natal e Ano Novo, nas unidades organizacionais da Prefeitura Municipal de Coroatá, excluídos os serviços essenciais que funcionarão normalmente, da seguinte forma:

24/12/2015 - PONTO FACULTATIVO
25/12/2015 - Feriado Nacional - NATAL;
31/12/2015 - PONTO FACULTATIVO;
01/01/2015 - Feriado Nacional - DIA MUNDIAL DA PAZ;

Art. 2º. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 3º. Revogam-se as disposições em contrário.

Gabinete da Prefeita Municipal de Coroatá, Estado do Maranhão, aos três dias do mês de dezembro do ano de dois mil e quinze.

MARIA TERESA TROVÃO MURAD
Prefeita Municipal

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

MEDICAMENTOS: Governo Flávio Dino abandonou Codó em 2015

Por ACÉLIO TRINDADE - O governador Flávio Dino não vem sendo amigo da população de Codó no que concerne à mandar verba para complementar a compra de medicamentos a serem usados e distribuídos nos serviços da atenção básica de saúde do município. A revelação foi feita ontem, 16, pelo próprio secretário de saúde de Codó, Ricardo Torres, na audiência pública de prestação de contas de sua Secretaria na Câmara Municipal.

Inicialmente Torres explicou, em entrevista à imprensa, que os governos federal e estadual têm responsabilidades a cumprir neste sentido. - O Fluxo de medicação e materiais no hospital é semanal, não é nem mensal. O que acontece, nós temos a obrigação do governo Federal repassar recursos para medicamentos, nós temos a obrigação do Estado do Maranhão também repassar - disse

ESTADO ENVIOU NADA EM 2015

Na sequência de sua fala explicou que o governo Federal há 2 meses não envia a verba, já o governo de Flávio Dino nunca mandou uma vez sequer a sua parte durante todo o ano de 2015.

- O Estado, por exemplo, não repassa, não repassa, pelo menos em 2015 nós não temos registro de nenhum repasse financeiro de verba pra medicação. O Governo Federal já a cerca de 2 meses não repassa a parte da Atenção Básica - afirmou

O secretário municipal também falou dos efeitos da ausência desses repasses no cotidiano dos serviços prestados na Farmácia Básica e até no Hospital Geral Municipal.

- (…) Então, o que isso significa, o município tem que arcar com mais recursos porque os outros entes deixam de cumprir suas responsabilidades, o município tem que arcar com isso só que num ambiente de crise como nós sabemos que todo o país vive, o município é o mais afetado com tudo isso, então o município faz o que pode, sempre compra, por exemplo, hoje tá chegando um carregamento de medicação no HGM, sexta-feira ou sábado chega outro carregamento, mas são carregamentos que pelo fluxo do hospital isso não deve durar mais do que 4 ou 5 dias, considerando o volume de procedimentos - disse.

OUÇA A ENTREVISTA: AQUI

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Prefeita Teresa Murad mantém participação em formaturas na Zona Rural

   Foto: Ronny Sales/Asscom PMC
Desta vez a prefeita Teresa Murad (PMDB) esteve nos povoados Taboca e Alto Alegre dos Maranhenses. Prestigiou, na noite desta terça-feira, 15, os formandos do 9º ano da Escola Municipal Alto Alegre dos Maranhenses. Uma organização da Secretaria de Educação e direção da escola, comandada pelo gestor Roberto Gama.

A prefeita Teresa Murad, acompanhada da equipe da Educação e do secretário Raimundo Josias, foi ao largo, em frente à escola, e compôs a mesa de honra que contou com a presença do vereador César Trovão, presidente da Câmara Municipal. Em seguida, houve a entrega dos certificados, e as autoridades fizeram parte do momento da valsa com os alunos.

