sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Saúde se faz assim

   Foto: Ronny Sales/Asscom PMC
O Centro em Especialidades de Reabilitação de Coroatá (CER) promoveu, nesta semana, programa interdisciplinar envolvendo o seu público, principalmente a faixa infantil, pacientes que recebem do Município tratamento especial de referência na Região. O programa “Saúde Emocional e Qualidade de Vida” favorece pessoas que, em sua maioria, são portadores de alguma deficiência física.

Segundo a psicóloga Graça Araújo, alguns dos pacientes têm certos medos, como o da solidão e do abandono devido ao seu problema e aos poucos vão perdendo suas perspectivas de vida. - Devido a tudo isso, o emocional desse paciente é atacado e acaba adoecendo, levando-o a se tornar uma pessoa doente emocionalmente... Foi por essa causa que nasceu esse projeto - disse a psicologa.

O primeiro atendimento aconteceu na última terça-feira, 20, com crianças. A segunda ação envolvendo os adultos acontecerá no mês de novembro. Além da equipe do CER, a secretária de Saúde Aritana Moura também participou do evento.