terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Dino, aliados, vereadores e grupo G10 de Coroatá merecem título de caloteiro

   Foto: Idalgo Lacerda
Enquanto a prefeita Teresa Murad, em Coroatá, paga todos os funcionários públicos em dia e até com antecipação de folha mesmo diante da crise econômica, mantendo a remuneração do funcionalismo dentro dos limites constitucionais, o Governo de Flávio Dino e Cia mantêm firme a pecha de caloteiro em prejuízo aos trabalhadores maranhenses e a sociedade em geral. O calote vai desde a falta de pagamento de uma simples conta de energia elétrica de prédios públicos à falta de cumprimento de repasses de verbas às empresas conveniadas e terceirizadas com o Estado.

A prática dos "comunistas" massacra inclusive a classe dos vigilantes e os auxiliares operacionais de serviços gerais (AOSG) que nunca viram a cor de seus salários. Que vergonha!!! Isso é a “mudança” implantada pelos “comunistas” tupiniquins mais graduados, sob a cegueira impiedosa de seus seguidores, do PCdoB, vereadores oposicionistas coroataenses e do tido grupo G10.

Sem a menor responsabilidade e piedade, Flávio Dino deixa, em Coroatá, 20 vigilantes da Maranhense Segurança e Vigilância Ltda (Masv) com salários em atraso há 5 meses. Eles estão sem pagamento dos meses trabalhados e, pelo visto, férias e 13º é coisa de outro “planeta”. Outros 25 trabalhadores AOSG, dos serviços gerais da Maranhense Serviços Profissionais Ltda (Masp), também estão há 4 meses sem receber salários.

Todos, através do Sindicato dos Vigilantes do Maranhão (Sindvig), já recorreram à Justiça do Trabalho e Emprego com Ação Coletiva contra as empresas terceirizadas e contra o Estado. O Governo empurra com a barriga.

COROATÁ 

Em Coroatá, os trabalhadores que servem às escolas da Rede Estadual de Ensino [que estão abandonadas] há mais de mês deixaram de comparecer ao trabalho. Apenas três vigilantes nas unidades do 2º Grau e João Lisboa não aderiram à paralisação e continuam trabalhando na tentativa de agradar ao superintendente regional de Articulação Política Sebastião de Araújo, o Ciba do PCdoB.

17 AOSG já receberam a carta de demissão no início deste mês. Mas, até o momento não há registros de pagamento das referidas indenizações. É o caos “comunista”!!!  É a “mudança” de Flávio Dino!!! Post atualizado em 29/12/2015, às 14:14, para acréscimo de informações.