- Me orgulho de tudo que estou vendo hoje aqui, vocês são futuros engenheiros, médicos, advogados, administradores, professores, enfim, estão seguindo os passos corretos para um grande futuro, e me orgulho de todo esforço estar sendo empreendido nesse governo que pertence a todos nós - disse a prefeita em seu discurso.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Deputada Andréa Murad desabafa

   Imagem: Reprodução do Facebook/Dep. Andréa Murad

A decepção em relação à presidente Dilma Rousseff e governador do MA Flávio Dino


Por ANDRÉA MURAD Na política e na vida de quem exerce o mandato em nome e no interesse daqueles que confiaram em nós, existem momentos que precisamos avaliar, pensar e decidir em função do que realmente conta. Decidir em favor daqueles que esperam de nós seriedade, coerência e responsabilidade. Nas eleições 2014, acredito que não houve no Brasil inteiro, lideranças políticas que mais se empenharam por cada voto para a presidente Dilma. A maioria de nós percorreu este estado, transmitindo cada palavra, cada compromisso e ninguém foi mais dedicado do que o Maranhão para que a presidente continuasse no comando do nosso país. Todos nós acreditamos em cada palavra, em cada promessa, e aos poucos fomos colhendo os frutos de nossa postura fiel, leal, que mais uma vez garantiu a sua vitória. Possivelmente fui, perante muitos, palavra e penhor de compromissos que Dilma Rousseff assumiu e não cumpriu; possivelmente fui, aos olhos de tantos, palavra e penhor de promessas que mais tarde se revelaram falsas e de palavras que sabemos hoje ocas. Tal como eu, muitos depositaram a sua confiança na presidente Dilma, acreditando no cumprimento de suas promessas perante o povo do Maranhão.


Mas a governabilidade foi desequilibrando, a nossa economia despencando e muitas de nossas promessas começaram a ruir porque as decisões foram se afastando dos interesses do povo. Quem ainda lembra da nossa refinaria? Abandonada! Vimos o sonho desse grande empreendimento ruir junto com os planos de milhares de moradores, empresários e até estudantes que se preparavam para o funcionamento do grande empreendimento. A BR-135 está aí, obras em três etapas e a primeira sequer foi concluída, enquanto as mortes na BR continuam. São obras de grande porte até o pequeno produtor. Quem conhece bem o que é administrar uma prefeitura, sabe da escassez dos recursos para os municípios, do atraso de vários repasses prejudicando centenas delas, que tinham suas obras e reformas já programadas, prometidas ao seu povo, e dia após dia adiadas por causa do caos instalado.

Mas na política, tal como na vida, existe um momento em que temos de dizer “basta!”. Os maranhenses já começaram, não apenas ao governo Dilma, mas também ao governo Dino, o governador eleito com apoio dos tucanos e hoje defensor da presidente. Ele, assim como a presidente, desastrosamente vem demandando uma série de ações que colocam mais ainda nosso estado na penumbra. Nunca se viu em tão pouco tempo, um governador em início de mandato tão ruim na história do Maranhão. A suspensão das obras financiadas pelo BNDES, hospitais deixados pela metade porque Flávio Dino redefiniu suas prioridades. Fim da manutenção dos hospitais de 20 leitos. Descaso na gestão da saúde pública, totalmente debilitada pela incompetência e o uso de sua estrutura para fins eleitoreiros. E mais, enquanto Dilma não consegue ampliar o número de Upas como prometeu, aqui Flávio Dino sequer consegue manter as que deixamos. Enquanto Dilma não consegue ampliar o ensino de tempo integral, aqui Flávio Dino vai transformar a única escola desse porte em IEMA. Dilma prometeu criar mais centros de especialidades médicas, mas aqui Flávio Dino está fechando os centros que deixamos, como os ambulatórios, despachando pacientes e médicos, tornando a saúde caótica.

