segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Andrea Murad encaminha ao Governo lista de obras com recursos do BNDES

   Dep. Andréa Murad na Tribuna/Foto: Nestor Bezerra
Após as declarações do presidente do BNDES, Luciano Coutinho, e do próprio Governo nos últimos dias, sobre as obras paralisadas no Maranhão, a deputada Andréa Murad (PMDB) encaminhou uma lista de obras executadas com recursos do BNDES e cobrou do governador Flávio Dino explicações sobre a suspensão das obras no Estado. Em discurso hoje na Assembleia Legislativa, a deputada disse que nem o próprio Governo conhece a realidade do que foi investido no Maranhão com os recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Social.

A lista das obras, veja AQUI
A lista dos municípios, veja AQUI

- Ele e Márcio Jerry estão impressionados com o número de 500. Então que provem que não são 500 obras. Tanto que é todo mundo dizendo que, no município tal, a estrada está paralisada; em outro, o CRAS e assim por diante. O governador recebeu obras licitadas, recebeu obras com recursos garantidos e por nenhum motivo essas obras poderiam estar paralisadas. Total de obras: 685. E o levantamento que recebemos é que existem mais de 500 obras paralisadas. Então, que o governador  prove, inclusive vou ter que dar a relação porque parece que ele não sabe. Vejam só, o governador não sabe nem as obras que estão paralisadas, que ele mesmo mandou paralisar. E explicar por que paralisou, por que suspendeu obras e por que não está concluindo o que recebeu - assinalou a peemedebista .

Nas redes sociais, o governador considerou a denúncia um "disparate" e ainda disse desconhecer a existência de mais de 500 obras paradas, mesmo com o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, declarando que "o novo governo assumiu, fez uma reavaliação, decidiu remanejar e replanejar”. A deputada demonstrou preocupação quanto ao grande número de obras suspensas, prejudicando o desenvolvimento do Estado.

- Eu quero saber se a adutora, que vai aliviar o sofrimento dos moradores de Miranda do Norte e Matões do Norte, se ele vai deixar paralisada a obra, porque o grande problema de Miranda do Norte é água. Esses hospitais ele já abandonou, várias escolas pelo Estado também, assim como vários CRAS, e ele acha que não tem obra paralisada. A verdade é que o seu ódio político está transformando o Maranhão em um cemitério de obras sem justificativa nenhuma - acrescentou a deputada. Da Assecom/ Dep. Andrea Murad



O ex-secretário de Estado da Saúde Ricardo Murad achou o discurso da deputada forte e objetivo. - ... Chamando o governador à responsabilidade... afirmando que Flávio Dino não sabe o que acontece no Governo.
_________________________________________
SERVIÇO:
Total de obras: 685
Sedinc - 4
Funac - 8
Sejap - 9
Caema - 37
SSP - 43
SES - 45
Seduc - 110
Sedes - 159
Sinfra - 270

sábado, 29 de agosto de 2015

Apesar de jogo movimentado, Macaé e Sampaio empatam no Moacyrzão

   Henrique, Macaé x Sampaio Corrêa (Foto: Tiago Ferreira / Macaé Esporte)
Por GloboEsporte.com/Macaé, RJ - Com missões distintas, mas com a necessidade da vitória para ficarem mais próximos dos seus objetivos, Macaé, que briga para sair da parte debaixo da tabela da Série B, e Sampaio Corrêa, que luta pelo G-4, fizeram um jogo movimentado no Moacyrzão, na tarde deste sábado. Apesar da busca pelo gol na maior parte do confronto, no entanto, as equipes não conseguiram ser eficientes em grande parte dos lances e empataram em 1 a 1, em um confronto válido pela 21ª rodada da competição. Fernando Neto marcou aos 36 minutos do primeiro tempo para o Leão, enquanto Pimentinha descontou para o Tubarão oito minutos depois.

Com o resultado, o Macaé chegou aos 25 pontos, mas perdeu duas posições na tabela de classificação e se aproximou do Z-4. Neste momento, a equipe aparece na 16ª colocação com dois pontos a mais que o Boa Esporte, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. O Alvianil Praiano, agora, aumentou o jejum de vitórias para nove jogos. O Sampaio Corrêa, por sua vez, com 35 pontos, perdeu uma posição e está em quinto. O time tem o mesmo número de pontos que o América-MG, quarto colocado, mas fica atrás por conta dos critérios de desempate.

Na próxima terça-feira o Sampaio Corrêa recebe o Mogi Mirim, no Estádio Castelão, às 20h30, pela 22ª rodada da Série B do Brasileirão. Um pouco mais tarde do mesmo dia, às 21h30, o Macaé vai até o José Liberatti encarar o Oeste.

Veja os gols:



sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Presidente do BNDES desmascara o governador do MA Flávio Dino

   Presidente do BNDES/Foto: Luis Macedo - Câmara dos Deputados
O peemedebista Ricardo Murad repercutiu, em sua página pessoal no Facebook, declarações do presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, atribuindo ao governador Flávio Dino a responsabilidade pela paralisação de mais de 500 obras no Maranhão. Coutinho foi convocado pela CPI do BNDES na última quinta-feira, 27.

- Deputado André Fufuca [PEN-MA] garante que vai apurar responsabilidade do governador Flávio Dino que mistura ódio político com o interesse público do Estado - frisou Ricardo Murad. O peemedebista divulgou vídeo de André Fufuca, deputado federal e sub-relator da CPI do BNDES.

No vídeo, Coutinho diz que Flávio Dino deve explicar a paralisação de obras no Estado. Esta ofensiva põe em xeque o argumento de Dino de falta de aval do BNDES. Confira:

Hoje tem Trio Nordestino e Robson Garcia no Chama Maré

O projeto Sexta Pé de Serra, da casa de cultura maranhense Chama Maré, segue firme hoje, 28, ali, na Ponta d'Areia, com o Trio Nordestino - o grupo de forró pé de serra mais antigo em atividade, de 57 anos de carreira, que reproduz grandes clássicos do gênero. O show terá participação especial de Robson Garcia & Lampiões do Forró. Tudo começa às 20 horas.

Para o show do Trio Nordestino, dos forrozeiros Luiz Mário, Beto Sousa e Coroneto, os ingressos estão sendo vendidos na Bilheteria Digital (Rio Poty) e Shopping da Ilha ao preço de R$ 30 (inteira). É curtir a valer! Num cenário repaginado, à beira-mar. O Chama Maré fica em um espaço privilegiado pelo belo espetáculo do pôr-do-sol. O Chama Maré recebeu nova estrutura com pinturas tematizadas à cultura pé de serra e reggae.

Teresa Murad determina continuidade do programa de pavimentação asfáltica de vias urbanas

   Foto/Blog do Idalgo Lacerda
Por Idalgo Lacerda/Coroatá - A partir desta sexta-feira (28), a Prefeita Teresa Murad (PMDB) determinou a continuação de mais obras estruturantes de pavimentação asfáltica de vias urbanas das ruas Joaquim Teixeira e Palmeira Torta, localizadas nos Bairros da Tresidela e da Palmeira Torta!!!

Ambas somam uma extensão de 2.300 metros. A primeira com uma extensão de 400 metros e a segunda num total de 1.900 metros. O que representa um investimento na ordem e R$ 442.596,73 (Quatrocentos quarenta e dois mil quinhentos e noventa e seis reais e setenta e três centavos), para os cofres públicos municipais. O investimento tem como origem dos recursos próprios do município de Coroatá. O prazo de entrega é de 45 dias, quando a malha viária estará totalmente concluída e recuperada, devolvendo assim, aos moradores e transeuntes daquelas localidades, a tranquilidade e a certeza de uma mobilidade urbana mais segura.

Esses serviços urbanos que deveriam ter sido executados na gestão passada não saíram do papel. Embora os recursos tenham sido enviados pelos então Governos do Estado para o ex-prefeito de Coroatá, Luís da Amovelar. Porém, foram desviados, gastos e não devidamente aplicados para fins de melhoria da qualidade de vida dos moradores e transeuntes entre os dois trechos citados, que de agora em diante, tem a garantia da execução de seus serviços estruturantes, através do compromisso assumido e cumprido pela Prefeita Teresa Murad!!!

TV Sampaio: Bastidores do Tubarão

Sampaio Corrêa versos Vitória (BA). Neste programa, você confere os bastidores do jogo que levou o Sampaio ao G4. Sábado, a Bolívia Querida enfrenta o Macaé. Vumbora Sampaio!!! Tubarão pronto no Rio para triturar o Macaé

Vumbora Sampaio!!! Tubarão pronto no Rio para triturar o Macaé

   Foto: Sampaio Corrêa
Por GloboEsporte.com
São Luís, MA

O Sampaio Corrêa encerrou sua preparação para o confronto diante do Macaé, deste sábado, pela segunda rodada do returno do Brasileiro da Série B. O time tricolor realizou ontem, 27, a última movimentação em São Luís, no Estádio Castelão, e já está no Rio de Janeiro-RJ. As voltas ficam por conta dos meias Nádson e Válber, que cumpriram suspensão automática. Luíz Otávio não viaja com a delegação, pois cumpre suspensão por recebido o terceiro cartão amarelo. O técnico Léo Condé, levou na mala o suspense sobre quem será o substituto de Luíz Otávio, que cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo. O treinador confirma todo restante do time.

