segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

LIMPEZA GERAL - Polícia mostra serviço e prende vários assaltantes em Coroatá

Raposão, Adriano Silva e Carequinha [Imagem/Divulgação]
Acaba-se de apurar o balanço das operações de final de semana das Polícia Civil e Militar, em Coroatá. Os resultados apontam que, de fato, há uma forte atuação das forças de segurança no Município nos últimos 60 dias. Nas últimas 120 horas, três assaltantes foram presos em flagrante, além de dois menores infratores acusados também de vários assaltos no Centro da cidade.

Conforme a delegada de plantão Maria Dominici, titular da DEPOL de Coroatá, hoje, 23, as equipes de policiais conseguiram prender Elielson de Aguiar Silva, vulgo "Carequinha", por ter furtado uma escola na Rua Gonçalves Dias.

Na sexta-feira, 20, foram encaminhados 02 menores infratores ao Centro de Juventude Cannaã, no Vinhais, em São Luís. Os menores estavam cometendo vários assaltos. Eles utilizavam uma motocicleta.

No dia 19, última quinta-feira, foi preso o indiciado de nome João Daniel dos Santos, vulgo "Raposão", acusado de cometer vários furtos. Também foi conduzido à DEPOL Adriano Silva Alves pela prática de assalto a uma farmácia na Rua Nova.

A partir desta terça-feira, 24, a delegada M. Dominici entra de folga. Pela DEPOL, responderá o delegado regional Zilmar Santana.

Nossos pêsames...

Imagem/Arquivo da família [Fabiano Farias]
Faleceu hoje a servidora pública aposentada, da Fundação SESP, Maria Amália Serra de Farias, 70 anos, esposa do empresário José Alves de Farias e mãe do ex-secretário adjunto de Planejamento, Orçamento e Gestão, na Administração de Teresa Murad, Fabiano Farias. O corpo da matriarca, que em vida foi grande exemplo para as famílias coroataenses, está sendo velado em sua residência na Travessa Urbano Santos, Centro de Coroatá. É grande a repercussão deste fatídico acontecimento. Nosso pêsames...

PRIMEIRO ROUND - Prefeitura de Coroatá sob a mira do Ministério Público Estadual

Se o Ministério Público não fizer vista grossa e atuar com o devido rigor, o prefeito de Coroatá Luís Amovelar Filho (PT) terá mesmo muito trabalho pela frente. Em entrevista a Antonielson Sousa, editor-chefe do Coroatá Online, o promotor de Justiça Samarone Batalha informou que o MPE está de olhos bem abertos sobre o Poder Executivo local, quanto à moralidade administrativa no setor Público. Na mira da Promotoria estão as seguintes pautas: Concurso Público, Seletivo Simplificado, nepotismo, portal da transparência, resíduos sólidos e retiradas de nomes de pessoas vivas das vias, bairros e prédios públicos.

Outro setor fisgado é o Poder Legislativo. Foi sugerido a realização de um concurso público para a Câmara Municipal. Com a palavra o presidente do Legislativo, vereador Josean Veras (PSC). Por enquanto, o Município faz um silêncio ensurdecedor. Nem Edital de um Seletivo já anunciado foi divulgado. Mais sobre o assunto, leia AQUI