Passado um ano, não só nada mudou, como tudo piorou. Razão mais do que suficiente para colocar fim ao compromisso que eu, acreditando em falsas promessas e palavras ocas, tinha assumido de acordo com minha consciência e acreditando que a reeleição da presidente Dilma seria sinônimo de progresso e desenvolvimento para nosso estado. A decepção é maior porque o povo não só confiou em Dilma como confiou em Flávio Dino. Agora são populações inteiras desiludidas com as mudanças e melhorias que tanto pregaram durante suas campanhas. O Flávio Dino de Aécio Neves ano passado, caminha hoje ao lado de Dilma. Mas eu, deputada Andrea Murad, quem vocês viram caminhar com Dilma ano passado e esperançosa como todo maranhense, agora caminha única e exclusivamente ao lado do povo, ontem, hoje, amanhã e sempre.

Portanto, com ou sem impeachment, com ou sem Dilma no governo, precisamos dar um basta nesta crise que assola o Brasil e toma conta do Maranhão.

domingo, 13 de dezembro de 2015

Prefeitura de Coroatá anunciará medidas para combater crise financeira

   Foto: Asscom PMC
A prefeita de Coroatá Teresa Murad vai reunir o secretariado no dia 17 de dezembro, próxima quinta-feira, para anunciar as medidas que serão adotadas por causa da crise financeira do município, provocada pelo caos econômico que se instalou no país. A decisão foi tomada após reunião com os técnicos da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão que demonstraram a crítica situação da receita que poderá comprometer até os serviços essenciais se medidas de contenção de despesas não forem tomadas imediatamente.

A prefeita disse que não há perspectiva de melhora na arrecadação para o próximo ano, muito pelo contrário, a projeção é de piora da crise econômica agravada pela crise política que se instalou no Brasil com o processo de impeachment que sofre a presidente da República, Dilma Rousseff.

- As prefeituras de todo o País estão para fechar as portas, com seus prefeitos e prefeitas desesperados sem ter condições de manter os serviços funcionando e o funcionalismo recebendo salários. A mesma coisa está acontecendo com os governos estaduais, muitos em situação de falência sem condições de manter a máquina pública em atividade. O governador do Rio de Janeiro, o segundo estado mais rico do Brasil, anunciou redução no próprio salário para demonstrar a gravidade da crise econômica que o país enfrenta - explicou a prefeita Teresa Murad.

OS CORTES

Nos últimos dois meses, o Município enfrentou dificuldades para pagar seus funcionários dentro dos dias programados e também as despesas para manter os serviços essenciais que já registram déficits mensais. Os cortes nas despesas de custeio serão praticados a partir de 1 de janeiro, atingindo principalmente despesas não essenciais e mesmo as essenciais poderão ser objeto de cortes em percentual menor.

Será necessário reduzir as despesas com pessoal, suspender gratificações, diminuir uso de celulares funcionais,  reduzir o consumo de energia, rever contratos de prestação de serviços, aluguéis, locação de veículos, além de outras despesas para cobrir o déficit entre a receita e a despesa decorrente da queda de arrecadação. Isso vem se verificando ao longo desse ano de 2015 e a perspectiva de piora para o ano de 2016.

A prefeita informou que irá fazer o esforço que for preciso e que tomará todas as medidas necessárias para manter o equilíbrio fiscal ao fazer essa travessia entre 2015 e 2016.

- As receitas estão caindo muito e o recolhimento de impostos está em queda crescente e não há outra alternativa, até que o país volte a crescer, senão reduzir as nossas despesas de custeio para manter funcionando os serviços essenciais e pagar o funcionalismo em dia. Vamos reduzir ao máximo os prejuízos decorrentes dessa crise econômica que está infelicitando a vida dos brasileiros principalmente dos mais necessitados - frisou a prefeita. Informações da Asscom PMC

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Ricardo Murad fala sobre oportunismo de Flávio Dino

   Reprodução/Facebook Ricardo Murad
CRISE ECONÔMICA, CRISE POLÍTICA, IMPEACHMENT E O OPORTUNISMO DE FLÁVIO DINO...

Por RICARDO MURAD - Para infelicidade do povo maranhense, o governador Flávio Dino dá provas a cada dia que sua única meta é o poder. Independente do custo e fazendo o que for necessário para alcançá-lo. Não existem barreiras éticas ou morais suficientes que contenham os anseios totalitários do governador. E quem diz isso não sou eu, são os fatos.