- Sobre o zagueiro eu ainda vou definir. Os três estão treinando bem (Edvânio, Mimica e Edmar). Eles tem características diferentes. Essa é a única dúvida, o restante já está confirmado com o retorno do Válber e do Nádson - afirmou.

A opção mais provável é a escolha por Edmar, o treinador já havia antecipado no final da partida passada, contra o Vitória, que o atleta seria a opção. Edmar tem sido bastante elogiado por Condé, tanto na questão técnica, quanto também no aspecto de liderança. Capitão do Sampaio na temporada passada, vinha de uma recuperação de uma cirurgia no joelho, chegou a ser titular com Condé, mas sofreu uma lesão muscular. Edmar vem treinando normalmente há alguns dias sempre como primeira opção para zaga no time reserva.

Durante o treino, Condé realizou um tático e iniciou com a seguinte formação: Rodrigo; Daniel Damião, Plínio, Edimar e Willian Simões; Léo Salino, Diones, Válber, Nádson; Pimentinha e Douglas. No decorrer do treinamento, ele testou outras opções, mas essa deve ser a formação que enfrenta o Macaé. Ficaram de fora da lista o volante Arlindo Maracanã e Henrique, por opção do técnico Léo Condé. Além destes, quem também não viajou foi o lateral esquerdo Raí, que foi liberado para resolver problemas particulares.

A delegação do time maranhense dormiu na capital fluminense e só se dirige até Macaé-RJ, nesta sexta-feira, após almoço. A previsão de chegada na cidade onde será realizada a partida é para o fim da tarde. Macaé e Sampaio Corrêa se enfrentam, neste sábado, no Estádio Moacyrzão, em Macaé-RJ. O confronto está marcado para às 16h30. Do GloboEsporte com edição do Blog

Relacionados:
Goleiros: Ruan e Rodrigo
Laterais: Daniel Damião, Marcelinho, Willian Simões, Léo Rodrigues e Anderson Santos
Zagueiros: Mimica, Plínio, Edimar e Edvânio
Volantes: , Diones, Dê e Salino
Meias: Nádson e Válber
Atacantes: Pimentinha, Jheimy, Douglas, Edgar.

Justiça determina posse imediata de vice-prefeita em Bom Jardim

   Malrinete Gralhada havia ingressado com mandado de segurança na Justiça Estadual/Foto: Biaman Prado
Por: RONALDO ROCHA/imirante.com - O juiz Cristóvão Sousa Barros, da 2ª Vara da Comarca de Santa Inês, determinou a posse em até 24 horas, da vice-prefeita do município de Bom Jardim, Malrinete Gralhada (PMDB), no comando do Poder Executivo Municipal. Gralhada havia ingressado com mandado de segurança na Justiça Estadual na última terça-feira. Com a decisão judicial já assegurada, cabe ao presidente da Câmara Municipal, Arão Silva (PTC), dar posse à vice-prefeita.

Saiba mais:
Duas ações civis do MPMA requerem afastamento da prefeita de Bom Jardim
As empresas de "fachada" de Lidiane Leite

O Estado apurou, no entanto, que Arão está em São Luís, para compromissos de ordem pessoal. Com isso, fica com o vice-presidente a prerrogativa de empossar Gralhada no comando da Prefeitura de Bom Jardim.

A prefeita, Lidiane Leite, foi declarada foragida pela Polícia Federal na semana passada. Alvo de uma operação da PF, que investiga atos de improbidade administrativa, Lidiane fugiu para não ser presa. O advogado da prefeita, Carlos Sérgio Carvalho, afirmou na noite de ontem, que a prefeita poderia se entregar voluntariamente hoje à PF. Até o momento, no entanto, isso não ocorreu.

Lidiane Leite tentou habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça (STJ), mas teve pedido negado. A expectativa é de que até domingo ela, de fato, se entregue à polícia, já que este é o prazo que a Câmara Municipal aguarda para pedir o seu afastamento da Prefeitura.

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Duas ações civis do MPMA requerem afastamento da prefeita de Bom Jardim

Imagem/Reprodução TV Brasil
O Ministério Público do Maranhão ajuizou nesta quinta-feira, 27, duas ações civis públicas por atos de improbidade administrativa, com pedido de liminar, para indisponibilidade de bens e afastamento do cargo da prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite da Silva. Também são acionados ex-secretários municipais, empresários e empresas prestadoras de serviços à Prefeitura de Bom Jardim, que são suspeitos de integrar uma organização criminosa que fraudava licitações para desviar recursos públicos do município.

De acordo com as investigações do Ministério Público, nos dois procedimentos licitatórios (um para contratação de empresa para locação de veículos e outro para execução de reformas em escolas da sede e da zona rural de Bom Jardim), os valores dos contratos ultrapassam R$ 4 milhões e 100 mil. Em ambas as ações, estão envolvidos o ex-secretário Humberto Dantas dos Santos, conhecido como Beto Rocha e que é marido da prefeita; e o empresário Antonio Oliveira da Silva, vulgo Zabar.

Saiba mais sobre as empresas fantasmas de Lidiane Leite AQUI

Na licitação para locação de veículos (modalidade pregão presencial), no valor R$ 2.788.446,67, foram acionados, ainda, o empresário Fabiano de Carvalho Bezerra e a sua empresa A4 Serviços e Entretenimento Ltda (também envolvidos nos esquemas criminosos da Prefeitura de Anajatuba); Anilson Araújo Rodrigues (motoboy); Raimundo Nonato Silva Abreu Júnior (empresário) e Marcos Fae Ferreira França (contador e pregoeiro do município).

PENALIDADES

Nas duas ações civis, o Ministério Público requer à Justiça que sejam aplicadas aos demandados as penalidades previstas no artigo 12 da Lei 8.429/92 (a Lei da Improbidade Administrativa), que são: ressarcimento integral do dano, se houver, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos, pagamento de multa civil de até cem vezes o valor da remuneração percebida pelo agente e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos. Fonte: CCOM-MPMA

As empresas de "fachada" de Lidiane Leite

Reprodução/pocaodepedras.blogspot.com
As investigações conduzidas pela Promotoria de Bom Jardim e pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do MPMA constataram diversas irregularidades, como ausência de justificativa para contratação, participação de apenas uma empresa, ausência de vários documentos para habilitação da empresa e de pareceres técnicos e jurídicos sobre o processo licitatório. Para o Ministério Público, representado pela promotora de justiça Karina Freitas Chaves, a empresa A4 é apenas de fachada, pois não possui um veículo em seu nome nem sede, e os seus sócios não tinham qualquer controle sobre os motoristas contratados para executar o serviço.

"Vencedora" de processo licitatório (modalidade tomada de preços) para a reforma de 13 escolas municipais de Bom Jardim, na qual foi a única concorrente, a empresa A. O DA SILVA E CIA LTDA se beneficiou de várias irregularidades: não há projeto básico referente à licitação; a Prefeitura não divulgou em jornal de grande circulação o aviso de licitação; as certidões negativas de débitos foram emitidas após a sessão que deveria recebê-las; não há nos autos documento que comprove a qualificação técnica da empresa, entre outros vícios.

Segundo foi constatado pelo Ministério Público, a empresa A. O DA SILVA E CIA LTDA funcionava apenas como fachada para repassar recursos públicos destinados ao serviço para o marido da prefeita Lidiane Leite. Em depoimento à Promotoria de Justiça, Zabar, o dono da empresa, garantiu que valores recebidos pelo contrato eram repassados para a conta pessoal de Beto Rocha, que se encarregaria de contratar os funcionários para supostamente trabalharem na reforma das escolas.

O contrato para as obras tinha o valor de R$ 1.377.299,77 para os serviços nas 13 escolas. No entanto, conforme informou à Promotoria o próprio empresário apenas quatro escolas foram reformadas. "Isso nada mais é do que uma demonstração clara da fraude no procedimento licitatório, com o desvio do dinheiro público e atos atentatórios à probidade administrativa", constatou a promotora de justiça Karina Chaves. Nesta licitação, a empresária Karla Maria Rocha Cutrim também está sendo acionada.  Fonte: CCOM-MPMA

Deputada cobra que FAMEM defenda municípios por hospitais de 20 leitos

   Dep. Andréa/Foto Nestor Bezerra
Nesta quinta-feira (27), a deputada Andréa Murad (PMDB) voltou a cobrar a manutenção do Governo para os hospitais de 20 leitos que estão presentes em 44 municípios maranhenses. A preocupação se intensificou com as declarações do secretário de Estado da Saúde, Marcos Pacheco, durante reunião com prefeitos e secretários municipais de Saúde. Pacheco disse não saber o que fazer com os hospitais. A deputada sugeriu a intervenção da FAMEM para que o diálogo avance e os hospitais sejam mantidos.

