terça-feira, 27 de outubro de 2015

Ricardo denuncia indeferimento de Chapa com uso de documentos falsos

   PMDB comunica indeferimento por Ofício
O processo de eleição do novo Diretório Estadual do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) esquenta cada vez mais. O peemedebista Ricardo Murad denunciou que a agremiação foi flagrada em fraude mais uma vez. A denúncia aponta que o senador João Alberto usara certidões falsas para indeferir pedido de registro da chapa "Renovar para Crescer" liderada pelos deputados Hildo Rocha e Andréa Murad.

Murad mostrou em rede social na Internet certidões verdadeiras, duas do Tribunal Superior Eleitoral emitidas agora há pouco e outra do próprio PMDB. Veja imagens dos documentos logo abaixo.

MEDO E TRUCULÊNCIA

Para Murad, os atuais dirigentes do PMDB têm receio e estão imbuído de um autoritarismo inaceitável. - João Alberto indefere o registro da chapa "Renovar para Crescer" alegando que três dos 60 filiados componentes da chapa não estão filiados regularmente no PMDB. Se verdadeira a não filiação, o caso é de simples comunicado para a substituição das pessoas que apresentaram irregularidades na filiação. Mais um motivo para o cancelamento da eleição. Não se justificam o medo de uma disputa democrática, muito menos o império do autoritarismo totalitário, frisou Murad.

De Ricardo Murad: Certidões verdadeiras, duas do Tribunal Superior Eleitoral emitidas agora há pouco e outra do próprio PMDB