terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Andrea Murad propõe Moção em solidariedade à Prefeita Maura Jorge

   Foto: Agência Assembleia Legislativa
Por JR Lisboa/Agência Assembleia - A deputada Andréa Murad (PMDB) apresentou hoje um pedido de Moção para que a Assembleia Legislativa se solidarize com o episódio em que o governador Flávio Dino (PC do B), segundo a parlamentar, desmoralizou a prefeita de Lago da Pedra Maura Jorge em seu próprio município e em evento oficial onde o próprio governo convidou a chefe do executivo municipal.

- Agiu de forma antidemocrática, porque quando são prefeitos do seu lado ele coloca para discursar, como fez com o prefeito de Lagoa Grande que é aliado dele. Maura Jorge não mereceu discursar como prefeita daquela cidade. O governador só demonstra, a cada dia, o seu desequilíbrio. Flávio Dino realmente é uma pessoa completamente desequilibrada e você olha muito facilmente naquela postura dele ditatorial, de ódio. Devia estar feliz sendo governador, querendo trabalhar pelo próximo, trabalhar pelo povo, chegar em Lago da Pedra feliz, mas não, chega carrancudo, com raiva, com ódio, querendo despejar toda a sua fúria na prefeita que não é do lado dele - disse a deputada na Tribuna.

Ainda para a deputada, o governador Flávio Dino foi descortês com a prefeita Maura Jorge, que preparou toda uma recepção para o evento do governo.

- Ela teve a coragem da mulher maranhense, subiu naquele palanque e disse que ela não seria humilhada na cidade que representa. Não é papel do governador ficar batendo boca com a prefeita, querendo diminuir a prefeita. Levou a resposta que merecia. Maura Jorge foi para o palanque e mostrou a força da mulher, e quis dizer: 'comigo não aceito, você está muito enganado, aqui as coisas são diferentes, você quer mandar, então vai mandar lá na cozinha do palácio, aqui comigo você não manda'. Esta é a resposta que os diversos prefeitos que são humilhados, diariamente, pelo governador também devem fazer - discursou Andréa Murad.