- Espero que o presidente da FAMEM, o Gil Cutrim, assuma essa bandeira, que ele realmente represente os prefeitos, porque a maioria está insatisfeita com a proposta do secretário Márcio Jerry e do secretário Marcos Pacheco. Os hospitais de 20 leitos são uma grande conquista para o povo, não são para os prefeitos, não são para os políticos, são uma grande conquista para o povo maranhense - advertiu a peemedebista.

Para a deputada Andréa Murad, cada município merece ter seu próprio hospital e que a proposta do conglomerado, com o objetivo de ratear a saúde nas regiões, onde cada município vai oferecer um tipo de serviço, não tem a aprovação dos prefeitos que ainda se sentiram forçados a aderir à Portaria nº 113, que trata de repasses dos recursos de acordo com o número de habitantes e atendimentos, considerado pela deputada com o valor abaixo do necessário. Da Assecom/Dep. Andréa Murad com edição do Blog

Kit Jubadeleão se apresenta nesta quinta e sexta no Centro Histórico

   Foto/Divulgação
Da Agência de Notícias Baluarte - O cantor e compositor Kit Jubadeleão é a atração desta quinta e sexta no Centro Histórico (Projeto Reviver) em São Luís. A primeira apresentação do artista será no Bar do Porto (na quinta-feira, a partir das 20h) e na sexta ele repete o show no Beco Catarina Mina no mesmo horário. Os shows são uma realização da BPC Produções em comemoração aos 25 anos de carreira do músico e contam com a participação dos cantores do Movimento Cultural Baluarte, Riba Salgueiro e Marcos Boa Fé.

O retorno de Kit ao Centro Histórico é um pedido do público que presenciou a performance musical do cantor pelas casas de shows do local há alguns meses. A produção do espetáculo é assinada pelo compositor, produtor e jornalista Fernando Atallaia, através do Núcleo de Promoções Culturais e Difusão Musical da BPC Produções, produtora oficial do Movimento Cultural Baluarte. Imperdível.

SERVIÇO:
O que: Show do cantor e compositor maranhense Kit Jubadeleão
Onde: Bar do Porto( nesta quinta-feira às 20h)  e Beco Catarina Mina na sexta-feira a partir do mesmo horário.
Couvert artístico: R$ 5,00
Realização: BPC Produções e Movimento Cultural Baluarte

Estado promove ações da XVI Semana do Encarcerado na UPR de Coroatá

   Fotos/Clayton Monteles
Por: Alan Jorge/Sejap - Um café da manhã aos presos e a apresentação do Vocal Renovar marcaram a abertura oficial da XVI Semana do Encarcerado na Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) de Coroatá. Na ocasião, houve ainda um momento de reflexão bíblica e oração. O evento é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Sejap).

Representando o secretário Murilo Andrade de Oliveira, o secretário adjunto de Atendimento e Humanização Penitenciária (SAAHP), José Ribamar Cardoso Lima, falou sobre os direitos dos presos previstos na Lei de Execuções Penais (LEP). O diretor da UPR de Coroatá, Ederson da Silveira Costa, destacou os trabalhos que são feitos ali no intuito de garantir a disciplina e ressocialização dos apenados.

Josane Araújo Farias Braga,, juíza da 1° Vara de Execuções Penais (VEP), destacou a importância da integração entre as instituições para fomentar as ações de reintegração de homens privados de liberdade à sociedade.

A programação da XVI Semana do Encarcerado no estabelecimento prisional de Coroatá segue com palestras de conscientização sobre os danos causados pelas drogas, humanização nas prisões e direitos e deveres do homem privado de liberdade. Atendimentos de saúde, assistência jurídica, visitas extras com exibição de cinemateca para os filhos dos apenados também fazem parte da programação do evento.

A Apac de Coroatá (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados) também participou do evento. O secretário José Ribamar Cardoso reiterou o compromisso do Governo com as associações. Uma das metas do Governo é fortalecer e ampliar as Apac’s. Até o fim do ano, a previsão é que tenha convênio com pelo menos 10 entidades. Fonte: Sejap com edição do Blog

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Atendimento do Viva Cidadão em Codó é prorrogado até sábado (29)

   Foto/blogdowalison
Por: Danielle Moreira/Sedihpop - A equipe de servidores do Viva Cidadão, órgão vinculado à Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), permanece até sábado (29) no município de Codó, onde presta atendimento à população local e aos trabalhadores de comunidades da região leste do Maranhão. Realizada nos dias 19 e 20 deste mês no município, a Caravana da Liberdade fortaleceu o combate ao trabalho escravo na região e mobilizou grande número de trabalhadores. Os serviços prestados pelo Viva Cidadão foram os mais procurados no período da caravana e devido à grande demanda, foram estendidos.

De acordo com a Coordenação de Unidades Móveis, até o momento o Viva Cidadão já realizou quase cinco mil atendimentos incluindo emissão de Carteira de Identidade (RG), emissão de CPF, consultas e emissão de certidões. O número ultrapassou a expectativa inicial, que era de aproximadamente quatro mil atendimentos.

A ação integra o programa Rota da Cidadania que tem como objetivo descentralizar o atendimento para garantir o acesso aos serviços públicos, atendendo assim à grande demanda dos municípios do interior do Estado. A unidade alternativa do Viva Cidadão está no laboratório de informática da Unidade Escolar Municipal Neyde Magalhães, localizada na Praça José Bayma Serra, no bairro Novo Codó.

Estado antecipa pagamento dos servidores nesta sexta-feira (28)

Por: Luana Müriella/Segep - Os servidores do Estado terão seus pagamentos antecipados para esta sexta-feira (28). Pelo calendário, o pagamento seria efetuado no dia 1º de setembro, mas devido à viabilidade financeira do Estado, será adiantado, como vem ocorrendo desde o início da gestão. Atualmente, o Estado conta com mais de 110 mil servidores, entre ativos e inativos, que são beneficiados diretamente com a efetivação do pagamento dentro do mês trabalhado.

Os contracheques já estão disponíveis para consulta online, no Portal do Servidor. Para acessar, é necessário apenas ter senha de acesso, que pode ser cadastrada presencialmente na sala do Portal do Servidor (localizada no Edifício Clodomir Milet, s/nº,térreo), ou pelos telefones(98) 99611-2893 e (98) 98234-2451 (as ligações podem ser efetuadas a cobrar, porém não será aceito o envio de mensagens para solicitação de atendimento).

Abertas as inscrições para Aulões do Enem

A Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) divulgou na manhã desta terça-feira (25) o edital de abertura das inscrições para os Aulões do Exame Nacional do Ensino Médio, oferecidos dentro do Programa Pré-Universitário (PreUNI) lançado na primeira quinzena deste mês. A partir de hoje, o estudante que for fazer as provas do ENEM deve entrar no site da Secretaria www.secti.ma.gov.br e se inscrever.

Os aulões do Enem serão presenciais, em caráter de mega revisões, e estão agendados para acontecer em São Luís e em diversos municípios do interior do Estado. Até o momento, segundo a Secti, foram confirmados locais em Chapadinha, Codó, Caxias, Santa Inês, Bacabal, Açailândia, Imperatriz, Barra do Corda, Balsas e São José de Ribamar, além da capital que, ao invés dos Aulões gerais, serão mega revisões em datas diferentes com áreas de conhecimento específicas: ciências humanas, ciências da natureza, linguagens, matemática e redação.

Todo o material didático, incluindo caderno de atividades, vídeo aulas, tutoriais, será distribuído aos estudantes do programa gratuitamente. Todo o material é financiado pelo Estado. Segundo o Governo, o Preuni é para que os estudantes maranhenses, sobretudo aqueles que têm dificuldades no acesso à educação e uma baixa condição econômica, possam ter mais oportunidade para realizar o sonho de conquistar uma vaga na universidade pública. O programa está disponível também na versão à distância, via o aplicativo do PreUNI, disponível para Smartphone, Tablet e Iphone. Fonte: Asscom/Secti

Assembleia aprova ampliação da isenção de IPVA para pessoas com deficiência

O plenário da Assembleia Legislativa aprovou nesta quarta-feira (26) o Projeto de Lei nº 176/2015, do Governo do Estado, que tem por objetivo ampliar o rol de beneficiários da isenção do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Com a mudança agora transformada em Lei, as pessoas com deficiência visual, mental severa e os autistas se juntam àqueles que têm deficiência física na desobrigação de pagamento do imposto.