Como não teve apoio do PT nas eleições do ano passado, Flávio Dino apoiou o senador Aécio Neves para presidente como forma de obter o apoio do PSDB. Jurou por várias vezes trazer para seu governo a experiência exitosa dos tucanos em Minas Gerais. Por não confiar em Flávio, Dilma e Lula preferiram apoiar Roseana. Minutos após saber do resultado das eleições que o elegeram governador, Flávio Dino sequer esperou o "defunto esfriar" e imediatamente, com a cara mais cínica, vestiu a camisa do PT e disse que iria apoiar Dilma e o PT. Tudo isso como se nada tivesse acontecido. Mesmo assim, a desconfiança de Lula e Dilma impediram que o cinismo triunfasse. E por longos e longos meses Flávio Dino pegou um “chá de cadeira”.

Com a crise, Flávio vestiu a armadura de defensor de Dilma e começou a gritar: “Olhem para mim, eu estou aqui”. Como em momentos de crise não se nega apoio, mesmo que venha de uma pessoa não confiável, Flávio conseguiu o seu “lugar ao sol”. E Aécio, aquele bom administrador que ajudaria a inspirar o governo de Flávio e lhe deu apoio nas eleições de 2014, virou golpista.

Flávio Dino não tem o dom da política, basta ver a insatisfação de suas bases com menos de um ano de governo. Flávio Dino não tem carisma, basta constatar sua fama de prepotente e arrogante. Flávio Dino não tem popularidade, basta que lembremos as vaias recentes em Lago da Pedra. E Flávio Dino também não tem seguidores! Basta verificar que seu governo é baseado na dominação e na subjugação das pessoas pelo aparelhamento estatal comandado por ele. Quem não o conhece e o vê empunhando a Constituição do Brasil, em defesa da presidente Dilma, afirmando que é golpe o impeachment, pode até se enganar por algum tempo. Mas, um olhar aprofundado na história do próprio Flávio Dino destrói qualquer imagem de “bom moço”. Quem é Flávio Dino para falar de golpe? Logo ele que processou e tentou tomar TODOS OS MANDATOS de pessoas que o derrotaram nas eleições de prefeito e governador que participou? Sempre que era derrotado, recorria aos tribunais.

Na verdade estamos diante de um aproveitador, o homem sem alma e sem moral, um cínico que apenas busca para si todos os instrumentos de poder para viabilizar o seu projeto de hegemonia política. E chega a ser patético o seu devaneio. Sim, meus amigos e amigas, Flávio Dino sonha em ser presidente da República. Pouco importa se o país está em farrapos, se a economia entra em colapso, se a presidente traiu o seu povo, se enganou seus eleitores com promessas matematicamente feitas pelos marqueteiros apenas para ganhar a eleição e logo em seguida abandonadas. Para Flávio Dino a única coisa que importa é o poder. Para ele não interessa a opinião dos maranhenses em relação à presidente Dilma. Não quer sequer ter o trabalho de saber o que pensa a sua gente. Decidiu ser o paladino da "democracia contra o golpe" mesmo que isso signifique massacrar o povo do Maranhão e do Brasil!

Esse é o Flávio Dino que votou no Aécio e a ele jurou amor eterno, e agora está aliançado com Dilma num projeto para afundar o Brasil. Eu não votei nessa Dilma de hoje. Votei em outra que desapareceu logo após a campanha para se transformar numa pessoa completamente diferente daquela que tantas esperanças plantou. Sou como a esmagadora maioria dos brasileiros, mais de 70%, que hoje estão decepcionados, frustrados e querendo novos caminhos.

Por isso, diferentemente de Flávio Dino, eu opto por permanecer ao lado do povo, lutando com ele e longe daqueles que quando assumem o governo viram as costas para quem os elegeu como é o caso de Dilma e Flávio.

