quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Comitê de Bacia do Rio Itapecuru vira debate na Assembleia Legislativa

Cristovam Filho defende a criação do Comitê do Itapecuru
Foto/Divulgação
Waldemar Ter/Agência Assembleia - O deputado estadual Cristovam Filho (PSL) defendeu a criação de vários Comitês de Bacias de Rios, principalmente o do Rio Itapecuru, para ajudar a preservar os rios maranhenses. A criação dos Comitês de Bacias, de acordo com o parlamentar, permitirá a utilização da água desses rios de forma sustentável. O Rio Itapecuru é responsável pelo abastecimento de grande parte de São Luís.

- Está todo mundo tirando água do rio para tratamento doméstico, área industrial, agricultura e lançando, trazendo essa água de volta para o rio sem o controle devido. É necessário que se criem os Comitês de Bacias para que eles possam receber um fundo a fim de explorar a água desse rio com sustentabilidade - explica.

Cristovam Filho contou que apresentou indicação nesse sentido beneficiando os municípios que integram a bacia do Rio Itapecuru. - A realização de audiências públicas tem o papel de discutir a revitalização, recuperação, preservação e conservação da bacia hidrográfica em situação de vulnerabilidade da degradação ambiental, por meio de ações integradas e permanentes que promovam o uso sustentável dos recursos naturais, a melhoria das condições socioambientais, o aumento da quantidade e melhoria da qualidade de água para usos múltiplos, possibilitando a participação das instituições governamentais, da sociedade civil e usuários da água - diz o documento.

Cristovam relacionou as características do Rio Itapecuru, tido como o mais importante do Maranhão por ser genuinamente maranhense. O documento informa que o rio nasce na Serra do Mirador e desemboca no Golfão Maranhense, percorrendo quase 1.450 quilômetros.

De acordo com o deputado, o movimento em defesa da criação do Comitê da Bacia do Itapecuru se arrasta por mais de 20 anos. - Nesse contexto, a bacia pode ser definida pelo governo como eixo fundamental de desenvolvimento do estado, merecendo uma maior atenção de políticas públicas. Ele passa pelas cidades de Mirador, Colinas, Caxias, Codó, Coroatá, Timbiras, Cantanhede, Itapecuru Mirim e Rosário e se encontra antropizado nesses municípios. É necessário revitalizá-lo e recuperar boa parte do Maranhão, trazendo nova vida às populações ribeirinhas que estão perecendo juntamente com o rio - frisou.