A aprovação desta ação coincide com a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, coordenadas pelas APAEs de todo o Brasil. A desobrigação de pagamento do imposto fica condicionado a apresentação para a autoridade fazendária de laudo de vistoria, emitido por órgão oficial que comprove que o veículo está adaptado às condições do seu proprietário ou possuidor, ou tenha equipamentos necessários quando conduzido por este. A Lei limita o benefício a apenas um veículo por proprietário ou possuidor decorrente de contrato de arrendamento mercantil. Fonte: Secom/Estado

Deputada Andréa Murad mostra provas contra Flávio Dino

   Dep. Andrea Murad / Foto: Nestor Bezerra
"Ele não sabe o que fazer com os hospitais de 20 leitos e eu não sei o que ele ainda faz como secretário"

A deputada Andrea Murad (PMDB) voltou a questionar a permanência do secretário de Estado de Saúde, Marcos Pacheco, após sua declaração aos prefeitos maranhenses quanto ao destino dos hospitais de 20 leitos. Na reunião do governo com os representantes dos municípios, que aconteceu na Fiema na última segunda-feira (24), Pacheco trouxe a público o que a atual gestão fará com os hospitais de pequeno porte: "aí as pessoas me perguntam: o que vc vai fazer com os hospitais de 20 leitos? Eu sei lá pô! Quem tem que dizer o que vai ser feito é a regional, não sou eu". A postura da atual gestão e a proposta dos conglomerados apresentada não agradaram os prefeitos e foram duramente criticadas pela parlamentar em sessão plenária nesta quarta-feira (26).

- Ele diz que não sabe o que fazer com os hospitais de 20 leitos e eu não sei é o que ele faz ainda na Secretária de Saúde. O que ele se presta ainda para fazer na Secretaria e se dispor a ser secretário de Saúde? Nós temos que ter humildade e saber a hora de nos retirarmos quando não estamos dando conta do recado, até porque tudo que a atual gestão recebeu, estragou, a exemplo das UPAs - discursou Andréa Murad.

Sobre os conglomerados, a deputada explicou que a proposta é antiga e que governos anteriores nunca conseguiram implantar pelo fato de deixar muitas prefeituras insatisfeitas com o compartilhamento de serviços médicos. Andréa ressaltou ainda que o desejo de todas as prefeituras é que cada município tenha seu próprio hospital e que o Governo não tem interesse em ajudar ou fazer parcerias para melhorar a saúde pública no Maranhão.

- Essa ideia de conglomerado é uma tentativa antiga que nunca prosperou, assim, eles sugeriram o conglomerado, e quem não aceitar pode optar pela Portaria 113, recursos abaixo do previsto, com os critérios de produção e por habitantes. E os prefeitos saíram dessa reunião dizendo que não vão aderir à ideia, eles preferem manter os seus hospitais de 20 leitos funcionando ou pelo menos que o Governador inaugure esses hospitais, pois essa é uma conquista que cada município merece que é ter os seus hospitais de funcionando. O Governador acha que isso não é justo? Que os municípios maranhenses não merecem ter o seu hospital? - indagou a deputada. Da Asscom/Dep. Andréa Murad

A PROVA DO CRIME: Ouça a declaração do secretário Marcos Pacheco:

Discurso completo da deputada:

2016 está bem aí e Codó também já acordou para as eleições

   Wanderson Araújo
Em Codó conversa séria já envolve as futuras eleições municipais. Diversas lideranças já anunciam a sua vontade de defender o povo com todo afinco. Pelo menos é o que a ex-vereadora Gracinha garante. Nesta semana, a liderança da Tresidela declarou apoio irrestrito ao filho Wanderson Araújo (foto), lançado pré-candidato a vereador.

- Estaremos juntos e unidos para dá continuidade ao trabalho que iniciei quando vereadora. Podem ter absoluta certeza que faremos um trabalho sério, voltado ao desenvolvimento da nossa Cidade. Teremos um novo representante que vem com a força de Deus e com o apoio dos nossos amigos codoenses - frisou Gracinha.

Gracinha salientou, em rede social, que foi exitosa, entre tantos feitos, na construção da Escola Deputado Camilo Figueiredo, no asfaltamento da Vila Camilo e das ruas Alto Bonito e Rua da Creche. Assegurou que vai continuar na luta, com o povo, lado a lado, ouvindo as necessidade das comunidades e buscando soluções.

O jornalismo de luto

   Foto/G1: O atirador e a repórter Alison Parker
Repórter de telejornal americano e cameraman são mortos durante transmissão ao vivo. IMAGENS CHOCANTES: homem que atirou em jornalista e cameraman ao vivo filmou toda a ação.

A Polícia do Estado da Virgínia informou ter prendido na tarde desta quarta-feira (26) o suspeito de ter matado a tiros dois jornalistas da TV afiliada à rede norte-americana CBS. Eles foram mortos durante uma transmissão ao vivo. A repórter Alison Parker, de 24 anos, e o cinegrafista, Adam Ward, de 27 anos, do canal WDBJ-TV, foram atingidos na cidade de Moneta por volta das 6h45 (no horário local). Também foi ferida no tiroteio a entrevistada Vicki Gardner, integrante da Câmera de Comércio da região. Ela conversava com a repórter no momento do crime. Ela foi atingida nas costas, passou por cirurgia e está em condição estável, segundo disse um porta-voz do hospital citado por um jornal local.

O suspeito havia atirado em si mesmo enquanto era perseguido e foi transportado para o hospital em uma ambulância. O atirador foi apontado como Vester Lee Flanigan, um ex-empregado da emissora que utilizava na mídia o nome de Bryce Williams. Flanigan registrou o disparo e postou o vídeo em sua conta no Twitter (veja o vídeo abaixo). Ele escreveu também que Alison Parker havia feito comentários racistas e que Adam Ward fez uma reclamação contra ele no setor de recursos humanos do canal.

Segundo nota da Polícia do Estado da Virgínia, o veículo de Flanigan saiu da pista e bateu durante a fuga. "Os policiais abordaram o carro e encontraram o motorista com um ferimento de bala", afirma a polícia. O gerente geral da emissora WDBJ7, Jeff Marks, esclareceu que Flanigan trabalhou na empresa e foi demitido há dois anos por problemas relacionados a sua raiva no ambiente de trabalho. Com informações do DCM/Do G1, em São Paulo

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Flávio Dino envergonha o Maranhão

   Arte do Blog
"Noite de terror na Saúde dos horrores de Flávio Dino". Com a frase o peemedebista Ricardo Murad, pela milésima vez, saiu em defesa do povo do Maranhão, contra a tida péssima gestão da Saúde, já conhecida em todos os rincões do Estado e prévia e tristemente anunciada pela Oposição maranhense como administração do caos construída pelo "comunista" Flávio Dino e seu grupo. Como disse Murad, trata-se de desumanidade, pouca vergonha, incompetência, descaso e muita irresponsabilidade com o povo. Murad se refere a situações mais recentes como a postura desqualificada do atual secretário de Estado da Saúde e reportagem da TV Mirante que exibe o caos na marcação de consultas em São Luís.

- Este é o retrato da saúde pública do Maranhão hoje, muito bem retratados com o abandono do hospital de Bernardo do Mearim - frisou Murad.

O peemedebista repercutiu na sua página pessoal do Facebook a prova cabal da ignorância dos Dinistas. Mostrou que o secretário de Saúde do Estado, Marcos Pacheco, não tem a menor condição de gerenciar o setor. Citou frase do Pacheco, em reunião com prefeitos e secretários municipais de Saúde, enfatizando a incompetência do Governo:
"AÍ AS PESSOAS ME PERGUNTAM: O QUE VC VAI FAZER COM OS HOSPITAIS DE 20 LEITOS. EU SEI LÁ PÔ! QUEM TEM QUE DIZER O QUE VAI SER FEITO É A REGIONAL, NÃO SOU EU. EU TO PRA APOIAR. NOS TEMOS QUE TRAZER A RESPONSABILIDADE PARA A REGIONAL"
- E eu me pergunto: o que ele ainda faz como responsável pela saúde do Maranhão? Venho alertando há muitos meses as autoridades para as consequências que o desmonte da rede de Upas, hospitais e centros de especialidade do Estado causariam de prejuízo à população e tudo está acontecendo conforme disse. Vivemos tempos em que a destruição do sistema de saúde estadual, aliada à falta de estrutura da Saúde de São Luís, não podia resultar em outra coisa que não sofrimento cruel de pessoas idosas, doentes tratadas pior que animais. A fala do secretário deixa escancarada uma realidade cruel. O governo não sabe o que fazer com os hospitais do governo - salientou Murad.