Prefeita Teresa Murad participa de Festival de Gêneros Textuais

   Foto: Ronny Sales/Asscom PMC
O Festival aconteceu na Escola Municipal Tresidela I, Anexo I, que fica no Residencial Dom Reinaldo, onde crianças encenaram uma peça que fazia referência à passagem bíblica do Bom Samaritano. Outro grupo de alunos apresentou o musical “A Bela e a Fera”, todos vestidos à caráter e com uma coreografia perfeita. À tarde de ontem, 10, foi a vez da escola do bairro dos Americanos no antigo Joaquim Borges. Além das apresentações, estavam disponíveis também estandes que traziam brincadeiras para incentivo da leitura. Uma garotinha fez a coreografia da Frozen, fazendo referência à leitura dos contos infantis. Teve até um festival de piadas das crianças da Turma do Humor.

No encerramento, a prefeita Teresa Murad assistiu de perto as apresentações das crianças e pôde ver o quanto o trabalho desenvolvido em sua administração tem rendido frutos, em seu discurso ela se emocionou e falou o quanto a leitura fez parte do seu desenvolvimento e de seus irmãos quando crianças.

- Fazer com que essas crianças se entreguem à leitura é construir caráter e ética na vida de cada um desses pequenos. O mundo da leitura é capaz de fazer coisas incríveis com as crianças. Fico feliz de poder ver o quanto nossos esforços por uma boa educação têm trazido frutos - disse a prefeita.

Educação, segundo a prefeita, é uma das áreas mais valorizadas do seu governo em Coroatá. O Centro de Educação Integrada (CEI) é um grande exemplo. A escola foi criada para auxiliar alunos que têm dificuldades com leitura, escrita e interpretação. Também estão incluídos aqueles alunos que acham dificuldades com cálculos. Com informações da Asscom PMC

Coroatá tem o Dia "D" contra o HIV com atividades em vários pontos

   Foto: Ronny Sales/Asscom PMC
Foi na última quarta-feira, 09, o Dia “D”, do “Fique Sabendo” ou “Dezembro Vermelho” como está sendo identificada a campanha de prevenção contra o HIV. O evento foi organizado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e todos os postos de saúde estiveram abertos durante todo dia fazendo testes rápido de HIV, Sífilis e Hepatite. A campanha vai continuar até o final de dezembro, procure o posto de saúde mais próximo.

Até o Centro de Testagem e Acolhimento (CTA) esteve aberto à noite para atender pessoas impedidas de ir buscar o atendimento durante o dia. No posto de saúde do bairro Maçaranduba muita gente se fez presente. O posto de saúde do bairro Areal, além de abrir suas portas para o atendimento, realizou uma ação no Povoado Flor do Dia. Lá  foi ministrada palestra sobre saúde bucal, pela odontóloga Fernanda Rios. Houve distribuição de preservativos e consultas médicas. Com informações da Asscom PMC

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Povoado Tatajuba, Zona Rural de Coroatá, ganha iluminação pública

   Foto: Ronny Sales/Asscom PMC
Depois de uma década de espera o povoado Tatajuba, Zona Rural de Coroatá, ganhou sua tão sonhada iluminação pública. Os moradores teriam oficializado um pedido ainda no ano de 2005 para a Prefeitura Municipal e, ao saber da existência do pedido, a prefeita Teresa Murad determinou ao Departamento de Iluminação Pública (DIP) a instalação de 20 kits de iluminação nos postes da localidade.

Os moradores estavam tão contentes com a conquista, que chegaram a comemorar com foguetes. A partir de agora o povoado faz parte de uma lista enorme de povoados do Município que foram beneficiados com a instalação de luminárias. A prefeita priorizou povoados com grande número de habitantes e que precisavam urgentemente de iluminação.