O dito vídeo dos horrores mostra reportagem da TV Mirante sobre o sofrimento dos maranhenses para conseguir uma simples senha que lhes dará direito a entrar numa outra sessão de terror para marcar a consulta não se sabe lá pra quando.


ANDRÉA MURAD

A deputada estadual Andréa Murad (PMDB) se manifestou assim: - Triste e Inacreditável! Não consigo entender tamanha falta de sensibilidade dos governantes! A parceria entre Governo e Prefeitura é só conversa fiada. Tanto a saúde estadual quanto a municipal estão um desastre. E ainda tem governistas que acham que eu reclamo na Tribuna sem razões ou fatos consistentes. Imagina só! [Post atualizado em 25/08/2015, às 23:43, para acréscimos de informações]

Presidente Sergio Frota esclarece sobre ocupação ilegal da sede do Sampaio

   Um dos campos do CT ocupado por invasores [Foto/Divulgação]
Com sua propriedade invadida por um grupo de sem-terra, em um imbróglio que se arrasta por quase um mês, o clube Tricolor acumula uma série de prejuízos, desde financeiros, até aspectos que atingem o lado técnico da equipe. Sem a segurança devida, a equipe deixou de treinar em seu CT, tratar os atletas no Departamento Médico e concentrar para os jogos importantes da Série B.

- Entendo a situação das pessoas que estão tentando se apropriar do terreno do Sampaio, mas preciso defender os interesses do clube. Trata-se de uma propriedade privada e esse direito precisa ser respeitado. Não tenho dúvidas de que essa motivação, além de financeira, apruma pelo lado político para me atingir - afirmou o presidente Sergio Frota.

O clube se vê obrigado a arcar com custos extras para manter a rotina de treinos. - Fizemos um grande esforço para melhorar a estrutura do CT. Reformamos nossas acomodações para oferecer uma concentração confortável aos nossos atletas, e agora estamos sendo obrigados a ter essas despesas a mais por conta da total falta de segurança e sensibilidade - ressaltou o presidente.

Frota lamenta os fatos ocorridos durante o processo de desapropriação, mas ratifica o seu intuito de que seja respeitado apenas os limites de uma propriedade privada. O técnico Léo Condé também lamenta a situação e ressalta que os deslocamentos para treinos em locais alternativos chegam a afetar a preparação do time, em um momento muito importante da Série B. Com informações do Sampaio Corrêa

Inmeq-MA reprova 589 bombas de combustíveis no estado

Fotos/Divulgação – Agentes do Inmeq fiscalizam
bombas de combustíveis em posto da capital
Por: Franci Monteles/Inmeq - De janeiro a 1ª quinzena de agosto, o Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq-MA), órgão delegado do Inmetro, reprovou 589 bombas medidoras de combustíveis líquidos no Maranhão. Deste total, 35 reprovações se referem à bomba baixa, quando o instrumento entrega menos combustível do que o comprado pelo consumidor, apresentando, portanto, erro de medição.

Só este ano, o Inmeq-MA já fiscalizou 5.197 bombas medidoras de combustíveis no estado. Em todo o país, as fiscalizações do Inmetro alcançaram um total de 278 mil instrumentos. Em termos percentuais, o quantitativo de instrumentos reprovados no Maranhão equivale a 11,33%, sendo 0,76% referentes a erros de bomba baixa. A média nacional deste tipo de irregularidade é de 0,7%.

Além de bomba baixa, também foram encontradas irregularidades como vazamento e deformidades em mangueiras, vazamento nos bicos de descargas, instalação elétrica em mau estado de conservação, vazamento de óleo, plano de selagem incorreto, entre outros.

A fiscalização do Inmeq-MA em postos de combustíveis consiste na verificação das bombas medidoras de combustíveis líquidos. O consumidor tem todo o direito de exigir os testes de vazão/medição de combustível no posto. Caso desconfie de alguma irregularidade, pode dirigir-se à sede da entidade (na Avenida São Luís Rei de França, no Olho d´Água) ou denunciar por meio do telefone da Ouvidoria 088 071 5281.

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Deputada Andrea Murad denuncia usina de asfalto que funciona irregularmente

   Foto/Divulgação
Moradores do loteamento Santa Filomena, em Paço do Lumiar, acompanharam a Sessão Plenária desta segunda-feira, 24, quando a deputada Andréa Murad (PMDB) usou a Tribuna para denunciar a operação irregular de uma usina de asfalto dentro da comunidade. A empresa CENTRAL ENGENHARIA DE CONSTRUÇÕES LTDA está na região desde 2013 sem licenças para o funcionamento e prejudicando a saúde da população em vários bairros da área. Um dos pontos da empresa localiza-se próxima a uma escola pública. A deputada denunciou ainda uma possível propina da usina para continuar em funcionamento.

- Chegaram denúncias de que o senhor José Lauro paga propina na Secretaria de Meio Ambiente para continuar produzindo asfalto em local inadequado e o Governo do Estado do Maranhão não pode compactuar com tais práticas. A SEMA, através do setor de fiscalização do órgão, chegou a autuar e multar por duas vezes a empresa e paralisar a produção, notificando inclusive o município de Paço do Lumiar. Tempos depois, a empresa e a SEMA divulgaram um Termo de Compromisso Ambiental que nunca se viu em lugar algum - relatou a parlamentar.

Andréa Murad revelou que o Ministério Público do Trabalho está apurando denúncias de que os funcionários da CENTRAL ENGENHARIA estariam submetidos a situações precárias, análogas à escravidão, sem carteira assinada e sem o cumprimento de normas técnicas exigidas para a segurança do trabalho. E acusou ainda o governo do Estado e a Secretaria do Meio Ambiente de serem coniventes com as irregularidades praticadas pela empresa e pelo proprietário da CENTRAL. Ele também é dono da AGROCIL, outra empresa de asfaltamento que atualmente está executando o Programa "Mais Asfalto" do Governo com as prefeituras.

- A comunidade também denuncia e isso é muito grave, o trabalho escravo e condições de alto risco aos trabalhadores do local... Prejudica-se a população inteira que mora ali e não aguenta mais conviver com a poluição... A legislação exige que a atividade de indústria deva se manter distante, no mínimo, dez quilômetros de qualquer conjunto habitacional, o que não é o caso. Agora solicitamos ao Governo do Estado, o órgão máximo a quem podemos recorrer, que tome uma providência em benefício dessas famílias que estão aqui na Assembleia Legislativa e que há dois anos percorrem todos os órgãos possíveis para que a situação seja resolvida - discursou. Da: Assecom/ Dep. Andrea Murad

Prefeita Teresa Murad reúne secretários para traçar metas

   Foto: Ronny Sales/Asscom PMC
Na última sexta-feira, 21, a prefeita Teresa Murad (PMDB) reuniu-se com seus secretários para traçar metas e fazer planos para os próximos meses da administração municipal. Foi colocado em discussão futuras obras e a execução das atuais. Cada secretário apresentou relatório de atividades e ouviu da prefeita a determinação de que a Administração não pode parar. - A população não pode ficar sem as ações do Poder Público, mesmo sob a crise porque passa o País - disse a peemedebista.

A prefeita explicou que a paralisação das obras de reforma da Praça José Sarney e do Estádio Municipal Vitor Trovão se deve por falta de repasse do Governo Federal. A prefeita também anunciou agenda sobre a assinatura de Ordem de Serviço para o asfaltamento da Rua Joaquim Teixeira, na Sede do Município. A previsão para início da obra está marcado para o dia 31. Com informações da Asscom PMC

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Na Ponta d'Areia, o melhor do forró pé-de-serra

Para os amantes da boa música brasileira, do belo ritmo do Forró Pé-de-Serra, amanhã, sexta-feira, 21, o palco da alegria tem endereço certo. No novo CHAMA-MARÉ, totalmente reformado, com o tempero das artes dos produtores culturais locais. É casa cheia. Mais um grande show de um dos maiores valores da nossa música. ROBSON GARCIA e o renomado grupo de forró LAMPIÕES DO FORRÓ, com participação especial do grande humorista Fumaça.

O cantor e compositor Robson Garcia abre o show às 20hs. com entrada franca ao público. Uma produção do grupo Chama-Maré e promoter cultural Rodrigo Costa, de destacado sucesso em eventos na Ilha. Haverá distribuição de um brinde para os forrozeiros.

PERFIL

O cantor e compositor maranhense Robson Garcia (de São Luís – MA), como tantos ícones da música popular no Maranhão, mostra em sua arte a realidade vivenciada pelo seu povo, exibindo uma marca de irreverência. Desde o início de sua carreira, em 1984, mantém performance arrojada, principalmente, no dom de compor; o que lhe garantiu a realização e participação em vários espetáculos musicais, inclusive no eixo Rio-São Paulo.

SHOWS - Em 1984 fundou o grupo regional Solo Musical e veio o seu primeiro show - “Maré e mar”, no Teatro Arthur Azevedo (São Luís – MA). No ano seguinte – também no TAA - apresentou o show “Grifomania”, da obra literária do escritor maranhense Epitácio Filho. Também neste ano, participou do projeto musical “Viva São Luís”, do Governo do Estado. Criou a banda Cor da Sina, 1988. Marcou presença no projeto “Viva Verão” (da então Secretaria de Cultura do Estado) em comemoração aos 25 anos da Escola de Música. Em 1991 - No teatro Praia Grande – fez o Show “Vide Bula”. No projeto Segunda de Arte da Prefeitura de São Luís fez o Show “Liberdade das Canções”, em 1992.

DISCOGRAFIA - O trabalho de Robson Garcia seguiu com a realização de inúmeros shows que culminaram com a produção do 1º CD autoral em 2008 – o “ATITUDE”, um projeto eclético com participação de Eliézio do Acordeom. Idealizado em 1986 e gravado em 2010, veio o segundo CD – o BAIÃO DE DOIS, também autoral de forró pé-de-serra. O terceiro CD autoral – o LIBERDADE – foi gravado em 2012. É uma homenagem a São Luís. No hall de sua discografia, a última produção, no ritmo de pé-de-serra, gravou em 2014 o TOQUE DE FOLE. Na faixa “Baião dos Reis” homenageia Luís Gonzaga, Dominguinhos, João do Vale, Ordônio e Eliézio do Acordeom.

Em Coroatá, profissionais de Saúde têm capacitação na Atenção Básica

   Foto: Ronny Sales/Asscom PMC
A Secretaria Municipal de Saúde promoveu capacitação a todos os médicos e enfermeiros da Atenção Básica, com inclusão dos fisioterapeutas. O foco está na demanda a portadores de hanseníase em Coroatá. A Administração de Teresa Murad (PMDB) propõe a melhorar no atendimento e no diagnóstico. A Dra. Celijane Matos, especialista em dermatologia, ministrou a capacitação que beneficiou profissionais de 15 postos de saúde do Município. Com informações da Asscom PMC

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Poder Público e empresas coroataenses dialogam contra práticas poluentes

   Foto: Ronny Sales/Asscom PMC
O secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos Marcio Antônio convocou uma série de reuniões com representantes de vários segmentos produtivos. Foram envolvidos proprietários de agências funerárias, representantes de cerâmicas, agropecuárias, oficinas em geral, madeireiras, serrarias, marcenarias, panificadoras, jazidas de areia, tratores de cascalhos e outros minerais, além de postos de gasolina e revendedores de gás.

A Secretaria faz cadastramento das empresas, busca informações sobre o manejo de material poluente, com o fim de evitar a degradação do meio ambiente. Com o cadastramento o Município terá facilitado o controle de visitas da Secretaria de Meio Ambiente aos estabelecimentos. Segundo Márcio Antônio, todos já tomam alguma medida que diminui o impacto ambiental. - Um exemplo é o caso das oficinas, que recolhem todo óleo trocado nos veículos e estocam em galões. Depois esse óleo é vendido para cerâmicas, para pintura de madeiras contra cupim ou para uma empresa que recolhe mensalmente com o intuito de reciclar - frisou o secretário. Com informações da Asscom/PMC

Andréa cobra unidades prontas e relata assalto dentro de hospital em São Luís

Divulgação
Hospitais de 50 leitos como os localizados em Pinheiro e Turiaçu estão prontos, mas o Governo do Estado vem atrasando a entrega das unidades. Foi o que relatou a deputada Andréa Murad (PMDB) durante discurso nesta quarta-feira, 19, na Assembleia Legislativa. Ela ressaltou ainda a situação das obras dos hospitais que estavam em andamento na gestão anterior e que já deveriam estar concluídas se a atual Administração tivesse dado continuidade ao cronograma de obras. As cobranças se intensificaram desde declarações equivocadas do governador de que estaria construindo ou concluindo 10 novos hospitais no Maranhão.

- Nem ele sabe ao certo o que está fazendo. Se está construindo, se está concluindo; porque, na verdade, não está fazendo nem uma coisa nem outra. Inclusive pedi a informação para o Governo sobre qual é a obra, qual é o hospital que o governador Flávio Dino está construindo, onde fica esse hospital. Agora, por má vontade do governador, dezenas de hospitais estão prontos; mas ele não quer inaugurar. O que se percebe é que ele não sabe administrar, ele não sabe para que rumo a Saúde vai. O fato é que antes a Saúde funcionava e agora não funciona mais - disse a deputada.

Além do atraso nas entregas, Andréa Murad alertou também para a falta de segurança nas unidades:

- É inacreditável o que aconteceu no Hospital Geral, hoje Hospital de Câncer! Entrou ladrão, furtou celulares, tablets, dinheiro dos pacientes, e aí? Já tinha acontecido uma tentativa de homicídio também dentro no Hospital de Coroatá. Quando é que vão colocar segurança que preste e que funcione nos hospitais? Até dentro dos hospitais agora as pessoas vão ser vítimas desse governo que não tem competência para agir? Me desculpem, mas é uma pouca vergonha agora até dentro de hospitais do Estado acontecem assaltos. Isso é um deboche dos bandidos com o governador porque não existe polícia nem segurança nas unidades de saúde - finalizou. Da Asscom/Dep. Andréa Murad

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Andrea alerta parlamentares sobre perseguição e desmoraliza CPI

   Dep. Andréa Murad, na Tribuna - Foto: Nestor Bezerra
"Tirano", "movido pelo ódio", "perseguidor e incompetente". Essas foram algumas das expressões disparadas pela deputada Andrea Murad (PMDB) em desabafo ontem, 17, na Assembleia Legislativa pelo clima de perseguição do governador Flávio Dino (PCdoB). Ela apenas confirmou o que muitas lideranças políticas estão sofrendo na pele com o novo Governo. Além da avalanche de ações para perseguir Ricardo Murad e os dois deputados da oposição, Andrea também falou hoje sobre a CPI da Saúde, outra imposição contra o Parlamento, alertando o presidente da casa.

- O Maranhão se transformou num grande brinquedo para o governador Flávio Dino, e seu companheiro Márcio Jerry, um grande brinquedo, que José Reinaldo, Dutra, Roberto Rocha que o digam, e, daqui a pouco, será o Presidente desta Casa, Humberto Coutinho, porque ele também já demonstrou não ter pelo presidente desta Assembleia a menor consideração. Quer mandar nesse Parlamento, deixando o presidente completamente constrangido ao ficar intervindo nos assuntos desta Casa, para tentar constranger deputados - disparou a peemedebista.

CPI DA SAÚDE

Sobre a Comissão Parlamentar de Inquérito, a deputada disse não ver legitimidade nos membros de uma comissão que não tem, sequer, um objeto específico para investigar. Considerou a CPI um "mico" que foi imposto a todo custo e goela abaixo dos deputados. Ela já adiantou que a Justiça será acionada por causa da CPI, criada sem fundamentação.

- Qual é a moralidade desta CPI, dos membros dessa CPI começando pelo presidente da CPI? Por isso que digo, esse governo não é governo, fazendo essa Assembleia Legislativa pagar um grande “mico” com essa CPI que não sabe nem o que investigar, não tem objeto definido. Pode até ter CPI, mas não essa, sem objeto determinado. Irão fazer outra, correta pq se houver justiça essa imoralidade não irá pra frente. Então, deputados e deputadas, isso aqui é uma revolta mesmo de uma parlamentar que foi eleita legitimamente pelo povo, mas que o governador está perseguindo; aliás dois parlamentares, e, por conveniência, todos achando tudo natural. Hoje estou sendo vítima, mas amanhã poderá ser qualquer um de vocês - alertou.

Assista o discurso completo AQUI

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Flávio Dino no buraco e sem respostas…

   Foto: Jornal Vias de Fato
Algumas perguntas e o fato evidente

EDITORIAL Vias de fato - Quem foi Fagner Barros dos Santos? Por que ele foi assassinado, com um tiro na cabeça, por um Policial Militar do Maranhão? Quem são os responsáveis por sua morte? Foi o PM que disparou a arma? Foi quem puxou o gatilho e estourou seus miolos? Foi o oficial responsável pela operação? Este crime tem alguma relação com a Medida Provisória 185, assinada por Flávio Dino em janeiro deste ano, logo no início do seu governo?

Alguém lembra que três organizações sociais lançaram uma nota, ainda em janeiro, dizendo que esta mesma MP seria uma “licença para matar”? Não é o caso de se tratar disso agora, diante de nova tragédia? Não? Então não devemos mais falar disso? Devemos esquecer a nota das entidades?