Segundo o coordenador do DIP Jardel Louzeiros, a meta é que a iluminação chegue a todos os povoados que tenham uma organização parecida com a organização urbana, que sejam divididos em ruas e travessas. Além dos povoados, bairros que nunca tiveram iluminação também estão recebendo os kits. Com informações da Asscom PMC

Governador "comunista" Flávio Dino abandona Batalhão de Polícia de Codó

Atenção governador Flávio Dino: o 17° Batalhão da Polícia de Codó está para fechar as portas

Do Blog de Leandro de SáNão dá mais para estar tentando tapar o sol com a peneira, e muito menos estar colocando a culpa no governo passado, afinal quem é governador agora é Flávio Dino e não mais Roseana Sarney. Portanto, Flávio Dino que é o responsável pelo Estado, ele é quem tem que arregaçar as mangas e fazer valer o mandato que o povo lhe deu.

DIFICULDADES PARA TRABALHAR

O comando da Polícia Militar de Codó está sofrendo as consequências das mãos pesadas do governador Flávio Dino. O governo cortou a verba que era enviada todos os meses ao comando de Codó. Nos meses de novembro e dezembro o Governo do Maranhão não enviou um centavo para Codó, e sendo assim o comandante fica de mãos atadas sem poder fazer nada, nem mesmo o conserto de uma viatura, que por ventura venha a quebrar. O comandante não dispõe de recursos para serviços básicos do dia a dia do batalhão. Atualmente a cidade de Codó conta com 06 viaturas. Ou seja, uma cidade com 120 mil habitantes conta com essa quantidade de viaturas, sendo que nem todas estão funcionando. Outra grande dificuldade enfrentada pelo comando em Codó é com os policiais que são de outras cidades. Esses policiais estão tendo que tirar do próprio bolso para se alimentar, porque se depender do governo do estado todos eles terão que trabalhar sem comer. Não se faz segurança pública contendo gastos. Em outras áreas pode até ser, mas segurança pública jamais.

RECEBENDO AJUDA DE EMPRESÁRIOS

Chega a ser vergonhoso para o Governo do Maranhão a situação em que se encontra a segurança publica atualmente. Recentemente estive em conversa com um empresário amigo e que se solidarizou com a situação caótica da polícia em Codó, e fez a doação de alguns pneus para que fossem colocados nas viaturas da Polícia Militar no município. Muito louvável a atitude do empresário, mas vergonhoso para um governo que vive dizendo que a segurança publica melhorou. Isso não existe, isso é pura balela,isso é brincar com os policiais militares e ainda mais com a população maranhense.

GREVE DOS MILITARES

Hoje (09) vai acontecer agora pela manhã uma reunião no comando geral da PM em São Luís com todos os comandantes de unidades do interior. O assunto principal foi para saber como o governo vai se posicionar perante a uma nova greve que está prevista para acontecer no meio militar, mas isso é assunto para uma outra postagem, que já estamos levantando dados para fazer aqui no Blog do de Sá.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Prefeita Teresa Murad prestigia formaturas nos povoados Centro do Chico e Jiquirí

   Foto: Ronny Sales/Asscom PMC
Na última sexta-feira, 4, escolas da Rede Municipal de Ensino promoveram a formatura dos seus alunos. O fornecimento dos diplomas de conclusão de cursos aconteceu primeiramente na Escola Municipal do Centro do Chico. As crianças, vestidas a caráter, receberam o título de “Doutores do ABC”. A prefeita Teresa Murad entregou o primeiro diploma da escola.

- Esse é o caminho para nossos pequeninos, uma educação de qualidade faz nascer grandes homens, grandes mulheres, grandes cidadãos. A cada formatura que participo me emociono em saber que é através do nosso Governo que estamos fazendo uma verdadeira revolução na Educação de nossa cidade - disse a prefeita.