Por que um adolescente foi baleado, na mesma operação que matou Fagner Barros dos Santos? Por que houve tiros contra a manifestação que eles participavam? Por que atiraram nas casas? Nas pessoas? Cada um dos tiros foi um “caso isolado”? Ou tudo foi mais um caso de “uso de força moderada”?

E quem é o dono do terreno em questão? São vinte hectares? Ele cumpre sua função social? Lá não existia um lixão, antes da ocupação? Por que uma liminar tão rápida? Não seria o caso de desapropriar o terreno? Não seria o caso de ser criada, no local, a Vila Fagner Barros dos Santos? Não?

As sucessivas tragédias ocorridas em Pinheiro, Vitória do Mearim, São Luís (envolvendo torturas e execuções) vão ser tratadas sempre, pelo atual governo, como “casos isolados”?

Os métodos que levaram à morte de Fagner têm relação direta com as bombas atiradas contra manifestantes, na Avenida Beira Mar, no dia 6 de agosto, próximo ao Palácio dos Leões? Não têm?

Alguém se lembra de como se deu a repressão a uma manifestação estudantil, em abril deste ano, no terminal da integração da Praia Grande? Alguém lembra que os estudantes fizeram boletins de ocorrência, gravaram vídeos e fizeram notas criticando a violência policial e o atual governo do Maranhão?

Num estado injusto como o Maranhão, marcado pela miséria, pela grilagem e por todo tipo de especulação imobiliária, fazer ocupação de terras é crime? É isso mesmo? São Luís não é quase toda fruto de ocupações? O atual governo desconhece os problemas sociais profundos, que originam estas ocupações? Tudo será desonestamente simplificado como “indústria de invasões”? O governador Flávio Dino fez fotos com o MST, na porta do Palácio dos Leões, mas não admite manifestações sociais, passeatas, ocupações e mobilizações populares? É isso? Será, então, que a foto com os manifestantes do MST é pura demagogia do governador? Será?

E onde fica a democracia, defendida por Flávio Dino diante da presidenta Dilma? Ela passa apenas por decisões judiciais? Passa apenas pelas liminares de despejo, suspeitas e às vezes criminosas? É essa a democracia que devemos respeitar? No “governo da mudança”, então, ninguém poderá fazer manifestações nas ruas e praças públicas? E a participação popular, que dá nome a uma secretaria do atual governo?

Um inquérito policial dará conta de todas as questões envolvendo a morte de Fagner Barros dos Santos? Daqui a alguns dias, todos nós esqueceremos Fagner Barros dos Santos? De quem devemos cobrar a sua morte? Do governador? Do governo? Da Secretaria de Direitos Humanos? Da Secretaria de Segurança? Da PM? Do cabo? Dos que se dizem donos do terreno? De nós mesmos? Ou não devemos cobrar de ninguém? Melhor largar de mão?

Quem é Fagner Barros dos Santos? Um número a mais nas estatísticas? As mesmas estatísticas que o governo foi acusado de estar maquiando? O martírio de Fagner (durante uma reintegração de posse!) tem alguma importância na atual conjuntura política do Maranhão, onde o governo fala em mudança?

Ele foi vítima de uma violência política, além de policial? Ou é só um “caso isolado”, esquecido daqui a poucos dias? Estamos sendo inoportunos com este tipo de pergunta? Melhor mudar de assunto?

Independente das respostas, ou da (in) conveniência destas perguntas, temos que dizer claramente que Fagner Barros dos Santos foi um jovem, que estava junto a uma manifestação popular, negro, da chamada periferia de São Luís, que estava lutando por moradia e foi assassinado por agentes do Estado, sob o comando do governo de Flávio Dino. Este é o fato. E ele não é um fato isolado...

domingo, 16 de agosto de 2015

Em Paço do Lumiar, desgaste de Josemar se acentua e oposição avança

   Prefeito Josemar Sobreiro / Foto: blogsoestado.com
PREFEITO VEM SENDO ALVO DO DESCONTENTAMENTO DE DEZENAS DE LIDERANÇAS QUE O ACUSAM DE NÃO TER CUMPRIDO A AGENDA SOCIAL PROPOSTA E OS ACORDOS PARTIDÁRIOS

Por FERNANDO ATALLAIA - A situação politico-administrativo do prefeito Josemar Sobreiro (PR) em Paço do Lumiar não é das melhores. Enfrentando acentuado desgaste no município e deixando em aberto a possibilidade da indecisão por parte do eleitor luminense que já não sabe se ele mereceria uma nova chance para continuar no comando do Executivo local, Josemar, vice e secretariado, além de vereadores da base governista, passam por uma enseada de insatisfação gritante tanto nas ruas quanto na esfera interna da gestão.

O visível atordoamento vivenciado por Josemar Sobreiro e grupo em Paço do Lumiar vem favorecendo a oposição e abriu frestas para uma disputa em 2016 mais que acirrada.  Em debandada constante para o seio dos grupos de pré-candidatos como Caetano Jorge, Inaldo Pereira, Dutra, Gilberto Aroso, Pastor Nauber e outros menos expressivos, as principais lideranças que apoiaram Josemar em 2012 já declararam publicamente fé no projeto de alternância para o pleito vindouro. Não apoiarão Josemar à reeleição.

Caetano Jorge (camisa preta) é um dos já fortes pré-candidatos
a Prefeito de Paço que foi gerado pelas deficiências administrativas da
gestão Josemar / 
Foto: ANB Online
O ex-prefeito Gilberto Aroso promete voltar com todo gás; ele vem sendo bem pontuado nas pesquisas para 2016. A insatisfação é tanta que num cenário até bem pouco tempo uniforme e que contemplava o prefeito a ponto de deixá-lo tranquilo em relação a seus adversários, os muitos erros de articulação promovidos pelos governistas, suplantaram a certeza de Josemar de que o gestor poderia facilmente empreender uma natural reeleição vitoriosa.

Problemas no setor da comunicação e debilitado diálogo com as bases das áreas rural e urbana de Paço revelaram um corpo de auxiliares que nada acrescenta em diferença em relação a seus antecessores. Por mais que se esforce, o prefeito assiste a presença de um secretariado protocolar demais, engessado e burocratizado. Diante do cerco que vem se fechando pelos oposicionistas à sua cadeira, Sobreiro não consegue perceber o 'perigo'. Dá de ombros com um desgaste que a cada dia se anuncia irreversível e irreparável. Continue lendo AQUI...

"SOM DA ILHA"

No ar há 21 anos! Programa "SOM DA ILHA" (A música brasileira produzida no Maranhão) com Fátima Di Franco. O melhor programa FM da Ilha.

Flávio Dino mente, é rápido para perseguir e lento para governar, diz Andréa

   Dep. Andréa Miurad/Arquivo Blog
Em página pessoal no Facebook, a deputada Andréa Murad (PMDB) repercutiu entrevista do governador Flávio Dino (PCdoB) à TV Folha de São Paulo. A parlamentar disse que o governador mentiu descaradamente ao dizer que está construindo ou concluindo 10 novos hospitais e, pela resposta, deixou claro que nem ele sabe o que dizer. - O fato é que ele não faz nenhuma coisa, nem outra. Nem está construindo nem concluindo nada. Se tivesse ao menos mantendo o que encontrou já estaria de bom tamanho, salientou.

Amanhã Andréa irá enviar à revista arquivo do Programa Saúde é Vida com tudo que foi entregue para o governador, para que a coordenadora da Agência Folha, Denise Chiarato, saiba tudo o que a atual gestão recebeu e está deixando destruir. - Não será difícil perceber, em uma visita rápida ao Maranhão, a quantidade de unidades que ele paralisou as obras e tantas outras deixou de manter. Portanto, não tem um hospital que ele esteja construindo. Mas já que ele declarou, gostaríamos de saber qual é e onde fica o hospital que ele afirmou que está construindo!, frisou. Saiba mais AQUI

Rápido em perseguir, lento para governar

Neste domingo, 16, a deputada publicou mais artigo no Jornal O Estado do Maranhão a respeito das ações judiciais ajuizadas pelo Estado contra o ex-secretário de Estado da Saúde Ricardo Murad (PMDB), sob ordens do governador Flávio Dino. A parlamentar, que tem feito forte oposição anunciando graves denúncias de irregularidades na atual gestão, disse que Flávio Dino tem sido mais ágil em perseguir do que governar. Leia o artigo completo AQUI.

Flávio Dino mente em entrevista a TV Folha: “Estamos construindo ou concluindo 10 novos hospitais”

   Imagem: Reprodução TV Folha
Por LUÍS PABLO - Após a grande repercussão negativa de sair em defesa da presidente Dilma Rousseff (PT) e chamar de “golpe” o impeachment contra a petista, o governador Flávio Dino (PCdoB) foi chamado para uma entrevista na TV Folha.

O comunista manteve sua declaração, que deu durante a rápida passagem de Dilma ao Maranhão, e reafirmou que a saída da petista da Presidência da República seria um “golpe”.