No povoado Jiquirí aconteceu a culminância do Projeto Bem Estar e Qualidade de Vida – projeto desenvolvido por alunos que integram a Rede Municipal de Ensino, na modalidade EJA – Educação para Jovens e Adultos. Ao todo foram diplomados alunos das escolas do Jiquirí, Top de Pedra, Nogueira e Tresidela I Anexo I. Com informações da Asscom PMC

sábado, 5 de dezembro de 2015

Espaço Cidade consagra Coroatá referência em produções artísticas

Mais uma vez a maior casa de show da Região dos Cocais obtém sucesso de público nesta sexta-feira, 04. O Show do Ano teve uma multidão tomando conta das dependências do Espaço Cidade. Cerca de 3,5 mil pessoas. A festa realizada em um lugar seguro, amplo, confortável e higiênico, com estacionamento privativo, começou com a apresentação de uma das maiores cantoras de Forró do Brasil, a Mara Pavanelly, ex-vocalista da banda Furacão do Forró. Em seguida foi a vez dele, o considerado o Rei do Forró, Toca do Vale. No encerrando, Tony Guerra e Forró Sacode levaram o público ao êxtase. Segundo a organização, foi uma noite inesquecível no consagrado Espaço Cidade que já é considerado como ponto de referência de grandes produções artísticas. Cobertura em vídeo de Fábbio Frazão/Fotos de Ronny Sales











Toca do Vale no Show do Ano no Espaço Cidade

Foto: Ronny Sales
Mais uma vez a maior casa de show da Região dos Cocais obtém sucesso de público nesta sexta-feira, 04. O Show do Ano. Veja show do Rei do Forró, Toca do Vale. Cobertura em vídeo de Fábbio Frazão/Fotos de Ronny Sales.

Tony Guerra e Forró Sacode no Show do Ano no Espaço Cidade

Reprodução/Vídeo-Fábbio Frazão
Mais uma vez a maior casa de show da Região dos Cocais obtém sucesso de público nesta sexta-feira, 04. O Show do Ano. Veja show de Tony Guerra e Forró Sacode que levaram o público ao êxtase. Cobertura em vídeo de Fábbio Frazão/Fotos de Ronny Sales

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Aprovado. Prefeita Teresa Murad fará concurso público em Coroatá

   Foto: Ronny Sales/Asscom PMC
Na última Sessão da Câmara de Vereadores de Coroatá, registrada nesta quinta-feira, 03, a prefeita Teresa Murad (PMDB) deu nova demonstração de um exercício comprometido com o princípio da austeridade. Ela conseguiu, pautada à rigor no Orçamento Público, aprovação de Projeto de Lei importante, criando concurso para 302 vagas no Poder Municipal. Apenas com quatro votos contra, a maioria no Plenário manteve veto da chefe do Executivo à primeira votação, rejeitando emendas onerosas da Oposição.

A Prefeita Teresa Murad enviou na semana passada o Projeto de Lei nº 027/2015 que recebeu duas Emendas do vereador Raimundo Diogo (PT). Na primeira, o petista sugeriu aumento do número de vagas para mais 21 cargos efetivos no quadro de pessoal, sem a devida justificativa financeira. Argumentou também na emenda incongruente que as referidas vagas deveriam contemplar querelantes com causa judicial. A Emenda incipiente caiu no vazio pois vinculou suposta vitoria jurídica de exonerados por justa causa. Restou à prefeita o veto.

Em um segundo momento, sem a observância de critérios específicos e orçamentários, de dotações próprias do Orçamento, foi solicitada acréscimo salarial aos cargos de Agente de Trânsito e Técnico Agrícola, elevando o salário base das categorias ao valor de R$ 1.500,00. Contudo, para seguir a responsabilidade fiscal, a Lei do Concurso determinou os limites do Município na empreitada, apontando ainda que até o provimento dos cargos se dará de forma gradual.

A bancada de Governo acompanhou o propósito da prefeita. Na Sessão, assim o fizeram o líder de Governo, vereador Riba Maia (PSC), seguido pelo presidente do Legislativo, vereador César Trovão (PV), e pelos vereadores aliados Josean Veras (PSC) e Jocimar Pereira (PMDB). Foi lembrado que Teresa Murad ressaltou a eficiência no serviço público, quando busca a adequação e valorização do funcionalismo. Veja o quadro de vagas apresentado pela prefeita.