Mas o que mais chamou atenção durante a entrevista de Flávio, foi em relação a sua gestão à frente do Governo do Maranhão.

Dino aproveitou a audiência da TV Folha na mídia nacional, para mentir sobre as suas ações no comando do Estado. Ele chegou a dizer que está construindo e concluindo novos hospitais no Maranhão.

Estamos construindo ou concluindo 10 novos hospitais”, disse.

O Maranhão inteiro sabe que Flávio Dino, por perseguição ao ex-secretário Ricardo Murad, vem fechando as portas de todos os hospitais que foram construídos pelo Programa “Saúde é Vida”, durante o Governo Roseana, na gestão de Murad. Isso é fato e há vários exemplos, como o caso de Bernardo do Mearim, que foi noticiado até pelo Bom Dia Brasil, da TV Globo. Reveja.

Clique e veja um trecho da entrevista de Flávio Dino, concedida na última terça-feira, dia 11, a TV Folha:

sábado, 15 de agosto de 2015

Para atingir Murad, o governador Flávio Dino aciona empresa contratada pelo próprio governo

CONIVÊNCIA OU INCOMPETÊNCIA? Responsável pela transparência e 
controle das contas do Estado, Rodrigo Lago não controlou avanço 
da Irês Engenharia no governo comunista
Gilson Teixeira/oimp/d.a press
GOVERNADOR CONFESSA CRIME DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA AO ACUSAR IRÊS ENGENHARIA DE DESVIAR VERBA PÚBLICA E AINDA ASSIM CONTRATÁ-LA POR R$ 23,5 MILHÕES

Por YURI ALMEIDA/ATUAL 7 - Deu a louca no governador Flávio Dino (PCdoB). Na saga de atingir e tentar colocar na cadeia o ex-secretário de Saúde do Maranhão, Ricardo Murad - e possivelmente cassar o mandato da filha e do genro do ex-secretário, respectivamente, Andrea Murad e Sousa Neto -, Dino acionou na Justiça Federal, sob acusação de corrupção, uma mesma empreiteira contratada pelo seu próprio governo, por 23.5 milhões de reais.

Com a ação, movida pela Procuradoria Geral do Estado (PGE), o comunista torna-se ele próprio réu confesso de corrupção, já que acusa uma empresa de roubar dinheiro público e mesmo assim a mantém em seu governo, o que o coloca mais próximo de conhecer uma das celas do Complexo Penitenciário de Pedrinhas do que seus adversários políticos.

A empresa é a Ires Engenharia Comércio e Representação Ltda, localizada no bairro da Areinha, em São Luís, e pertencente a João Luciano Luna Coelho, que também configura como réu no processo 0080552-17.2015.4.01.3700, que tramita na 13ª Vara Federal, sob os cuidados do juiz federal José Valterson de Lima, que pode tornar inelegíveis e ainda pedir a prisão de Flávio Dino e de seu secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, por crime confesso de improbidade administrativa.

Grave, o processo motivo pelo governador para 'pegar' os Murad também coloca na vara Federal até mesmos os procuradores estaduais que assinam a ação, inclusive o procurador-geral do Estado, Rodrigo Maia, além do secretário de Transparência e Controle do Maranhão, Rodrigo Lago, que deveriam, pelo menos em tese, já que recebem para isso, ter se atentado para o fato de que a Irês Engenharia não poderia ter sido contratada pela Sinfra.

Um outro fato que também complica Flávio Dino é que, além dos 23.5 milhões do contrato assinado no dia 9 de abril entre o proprietário da Irês Engenharia e Clayton Noleto, a empreiteira ainda foi beneficiada pelo comunista com o total de cinco aditivos, que prorrogaram o prazo de execução de obras pela Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) e da própria Secretaria de Estado da Saúde.

O mais interessante é que a empresa de João Luciano Luna Coelho foi contratada por Dino mesmo já havendo escamoteado dinheiro público da própria Sinfra, segundo auditoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que detectou irregularidades na realização do Convênio n.º 025/2010. A auditoria, inclusive, já era alvo de ação do Ministério Público estadual, muito antes da Irês faturar o novo contrato milionário com o governo.

"Pixuleco"

Toda a camaradagem para que a Irês Engenharia permanecesse mamando nos cofres do Estado tem um motivo pra lá de conhecido por essas terras e, principalmente, pelo governo Flávio Dino: o "pixuleco", termo da malandragem designado para uma coisa pequena, mas que na verdade não é tão pequena assim, a propina.

Fontes graduadas do Atual7 no Palácio dos Leões relatam que o comunista, mesmo tomando conhecimento de que um petista e um irmão de um ex-deputado operaram para que a empreiteira e outras empresas ganhassem licitação em seu governo, preferiu tapar os olhos e ouvidos e consentir com a maracutaia.

A dupla, segundo as fontes palacianas, teria embolsado quase 10% do contrato assinado com a Sinfra. Não há informação concreta, porém, de que Dino teria levado alguma parte na negociata. 15/08/2015 09h04min - Atualizado em 15/08/2015 09h12min

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Insanidade, o louco dos Leões

    Imagem/Facebook Ricardo Murad
Por RICARDO MURAD - Cego pelo ódio, movido apenas pelo desejo da perseguição, Flávio Dino manda procurador geral do Estado envolver a deputada Andrea Murad e o deputado Sousa Neto como réus numa Ação de Improbidade promovida pelo, pasmem todos, estado do Maranhão contra os dois deputados e mais uma dezena de ex-gestores da Secretaria de Saúde, numa clara demonstração de que está desequilibrado mentalmente.

Para o bem do Estado, Flávio Dino com a sua louca perseguição deveria ser internado compulsoriamente para evitar danos ainda maiores ao Maranhão. Transformar a Procuradoria Geral do Estado em instrumento político para constranger deputados de oposição ao seu Governo é um crime grave que será denunciado em todos os fóruns de defesa da democracia e da liberdade de atuação dos representantes do povo, legitimamente eleitos, diplomados e empossados.

Ele deveria olhar para o próprio umbigo antes de insultar e ameaçar parlamentares se utilizando de órgãos do Estado, pois o governador foi eleito com dinheiro da OAS e UTC/Constran, empresas envolvidas na operação lava-jato.

TV Sampaio Corrêa


SAMPAIO CORRÊA X CRB - Neste programa, você confere os bastidores da vitória do Sampaio Corrêa sobre o CRB.

Justiça determina afastamento de prefeito de Anajatuba

   Arquivo/TSE
Uma decisão liminar da juíza Mirella Cezar Freitas determina o afastamento imediato, por 180 dias, do prefeito de Anajatuba (132 Km de São Luís) Helder Lopes Aragão por suposto ato de improbidade administrativa. A decisão é resultado de uma Ação Civil Pública (ACP) interposta pela Promotoria da Comarca de Anajatuba, alegando a existência de inúmeras irregularidades e ilegalidades na realização de processos licitatórios que teriam resultado no desvio verbas públicas.

Também são citados o secretário de Administração e Finanças, Edinilson dos Santos Dutra; da secretária de Educação Álida Maria Mendes Santos Sousa; do secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Leonardo Mendes Aragão; do secretário de Saúde Felipe Costa Aragão; e os vereadores Marcelo Santos Bogéa e Domingos Albino Beserra Sampaio.

A juíza, com base na ACP, destaca que o Ministério Público instaurou processo administrativo com base em representação trazida pelo então vice-prefeito Sydnei Costa Pereira. As manifestações permitiram a instauração de procedimento investigatório criminal conduzido pelo Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco). As investigações tiveram apoio da Polícia Federal, Controladoria Geral da União e do Tribunal de Contas da União.

Consta na decisão a existência de empresas que seriam de “fachada”, dentre elas, as empresas A4 Entretenimento, M.R. Comércio e Serviços, Vieira e Bezerra LTDA e a Construtora Construir. Segundo a ACP, não foram obedecidos dispositivos legais para realização das licitações, conforme determina as leis 8.666/1993 e 10.520/2002. Uma das empresas vencedoras teria sido criada 17 dias antes de vencer a concorrência pública para administrar uma verba de R$ 865.000,00 (oitocentos e sessenta e cinco mil reais).

Mirella Freitas determina que o vice-prefeito Sydnei Costa Pereira assuma o cargo de prefeito. Para isso manda que o presidente da Câmara de Vereadores de Anajatuba proceda com a convocação e lavratura do termo de posse e exercício provisório, comprovando o atendimento da medida no prazo de 05 (cinco) dias. Quanto ao pedido de indisponibilidade e sequestro de bens a juíza negou o pedido do Ministério Público, alegando que o mesmo não indicou, na ACP, o valor relativo ao suposto prejuízo que pretensamente deverá ser recomposto ao erário. Fonte: CGJ-MA